MAIN
Home
Arquivos
BACKGROUND
Teachings
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ

 

FAQ
FAQ
MAIS RECURSOS
Magazine
 
 

 
 Início >> Arquivos>>O processo de evolução

Share International HomeShare International HomeBackground information

O processo de evolução
por Benjamin Creme

Uma discussão sobre a jornada evolucionária espiritual em direção a completude.

O processo de evolução ocorre de maneira semelhante nos níveis individual, planetário e cósmico. Conforme nós evoluirmos nele, o reino humano, nós reconheceremos que ele é um reino muito importante no esquema do planeta, mas é, entretanto, uma fase transitória entre os reinos animal e espiritual, e que a jornada espiritual que cada um de nós está fazendo ocorre sobre leis que governam ao redor do cosmos. Não há nada em todo o cosmos que, sobre a lei das correspondências, não esteja atuando sobre as mesmas leis de evolução.

O impulso básico por detrás de toda evolução é o da atividade da alma em encarnação que nós chamamos de serviço. Serviço não é nada mais do que a demonstração em relacionamento da Lei do Amor. É o amor de Deus pela sua criação que impele o próprio Logos a tomar encarnação e de demonstrar a Si mesmo através de seu Corpo, o planeta Terra, com todos os reinos, incluindo nós mesmos.

Nós somos, essencialmente mônadas, centelhas de Deus, demonstrando a divindade em nosso pequenino nível individual. Nós temos dentro de nós a potencialidade de toda a divindade, e o processo apresentado a nós para demonstramos esta divindade é a reencarnação. Reencarnação é um processo que permite a Deus, através de um agente—nós mesmos—trazer-Se ao seu pólo oposto—a matéria—de maneira a trazer esta matéria de volta à Si mesmo, totalmente imbuída com a Sua natureza. É uma coisa extraordinariamente interessante e bela que ocorre na criação. É sensacional em sua beleza, sua complexidade, sua lógica, na oportunidade também para mudança criativa, porque não é uma coisa fixa e mecânica, mas um processo vivo extraordinariamente belo.

Nós somos mônadas ou da Vontade, do Amor ou da Inteligência. As mônadas refletem a si mesmas como almas, diferenciando a si mesmas em sete distintas energias ou tipos de raios. A alma, o verdadeiro Ser, o homem interno, demonstra-se novamente no plano físico, tomando uma personalidade de uma ou outra destas energias, que pode muito bem mudar de vida para vida; um corpo mental, um corpo astral e um corpo físico, de raios os quais podem também mudar, percorrendo a gama desses vários tipos até que tenha construído em seu veiculo todas as qualidades de todos os raios, sintetizados em nosso sistema solar pelo 2º raio do Amor-Sabedoria. Desta maneira, a alma pode se demonstrar como Amor através de sua sucessão de expressões de personalidades mais e mais—até que o tenha feito totalmente.

O objetivo da jornada evolucionária (primeiramente) é trazer as vibrações dos veículos físico, astral e mental em freqüências tão similares que a pessoa seja um todo integrado. Há a necessidade de que exista este sincronismo de vibração para que seja possível a grande crise na jornada evolucionária chamada de iniciação.

Quando o individuo está pronto para treinamento para as ultimas voltas da maratona evolucionária, a alma leva o seu veiculo, o homem ou mulher em encarnação, à meditação de algum tipo. Este primeiro momento pode ser uma experiência muito fugaz, mas mais cedo ou mais tarde, a meditação se torna uma importante atividade na vida.

A alma faz isso afim de eventualmente controlar seu veiculo de tal maneira que forme um elo, um canal, através do qual ela possa enviar sua energia e sua natureza ao veiculo e então levar a diante seus propósitos. A alma, quando toma encarnação, o faz com certos planos e propósitos, e a encarnação é uma oportunidade para o veiculo levar a diante o propósito da alma. Isto ocorre diversas vezes, e é lógico que o quão mais próximo você chega à linha de chegada, o final da maratona, mais corretamente, mais completamente, você estará demonstrando os planos e propósitos, a vontade da alma. Tudo o que nós sabemos sobre o propósito e significado da vida vem do nível da alma.

Amor e sacrifício

A natureza da alma é a de amar e servir, e a de sacrificar-se para o Plano do Logos. A alma não possui nenhum outro propósito do que o de servir através de amor e sacrifício e é de fato uma vontade de sacrifício próprio da alma que a leva a encarnação. Grupos de almas vêm em encarnação juntos (embora a personalidade individual possa ser inconsciente que é uma em um vasto numero de grupos de almas), cada grupo expressando um tipo particular de energia e trazido à encarnação especificadamente para lidar com esta energia.

As energias de raio vêm à manifestação ciclicamente. Pelos últimos 2000 anos, a vida neste planeta tem sido dominada pelo 6º raio da Devoção ou Idealismo. Com o seu advento, um enorme número de almas do 6º raio foram trazidas à encarnação porque elas tem a habilidade de expressarem as qualidades deste raio em particular. Nós estamos agora em um período no qual o 7º raio da Organização ou da Ordem esta vindo à manifestação. Existem sempre alguns raios (nunca mais do que quatro) em manifestação em qualquer período, mas o 7º raio irá trazer um grande número de almas do 7º raio e pessoas com personalidades do 7º raio que serão capazes de lidar com estas novas energias vindouras. No artigo escrito por meu Mestre para a Share International Vol.5, Nº 7/8, Ele fala especificadamente sobre a vinda à encarnação de grupos sobre a qualidade de um raio em particular dando a possibilidade do correto manuseio de problemas. Ele começa com o truísmo esotérico de que cada período traz à encarnação aquelas almas equipadas com a habilidade de resolverem e lidarem com os problemas daquele período em particular.

Cada ciclo obedece esta lei. Quaisquer que sejam os problemas que nós encaramos no mundo, nós podemos ter certeza que em encarnação, ou vindo à encarnação no futuro imediato, estarão os grupos de almas equipadas para lidarem com estes problemas. Como o Mestre diz, esta é uma garantia de progresso para a humanidade; nos dá esperança e um insight sobre o desenrolar do Plano. Nós encaramos hoje problemas extraordinários porque nós estamos em uma fase de transição entre uma era e outra. Mas conforme esta era prossiga, nos próximos, digamos, 300 anos ou mais, grupos de almas virão que irão encontrar uma situação completamente diferente. Elas irão pertencer a um mundo mais estável. Estes grupos estarão equipados com conhecimento, os insights, qualidades e habilidades para demonstrarem mais e mais de nosso potencial divino, acima de tudo o senso de Unicidade, de fusão, que é o objetivo evolucionário básico para o ciclo vindouro.

Nós estamos entrando na “crise do amor”. Esta é uma experiência que a raça humana encara conforme ela entra naquele período na jornada evolucionária quando ela irá, como um todo, demonstrar a qualidade do Amor e tomar o seu lugar do Reino das Almas, a Hierarquia Esotérica. Durante a Era de Aquário, o objetivo do Cristo, Maitreya, o Hierofante nas duas primeiras iniciações, será o de iniciar milhões de pessoas, em formação grupal, em direção à Hierarquia. Mais tarde, ao final da era, a vasta maioria da humanidade irá ter tomado os seus lugares no Reino Espiritual, a Hierarquia Esotérica, em algum estágio ou outro. Vasto numero terão tomado a primeira e alguns terão tomado a segunda iniciação. Este é um evento extraordinário em vias de acontecer em grande escala. Ele mostra o sucesso do Plano evolucionário como previsto pelo Senhor do Mundo, Sanat Kumara, em Shamballa, e levado à diante pelos Seus agentes, a Hierarquia planetária.

Como tudo no cosmos, a evolução prossegue de acordo com leis definidas. O resultado da experiência e progresso evolucionários é o de se chegar a uma maior consciência dessas leis e dos mecanismos pelos quais elas governam as energias na base de toda a criação. Deus, pode se dizer, é a soma total de todas as energias em todo o universo manifestado e não manifestado e ao mesmo tempo as leis governando estas energias, e suas inter-relações. Deus, como dito na Bíblia, é um fogo consumidor. Deus é energia, fogo; não um fogo, mas muitos fogos. Suas inter-relações e interações criam o universo visível e invisível. Conforme nós entendermos seus trabalhos, nós nos tornamos manipuladores destas leis. Os Logos dos vários planetas e grandes Seres como o Cristo e o Buda evoluíram e tomaram consciência dessas leis, compreenderam seu funcionamento e sabem como a manipularem corretamente, cientificamente, em concordância com o Plano do Logos Solar.

 


Benjamin Creme, o editor chefe da Share International, faz palestras ao redor do mundo sobre a emergência de Maitreya—o Instrutor do Mundo—e Seu grupo, os Mestres da Sabedoria.


© 2000 Share International. Todos os direitos reservados.
A reprodução de artigos de qualquer forma da Share International requer permissão que não será dada de maneira desmedida. Para requisitar a permissão ou se você tem perguntas, por favor viste nossa página de feedback http://share-international.org/feedback/feedback.htm e clique em “request to reprint published material”.

 

 


HomeCopa

  | INÍCIO | | ARQUIVOS |