MAIN
Home
BACKGROUND
Teachings
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ

 

FAQ
FAQ
MAIS RECURSOS
Magazine
 
 

 
 
 Início >> do Mestre>>Outubro 2011

Share International HomeShare International HomeBackground information

mensagem anterior mensagem seguinte

Pedido de apoio!

Veio ao nosso conhecimento que mais e mais pessoas estão recebendo nossa informação apenas pelo website, desta maneira, renunciando ao pequeno custo de assinar a revista Share International.

Nem todos podem, ou usam a internet, e é essencial ter uma expressão física externa, que pode apresentar com fotos, os eventos dos quais falamos. Isto significa que é necessário que haja uma revista, que,é lógico, requer uma grande quantidade de trabalho de voluntários, e muito dinheiro para ser produzida. Talvez exista a idéia de que a Hierarquia distribua dinheiro para este trabalho, mas este não é o caso. Assinaturas para a Share International são uma parte essencial para manter o nosso trabalho e alcançarmos o público. O custo da assinatura é mantido o mais baixo possível, a revista não é patrocinada por propagandas e custo postais e de impressão estão aumentando a todo o momento.

Certamente nós todos concordamos que todos aqueles que seriamente acreditam neste trabalham gostariam de ajudar a revista, sejam eles leitores ou não das informações pela internet.

Obrigado pelo seu apoio.


 

Criando a Espada da Clivagem

pelo Mestre—através de Benjamin Creme,
8 de Setembro de 2011

De tempo em tempo, aparecem entre os homens uma figura que encarna o melhor, ou o pior, que o homem pode demonstrar. Estes indivíduos se tornam os mais amados ou os mais odiados dos homens. Em ambos os casos, eles normalmente atraem para si muitos seguidores ou devotos. Tais figuras possuem um enorme apelo magnético para a maioria dos homens ou, em ocasiões, são um exemplo inspirador de poder destrutivo em larga escala. Os livros de história estão cheios de exemplos de ambos os tipos.

Hoje, em grandes números, muitos exemplos de ambos os tipos estão se manifestando no mundo. O efeito desta manifestação é o de colocar diante da humanidade duas linhas opostas de ação, e então criar a tensão de escolha que irá determinar o futuro da raça. Em termos bíblicos, esta é a “Espada da Clivagem”. Por muitos anos, as energias emanando de, e direcionadas por Maitreya, buscaram criar tal confrontação de opostos. Isto pode parecer de fato estranho para muitas pessoas, mas é essencial para a humanidade fazer as corretas escolhas pelo seu futuro. De outra forma, este futuro seria de fato desolador.

A Espada da Clivagem é a energia que nós chamamos de Amor: manuseada por Maitreya, ela coloca “irmão contra irmão”, e testa a verdadeira consciência divina dos homens em todos os lugares. O principal objetivo de toda a evolução é o de estabelecer na Terra o “Reino de Deus”, e a Espada da Clivagem mostra aos homens o caminho.

O ensinamento de Maitreya é simples. Alguém poderia pensar que Suas prioridades seriam óbvias para todos os homens; tristemente, este não é o caso. Maitreya apresenta um futuro de verdadeira tranqüilidade e esforço pacífico como o resultado inevitável da partilha e da justiça para todos, a criação de um mundo “onde nenhum homem tenha necessidade, onde nenhum dia é igual ao outro, onde a Alegria da Fraternidade manifesta-se através de todos os homens”. Como é possível, você pode pensar, contradizer tal mensagem de esperança? Este não é o futuro desejado por todos? É o futuro esperado pela maioria dos homens, mas não por todos. A humanidade se encontra em diferentes degraus da escada evolucionária; acima de um certo nível, todos trazem bons augúrios aos homens. São aqueles que ainda não manifestaram esta medida de seu Ser divino que não reconhecem que a partilha é divina, que a justiça e corretas relações são divinas, mas que vêem a Divindade como competição e conflito, e registram o valor do homem pelo peso de seu ouro.

Muitos estão temerosos e sofrendo; sem trabalho e esperança para o futuro, eles lutam de dia em dia. Mas muitos outros estão fazendo eles mesmos o seu futuro, e muitos também, estão morrendo no processo. Através do mundo, os homens estão despertando para a possibilidade de uma vida melhor, com liberdade e justiça em seu coração. Não tenham medo, a voz das pessoas está erguendo-se, e como um contágio, atingindo mais e mais. Maitreya está por de trás daqueles que vivem—ou morrem—pela verdade da liberdade, justiça e da unidade do homem. Os jovens lideram o caminho, e o futuro é para eles.


Perguntas e Respostas
- uma seleção da revista deste mês

P. Quantas entrevistas Maitreya deu agora nos EUA e no México?
R. 43 [12 de Setembro de 2011]

P. Eu li que Maitreya, seu Mestre e você mesmo acham que a comercialização é destrutiva. Por quê? O mundo sempre comercializou. O que há de tão errado na comercialização?
R. Existe uma diferença entre “comércio”, por exemplo, trocas, e o efeito da comercialização. Comércio é uma forma legitima de trocar bens e, como você diz, foi feito por eras incontáveis. Comercialização é uma situação na qual fazer dinheiro (lucro) entra em cada campo possível da atividade humana. Até mesmo a provisão de cuidados de saúde e educação se tornam assuntos para este materialismo grosseiro.

Hoje, a comercialização não conhece fronteiras e não pode ser contida. Cada serviço é considerado como uma commodity, que pode ser comprada e vendida à vontade. Esta prática degradante está no cerne dos nossos problemas de hoje.

P. (1) O Coronel Gadafi e seus filhos deveriam ser julgados por “crimes contra a humanidade” ou ser dado asilo a eles em algum lugar? (2) Se for asilo, que mensagem isto dá a outros ditadores?
R. (1) Eu votaria pelo asilo. Se Gadafi e seus filhos forem julgados em uma corte mundial, eles (e seus seguidores) se tornariam mártires. É melhor que não seja permitido que a memória de seus erros e políticas de terror sejam glorificadas, mas que sejam rapidamente superadas, esquecidas e perdoadas. Não deve ser esquecido que ainda existem grupos neo-Nazista na Alemanha e em outros locais.

(2) Eu não acho que o asilo daria encorajamento para os ditadores existentes. Para eles, a remoção do poder já é perda o suficiente. O pensamento por asilo poderia até encorajá-los a ir embora.

P. Boicotar os produtos de países, por exemplo, Israel, é realmente efetivo? Boicotes acabam sempre sendo danosos às pessoas mais pobres em todos os países?
R. Depende do país. Boicotar é uma maneira da comunidade internacional demonstrar sua desaprovação por práticas ilegais. É mais um instrumento brusco e, dependendo do tipo de boicote, ele pode afetar as pessoas ricas, pobres, ou todos os cidadãos de países boicotados.

P. É claro que Maitreya e os Mestres encorajam o poder das pessoas—Eu vejo isso lendo a Share International. Mas eles perdoam a violência e destruição sem sentido como as vistas recentemente na Inglaterra?
R. “Violência sem sentido e destruição” não são demonstrações de poder das pessoas, mas de um poder destrutivo. A Hierarquia nunca encoraja ou perdoa a violência ou a destruição.

P. Se uma pessoa pedisse à Maitreya ou seu Mestre se Eles, por Suas Graças, poderiam expandir e vivificar seu chakra do coração de forma que pudessem se tornar mais empáticos e melhor capazes de servirem aos outros, você acha que Maitreya e os Mestres ajudariam?
R. Maitreya e os Mestres liberam Suas energias e amor crescentemente. Aqueles que são sensitivos o suficiente e cujas respostas de coração sejam adequadas estão sendo ajudados, estejam eles conscientes ou não.

P. Qual é o verdadeiro efeito esotérico de uma grande música—como aquelas de Mozart, Beethoven e Bach? Existe algum tipo de fenômeno energético ocorrendo? Qual é o mecanismo que ergue os espíritos, toca o coração e por aí vai?
R. Nós vivemos em um universo divino; todas as pessoas, em seus níveis mais altos, são divinas. O efeito inspirador de grandes músicas da Bach, Beethoven e Mozart, etc, são um reflexo opaco desta criatividade Divina com a qual nós somos essencialmente unos. Toda grande arte é um reflexo desta ressonância divina.

P. Eu leio em tantos lugares que os EUA, Alemanha, e possivelmente outros países, aperfeiçoaram naves de anti-gravidade. Que muitos dos tão chamados discos voadores que vemos, são na verdade estas várias naves de origem domésticas e são (pelo menos nos EUA) pagas com o dinheiro do contribuinte através de pesquisas de uma divisão militar chamada Black Ops. Qual a sua opinião sobre isso?
R. É verdade que os governos Americano, Russo, e provavelmente outros governos conseguiram manifestações de “anti-gravidade”. Alguns até criaram veículos que usam esta função de anti-gravidade, mas em nenhum lugar foi alcançado o completo controle do espaço, aparecendo e desaparecendo à vontade, viajando a grandes velocidades, etc, como é demonstrado por nossos Irmãos Espaciais. Estas funções são apenas possíveis aos Irmãos Espaciais, porque os veículos não são feitos daquilo que chamamos de matéria física sólida. Eles são feitos de matéria etérica, e levará muitos anos para que nossos governos possam fazer tais naves.

P. (1) Para uma meditação pessoal, a pessoa pode simplesmente focar-se no centro ajna e soar internamente OM, sem usar a Grande Invocação? (2) Isto seria uma maneira mais cientifica de meditar, ao invés de outras formas de meditação?
R. (1) Sim,é lógico, mas não seria a ciência da Meditação de Transmissão. Para propósitos de Meditação de Transmissão (uma meditação grupal) a Grande Invocação é utilizada para invocar as energias da Hierarquia que os Mestres transmitem através de grupos, usando a ciência da triangulação. (2) Não.

P. É possível que o corpo seja mantido vivo artificialmente, contra a vontade da alma?
R. Sim, “vivo” no sentido de que os órgãos ainda funcionam, mas não “vivo”, no verdadeiro sentido, se a vontade da alma não está envolvida.

P. Todo o processo de morrer é mais fácil para pessoas praticando a Meditação de Transmissão por, diríamos, mais do que 10 anos?
R. Depende; é impossível dar um “sim” ou “não” diretos como resposta a esta pergunta. Certamente não é a função da Meditação de Transmissão tornar a morte mais fácil.

P. O quão evoluída uma pessoa precisa ser para ser capaz de permitir a si mesma morrer—se elas sabem que não há esperança para sua situação física, por exemplo?
R. Deveria ser possível para aqueles que tomaram a segunda até a terceira iniciação.

P. Contato com a alma e morrer conscientemente são impedidos quando uma pessoa prestes a morrer toma morfina ou outros anestésicos e analgésicos?
R. Não necessariamente.

P. Como pessoas que morreram podem ajudam seus parentes e os outros na terra?
R. Elas podem, mas é difícil de descrever o processo; por telepatia é provavelmente a maneira mais próxima de descrevê-lo.

P. (1) Rafael no livro Do mundano ao Magnífico por Vera Stanley Adler é um Mestre da Sabedoria? (2) Era ele um discípulo de um Mestre trabalhando nos planos interno?
R. (1) Não. (2) Sim.

P. Benjamin Creme disse que o avatar Sai Baba não veio de nosso sistema solar, então eu me pergunto se ele pode ter sido um avatar de Sirius? Já que Benjamin Creme também disse que Sirius é a segunda estrela mais evoluída em nosso universo, eu acho que esta pode ser a origem provável de Sai Baba. Minha intuição está correta? Se não, você pode revelar de onde Sai Baba veio em nossa galáxia ou universo?
R. Eu não estou consciente de ter dito nenhuma destas declarações. No entanto, Sai Baba disse que “ninguém pode conhecer minha origem”, então não espere que eu O decepcione!

P. Existem muitas pessoas com alegados dons de contatar o mundo espiritual e/ou pessoas que sejam nossos parentes ou que conhecemos. Como nós podemos saber se isto é real? Elas cobram muito dinheiro, e eu imagino que alguns possuem bem menos caridade sabendo que seus clientes estão em uma situação muito vulnerável.
R. Você está muito certo. Existe um enorme glamour conectado com este braço do psiquismo, principalmente se o dinheiro está envolvido.

P. Eu leio os seus livros e eu tenho interesse em cura. Eu descobri que o aspecto astral é o principal fator para se fazer uma cura corretamente. Já que eu não quero cometer um erro, eu tenho duas perguntas. Em qual ponto de evolução alguém pode transmitir certamente mais energia da alma do que energia astral para as necessidades do paciente? Em qual ponto de evolução alguém pode invocar energia de um Mestre para transmitir seu poder de maneira altruísta para o paciente?
R. Para ser sincero, esta auto-enganação não ocorre em larga escala. Eu diria que qualquer um fazendo cura do nível da alma precisa ter tomado a segunda iniciação.

P. (1) Eu li na Share International que alguns “avatares humanos” podem ter uma influência negativa. Você poderia, por favor, definir a palavra “avatar”? (2) Ser um avatar possui alguma relação com o destino da alma da pessoa? (3) Isto significa que eles agem como veículos para certas energias as quais pessoas comuns não poderiam transmitir?
R. (1) Sim, eles podem algumas vezes ter um efeito negativo. Um Avatar é alguém que veio “de cima”, isto quer dizer, de um estado mais alto ou de um planeta mais elevado para beneficiar a humanidade. Avatares podem ser de níveis cósmicos, planetários ou simplesmente humanos. (2) Sim. (3) Sim, normalmente.

P. (1) O que significa ser um Swami? (2) Os Swamis são treinados para trabalharem de maneira “sobre-material”, por exemplo, são treinados para materializarem objetos? (3) Ser capaz de materializar objetos automaticamente indica que uma pessoa é altamente evoluída?
R. (1) Um Swami é alguém que seguiu uma certa linha de ensinamento e desenvolvimento espiritual, normalmente que remonta a instrutores muito proeminentes do passado. “Swmai” é um conceito Hindu. (2) Não necessariamente. (3) Não necessariamente.


 

Cartas ao editor

A resposta correta

Caro editor,
Eu ouvi uma história incrivelmente tocante enquanto estava ouvindo ao Além da Crença, um programa transmitido pela BBC Radio 4, em 12 de Setembro de 2011, explorando respostas teológicas ao 11/9.

O apresentador entrevistou uma mulher que descreveu uma experiência que ela teve em um carro do metrô de Nova York logo depois dos ataques do 11/9. Ela sentiu que algo estava errado assim que ela entrou, por causa de “imensa tensão no ar”, e descreveu como todos os passageiros foram agrupados em um banco. Todos com exceção de um homem que sentou-se do outro lado, um “velho, encarquilhado Sikh, sentado de maneira muito reta.” A entrevistada descreveu como o homem tinha “lágrimas saindo de sua face”, por causa do “intenso ódio” dirigido para ele pelos outros passageiros. Ela foi e se sentou com ele, tentando não olhar para os passageiros do outro lado, e então ele fez a “coisa mais notável”. Ele se levantou e ficou próximo de uma mãe Hispânica que estava com o seu bebê. A entrevistada observou como todos se encolheram, mas o homem tirou do seu bolso uma nota de dólar amassada e a colocou na mão do bebê. As porta se abriram e o Sikh foi embora; conforme as portas se fecharam de novo, todos no carro repentinamente explodiram em lágrimas.

Descrevendo esta história, a entrevistada sentiu que tinha sido mostrado a ela “o que nós precisaríamos fazer em uma gigantesca escala”, para transformarmos a energia de ódio que se seguiu aos ataques.

No estúdio da BBC, um painel de convidados discutiram esta experiência e foram todos profundamente tocados por ela, com um convidado assemelhando o homem a um “ícone” semelhante ao Cristo, que reage à violência projetada sobre ele, não com “retribuição, ódio, ou amargura, mas como algo que estende sua mão muito poderosamente, e faz uma conexão com os seres humanos”. A história lembrou outro convidado de como é necessária a “menor das ações para mudar a mente das pessoas, independente de quão impregnada a visão das pessoas possam ser.”

Quem era este homem?
J.M, Londres, Reino Unido.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o homem era o Mestre Jesus)

 

Sinais do futuro

Caro editor,
Eu nunca vi a “estrela” de Maitreya, embora eu a procure todas as noites. Eu nunca ouvi Maitreya na TV ou no rádio, mas em 1960, eu vivia em uma casa particular com outras três pessoas que a alugaram. Uma noite antes de ir para a cama, eu fui ao banheiro. Lá, eu vi uma grande cruz na janela; eu chamei a proprietária e os outros que pagavam aluguel na casa para virem e verem a cruz. Todos a viram, e foram tomados de surpresa. Ela esteve lá por três noites. Como um estudante de metafísica, eu sabia que ela anunciava um Evento por vir.

Naquele mesmo ano, em um amável dia de verão, eu estava no quintal e quando eu olhei para os céus, eu vi uma cidade dourada com torres e casas e um muro dourado cercando a cidade. Então, eu vi figuras vestidas em dourado andando sobre o muro. Isto foi visível por poucos minutos, e então, se dissolveu. Poucos dias depois, uma professora amiga minha me chamou; ela disse você não acredita no que eu vi. Eu a interrompi quando estava dizendo sobre uma cidade dourada nos céu; ela disse, ah, você a viu, meu filho também a viu. Eu disse sim, não importa o que aconteça, a Terra está protegida por seres superiores. Eu apenas espero que Obama ouça à Maitreya. Isto ocorreu em Cleveland, Ohio.
G.B., Santa Cruz, Califórnia, EUA. .

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a cruz na janela e a visão de uma cidade dourada foram dadas pelo Mestre Jesus)

 

Pergunta compreensiva

Caro editor,
Eu estava ajudando em uma mesa de livros na recente conferência de Emergência de Fevereiro de 2011 em Barcelona, quando uma mulher de meia-idade, vestida em um estilo tradicional e clássico, aproximou-se da mesa e começou a olhar os livros. Depois de poucos minutos, ela veio e me perguntou: “Qual é a relação entre Meditação de Transmissão e a Emergência de Maitreya e os Mestres da Sabedoria?” Eu lembrei que fiquei paralisado pelo seu olhar penetrante e olhos muito azuis.

Embora agora eu não possa lembrar claramente o que eu disse a ela, no momento pareceu a mim que minha resposta foi bem coerente. Eu acho que eu disse que a Meditação de Transmissão é o que conecta todos os trabalhadores de Emergência no mundo, e nos conecta com os Mestres. A Meditação de Transmissão fortalece nossa conexão com Eles e com cada um. Nós somo Um, um grupo. A Emergência não é apenas a Emergência dos Mestres e de Maitreya, mas também de toda a Hierarquia Espiritual. A Meditação de Transmissão nos fortalece em nosso trabalho de serviço em fazer a história sobre a Emergência conhecida. Enquanto eu falava, ela olhava para mim com um olhar muito penetrante e intenso, que me surpreendeu, já que ele não combinava com sua aparência de uma “doce velha senhora”. Ela pareceu satisfeita com minha resposta, me olhou diretamente nos olhos e me agradeceu, e saiu da mesa. Quem era esta senhora?
S.Q., Barcelona, Espanha.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a “senhora” era Maitreya.)

 

Altamente recomendado

Caro editor,
Eu estava saindo de uma livraria na região central de São Paulo, uma avenida muito conhecida chamada Avenida Paulista. Eu tinha comprado o livro Um Tratado sobre o Fogo Cósimico de Alice Bailey, e estava muito feliz, porque eu já queria por algum tempo comprar este livro. Então, quando eu saí da livraria, eu procurei por um banco para sentar e ler. Quando eu sentei no banco, e comecei a ler, dois oficiais de policia passaram por mim. Um começou a olhar para um dos volumes do livro que eu deixei do meu lado. Primeiro, eu pensei que talvez ele fosse falar para tirá-lo do banco, porque, quando eu olhei para ele, eu percebi que ele estava ocupando um assento que poderia ser usado por outra pessoa. Mas então, o oficial de polícia apontou para o livro e, com um sorriso, disse para mim: “Este é um bom livro! Um bom livro!”. Eu fiquei muito surpreso, porque o policial parecia muito calmo, um pouco feliz, e seu sorriso estava cheio de alegria. Ele então foi embora, com o outro oficial. Este oficial de policia e seu colega eram alguém especial? Se não, eu fiquei muito surpreso em ver que ele teve uma opinião tão boa do livro. Isto quer dizer que as pessoas estão mais abertas agora para ensinamentos esotéricos do que estavam no passado?
T.S.A., São Paulo, Brasil.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o “oficial de polícia” era Maitreya. O outro “oficial” era o Mestre Jesus.)

 

Feliz aterrissagem

Caro editor,
Eu queria compartilhar uma experiência que ocorreu comigo por cerca das 8:30, em uma manhã de Dezembro de 2000. Eu era um estudante na Universidade de Tillburg (Holanda) e eu tinha uma prova naquele dia para a qual eu já estava atrasado. Eu estava sonhando acordado um pouco, e portanto, não estava prestando muita atenção para o fato de que a roda da minha bicicleta estava na rua onde os carros estavam passando. Repentinamente, minha roda da frente foi atingida fortemente por um carro. Ela me atingiu tão forte que eu fui jogado no ar vários metros, voando por sobre o carro. Foi isso o que as pessoas próximas a mim me falaram depois. A coisa estranha foi que no momento no qual eu fui atingido por ele, eu me senti completamente seguro, protegido e cheio de paz. Foi como se eu tivesse sido colocado em uma bolha de amor e paz. Eu escapei do acidente sem machucados. Depois do que ocorreu, eu estava completamente calmo e não me preocupei de forma alguma com isso.

Eu recebi algum tipo de proteção naquele momento? Se sim, por quem?
M.V., Breda, Noord-Brabant, Holanda.

(Mestre de Benjamin Creme confirma que você de fato recebeu proteção, do Mestre Jesus.)

 

Bem segurado

Caro editor,
Em 15 de Abril de 2011, eu estava pintando em meu flat. Eu estava com pressa para terminar o mais cedo possível, porque eu estava planejando ir em uma viagem para Israel por alguns dias. Sem segurar a escada, com ferramentas em ambas as mãos, eu subi na escada. Quando eu pisei no terceiro degrau, a escada se virou e eu caí no chão, tentando evitar os móveis. É quase que inacreditável que eu não me machuquei. Eu poderia ter cortado meu peito, quebrado meu pescoço ou, no mínimo, ter torcido o meu joelho. Tudo o que eu tive foram algumas contusões.

Até mesmo o menor machucado poderia ter impedido minha viagem. Eu senti como se alguém tivesse me segurado no ar por um momento e então, me colocado no chão.

Eu gostaria de perguntar se um Mestre me ajudou?
S.S., Maribor, Slovenia.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que ajuda foi dada pelo Mestre Jesus.)


 

A Espada da Clivagem

Nós apresentamos uma seleção de citações sobre o tema “A Espada da Clivagem” de Maitreya (Mensagens de Maitreya, o Cristo e Ensinamentos de Maitreya—As Leis da Vida), o Mestre de Benjamin Creme (Um Mestre Fala), e os escritos de Benjamin Creme.

Quando Maitreya vier diante do mundo, começará para o homem um período de introspecção e reflexão. É de se esperar que para muitos, ela será dolorosa, e até traumática. Pisando nos caminhos e idéias do passado, com tanto medo de um futuro desconhecido e estranho, estão milhões hoje, que os homens irão querer fazer uma balanço da nova situação a qual eles irão pertencer...Quando Maitreya primeiro anunciar Seus planos e esperanças pela reabilitação do mundo, Sua energia do Amor—a Espada da Clivagem—irá delinear mais ainda as divisões que agora existem. Os homens tomarão lados—a favor ou contra os novos princípios que Ele irá apresentar pelo melhoramento de todos. Assim será. Assim, um período de discórdia e descontentamento irá anteceder a aceitação do novo. Gradualmente, no entanto, até os menos otimistas irão reconhecer a necessidade de uma reconstrução do mundo e irão adicionar seus pesos à tarefa.

Irá começar um tempo diferente de tudo o que já foi visto na Terra antes. Em cada mão e em cada nível, mudanças irão tomar o seu curso lógico, cimentando em lei, principio e forma as aspirações de todos. Assim os homens irão retomar a posse de seus destinos e afastarem-se para sempre do abismo. (Mestre de Benjamin Creme, de “Lidando com a mudança”)

O mundo precisa chegar a um ponto não apenas de não retorno, mas de crise total, confrontação total entre o bem e o mal, entre aquilo que produz harmonia e aquilo que produz o oposto. Este é o resultado da energia da Espada da Clivagem. Na Bíblia Cristã, nós lemos que Jesus disse: “O pai se dividirá contra o filho, e o filho contra o seu irmão”, e por aí vai, tudo muito destrutivo. A Espada da Clivagem é, ironicamente, a energia do Amor. É isto o que esteve acontecendo e o que está acontecendo hoje, e será focado a um ponto final por Maitreya.

É a energia do Amor saindo agora de todos os planos. Ela satura o mundo, e seus efeitos na humanidade é o de fazê-lo mais o que você é. Se você é uma pessoa de boa vontade, ela será estimulada e potencializada. Se você é destrutivo, ou de má vontade, você se tornará mais isso. Todos, tanto os bons como os maus, são estimulados.

Desta forma, a humanidade irá ver muito claramente o que ela precisa fazer. Se isto não ocorresse, nós pensaríamos que poderiamos agüentar firme onde nós estamos. Seria difícil, mas nós poderíamos pensar que mais tarde, talvez, as coisas iriam baixar e se tornarem boas novamente—como nunca o foi no passado. A Espada da Clivagem aumenta as diferenças e torna mais clara as opções diante da humanidade. Mais e mais pessoas, com a visão mais apurada que a Espada nos dá, verão que não há mais alternativa para a paz. Se nós não tivermos paz, nós teremos a completa destruição de toda a vida no planeta. Paz, então, não é mais uma opção para a humanidade: ela é essencial. Esta compreensão é o resultado da ação da energia de Amor de Maitreya. É a Espada da Clivagem, delineando claramente o caminho à frente para a humanidade: através da fraternidade, justiça, partilha e paz; através da liberdade, corretas relações e tudo o que flui destes. Ou é isto, ou continuar no caminho do presente e destruir toda a vida. (Benjamin Creme, Share International Jan/Fev 2007)

Meu Plano é o de revelar aos homens que existe para eles apenas dois caminhos. Um irá levá-los de maneira inexorável para a destruição e a morte. O outro, Meus amigos, Meus queridos, irá levar a humanidade direto para Deus; e na luz de Sua Presença eles, se prontos, irão ver maravilhas e glórias inacreditáveis. Minha Tarefa é a de apontar o caminho, a de levar vocês para fora da discórdia em direção àquele abençoado estado de Harmonia e Amor que irá outorgar a vocês este sonho. Meu trabalho prossegue, e logo, agora em pouco tempo, vocês verão Meu Rosto e ouvirão Minhas Palavras. O período de testes começa. Meu Plano é o de colocar diante de vocês estas duas alternativas, de traçar as possibilidades e as armadilhas. A escolha é de vocês; vocês, de seu próprio livre-arbítrio dado divinamente, devem decidir. (Maitreya, da Mensagem n°16)

Uma crise de decisão aguarda a humanidade. Meu amor cria uma polaridade de pontos de vista; esta é a Espada que eu carrego. Meus amigos, saibam bem de que lado estão, e recebam Minha Luz. Tomem cuidado com o local onde colocam seus pés: nos passos que levam para o amanhã ou— o esquecimento. Homens e mulheres do mundo, Meus Irmãos, Minhas Crianças, Eu apelo a vocês: tomem o caminho em direção ao alto para a Luz da Verdade que Eu trago, e sejam capazes de manifestar os Deuses que vocês são. (Maitreya, da Mensagem N° 64)

Desconhecido ainda, para muitos, Maitreya deve agora entrar no palco do mundo e apresentar Suas idéias para todos. Muitos irão ver a normalidade e justiça de Suas visões, mas outros, tristemente, irão ressentir Sua intrusão nos assuntos dos homens e irão chamar por Sua exclusão. Assim irá a Espada da Clivagem apresentar aos homens suas escolhas: continuar na encosta em direção abaixo de sofrimento e dor implacáveis—ou remediar as doenças do passado e ir em direção aos seus direitos da nascença. (O Mestre de Benjamin Creme, de “O momento chegou”)

A Espada da Clivagem é na verdade a energia do amor. A energia do amor é a espada da clivagem que cria clivagem no mundo. Clivagem é diferença, separação, e ainda, quando nós a entendemos, esta energia é liberada no mundo por Maitreya Que é o Avatar do Amor. Ele libera este amor e ele estimula todos sem exceção, os bons, os maus, os altruístas, os egoístas, os gananciosos, os não gananciosos, e por aí vai. Todos são estimulados. A energia em si é puramente impessoal, não sendo nem boa ou ruim. É uma energia que estimula, que leva todas as pessoas a se juntarem, e até as partículas de matéria que mantém o mundo junto. As partículas de matéria em nosso corpo são mantidas juntas pela mesma energia. É Deus, o Filho, o aspecto Cristo, o aspecto Consciência. Esta energia do amor mantém juntas e liga as partículas de matéria sem a qual não haveria mundo, e quando ela é liberada de maneira massiva, como ela tem sido por muitos anos, ela cria a Espada da Clivagem.

Tudo isto é ação da Lei do Amor. Isto cria a Espada da Clivagem de forma que a humanidade irá ver claramente qual é a escolha...Os pares de opostos nunca foram tão claros: materialismo grosseiro, bolsas de valores funcionando por causa de ganância avassaladora, e ao mesmo tempo, pessoas morrendo, em milhões, de fome. A Espada da Clivagem de Maitreya força a humanidade a fazer uma escolha: partilhar ou morrer. Ele coloca bem claro: “O homem deve partilha ou morrer. Não há outro caminho.” Quando ele colocar sobre nós, nós partilhamos ou nós morremos, é lógico, nós aceitaremos a partilha e isto irá criar as condições nas quais todos poderão viver em paz. (Benjamin Creme, A Arte de Viver: Vivendo dentro das Leis da Vida)

Muito do que é amado deve ir. Não devemos nos agarrar às velhas formas. Muito irá depender da habilidade do homem em renunciar estas estruturas desgastadas, e criar um novo e mais simples mundo. Lembrem-se disso. Não esqueçam que Eu venho para mudar todas as coisas. Minha Vinda traz paz. Semelhantemente, Minha Presença traz clivagem. Minha Espada, aquele Amor que Eu sou, irá separar todos os homens, irá mostrar a Verdade do falso, irá limpar o caminho para a Nova Luz que Eu trago. Que possa ser que você possa resistir a esta mudança e aceitar Minha Luz. (Maitreya, da Mensagem N° 74)

O Amor é totalmente impessoal. É por isso que ele é chamado de “Espada da Clivagem”. Ele divide pelo fato das pessoas responderem a esta energia impessoal de quaisquer formas a qual estejam motivadas. Se elas são motivadas para o bem, desejo pelo melhor na humanidade, elas tomarão esta mesma energia e agirão a partir dela. Se o motivo delas for o “mal’, se é separativo, não-inclusivo, elas irão tomar esta mesma energia de amor e serem galvanizadas na direção oposta. Então, ela estimula à todos, os bons e os maus, os egoístas e os altruístas. É por isso que Maitreya precisa ser muito cauteloso com ela, muito habilidoso, para ter certeza que a reação correta seja predominante.

Nós pensamos em amor como algo completamente pessoal: nós amamos alguém e nós não gostamos de outras pessoas. Mas amor não possui nenhuma relação com isso. É uma fonte inquebrável de energia dada por Deus que magneticamente agrupa os pequeninos blocos de matéria que fazem o universo, e, ao mesmo tempo, os blocos individuais que compõem um grupo. (Benjamin Creme, Missão de Maitreya, Volume Dois)

Maitreya sabe que quando Ele dar um passo à frente na arena do mundo, uma recepção mista partirá da humanidade. Existem muitos ansiosos por aquele momento com alegre expectativa, que o verão como o começo do Novo Tempo que aguarda os filhos dos homens. Existem outros, no entanto, compreendendo pouco do sentido e processo da Sua vinda, que verão desconfiados e com dúvidas Suas credenciais, temerosamente conscientes dos avisos das escrituras que eles tão prontamente interpretam da maneira errada.

Outros, também, irão simplesmente aguardar fora do campo, aguardando uma liderança daqueles que eles possuem alguma estima. Assim irá a humanidade se colocar de um lado ou outro: aqueles que dão boas vindas ao Instrutor com braços abertos, ansiosos para seguirem Seus preceitos e conselhos; e aqueles que vêem Ele como a encarnação do mal e tudo aquilo que eles desconfiam.

Assim a Espada da Clivagem irá fazer seu trabalho, revelando aqueles que estão do lado da liberdade e justiça, a favor de boa vontade prática e amor; revelando também aqueles cuja desconfiança e medo, preconceito e ódio impedem seu reconhecimento da verdade da mensagem de Maitreya, de compaixão e amor. Assim será, e assim os homens serão testados como guardiões de seus futuros. (Mestre de Benjamin Creme, de “A recepção de Maitreya”)

A energia do amor é absolutamente neutra. Ela não é nem “boa” nem “má”. Nós pensamos em amor como sendo totalmente bom. Ele é neutro. Ele é a “Espada da Clivagem”, que é usada pelo Cristo deliberadamente para estimular todos os Seres. Ela estimula o bem e o mal. Ela estimula o egoísta e ganancioso, e ao mesmo tempo, o altruísmo nos outros.

Ela cria uma linha bem no centro, de maneira que a humanidade possa ver onde ela deve ficar, sem bordas turvas, onde fica o bem e onde fica o mal, onde está a ganância e onde está o verdadeiro altruísmo.

Existem pessoas que fingem para si mesmas que são altruístas e a favor do bem no mundo. Mas na base de suas vidas, elas são gananciosas e egoístas. A Espada da Clivagem corta esta hipocrisia, e mostra as pessoas em suas verdadeiras luzes. Então nós podemos ver claramente que, se nós formos em direção a um caminho, ocorrerá um desastre total. Se nós formos para outro, nós conseguiremos a regeneração e um novo mundo. (Benjamin Creme, A Arte da Vida: Vivendo dentro das Leis da Vida)

Logo, Minha Aparição será conhecida para muitos e Meu Ensinamento terá começado. Para humanidade será mostrada por mim duas linhas de ação; em sua decisão está o futuro deste mundo. Eu irei mostrar a eles que a única escolha possível é através da partilha e da interdependência mútua. Por estes meios, o Homem irá chegar a um estado de consciência de si mesmo e de seu propósito que irá levá-lo aos pés de Deus. O outro caminho é muito terrível para ser contemplado, pois ele significaria a aniquilação de todas as correntes de vida nesta Terra. O homem possui o destino em suas mãos. (Maitreya, da Mensagem Nº 17)

A Espada da Clivagem é a energia do Amor. Conforme as pessoas responderem a esta energia, o mundo será divido—aqueles que estão clamando por mudança dentro das linhas que Maitreya está defendendo, e aqueles que estão temerosos e olhando para o passado, que o vêem como o Anticristo, com medo e não sabem o que fazer. Eles ficarão de lado e verão os eventos, e então perderão a oportunidade apresentada, pela primeira vez na história, de tomarem parte na transformação do mundo. É da responsabilidade de cada individuo, do ponto onde ele ou ela está, afirmar suas divindade. (Benjamin Creme, O Despertar da Humanidade)

Meu Plano é o de revelar Minha Presença em pouco tempo em uma escala muito mais ampla e mostrar aos homens que a Nova Era está amanhecendo, que a receita para mudança é Partilha e Fraternidade, Justiça e Amor. Para a Minha Bandeira, eu chamarei aqueles que andariam Comigo. Juntem-se ao Meu exército, Meus amigos e irmãos, e limpem este mundo do ódio. Afiem a Espada do Amor, Meus Irmãos, fiquem próximos a Mim, e corajosamente juntos em direção ao futuro, vamos marchar. (Maitreya, da Mensagem N° 97).


Inesperada Aparição de Imam Mahdi

“Inesperada Aparição de Imam Mahdi” proclama o título do vídeo postado no YouTube. Uma figura miraculosa de luz brilhante e branca aparece em um vídeo filmado em Karbala, Iraque, na noite de Ashura, 6 de Janeiro de 2008. Esta cerimônia Xiita Islâmica comemora o martírio do neto do Profeta, Hussein, cuja tumba está em Karbala.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a figura em luz é Maitreya (Imam Mahdi para os Mulçumanos) e que seus movimentos de dança como uma espada lembram a Sua vinda com a Espada da Clivagem)

mensagem anterior mensagem seguinte


HomeCopa

  | INÍCIO |