MAIN
Home
BACKGROUND
Teachings
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ

 

FAQ
FAQ
MAIS RECURSOS
Magazine
 
 

 
 
 Início >> do Mestre>>Novembro 2011

Share International HomeShare International HomeBackground information

mensagem anterior mensagem seguinte

Pedido de apoio!

Veio ao nosso conhecimento que mais e mais pessoas estão recebendo nossa informação apenas pelo website, desta maneira, renunciando ao pequeno custo de assinar a revista Share International.

Nem todos podem, ou usam a internet, e é essencial ter uma expressão física externa, que pode apresentar com fotos, os eventos dos quais falamos. Isto significa que é necessário que haja uma revista, que,é lógico, requer uma grande quantidade de trabalho de voluntários, e muito dinheiro para ser produzida. Talvez exista a idéia de que a Hierarquia distribua dinheiro para este trabalho, mas este não é o caso. Assinaturas para a Share International são uma parte essencial para manter o nosso trabalho e alcançarmos o público. O custo da assinatura é mantido o mais baixo possível, a revista não é patrocinada por propagandas e custo postais e de impressão estão aumentando a todo o momento.

Certamente nós todos concordamos que todos aqueles que seriamente acreditam neste trabalham gostariam de ajudar a revista, sejam eles leitores ou não das informações pela internet.

Obrigado pelo seu apoio.


 

A promessa de Maitreya

pelo Mestre—através de Benjamin Creme,
9 de Outubro de 2011

Enquanto muitas pessoas continuam a acreditar que o atual sistema bancário e de bolsas de valores são necessários e inalteráveis, mais e mais estão chegando à conclusão que eles chegaram à inutilidade e devem logo ser substituídos. Muitos estão sofrendo dos efeitos da ganância sem restrições, e aspiram por maior justiça e equidade para sobreviverem ao que é tão fluentemente chamado de “a corrente do clima econômico”. Antes do colapso econômico de 2008, pelo menos no mundo desenvolvido, existia muito dinheiro. Pessoas tinham trabalho e casas para viverem; novos milionários nasciam todo dia. Em outros lugares, é lógico, milhões ainda morriam de fome e outros milhões passavam fome, mas para alguns havia muito dinheiro e a vida parecia boa.

Para onde todo o dinheiro foi? O que aconteceu com ele? Agora, ninguém possui trabalho e o dinheiro desapareceu—ele foi para os bancos e desapareceu. E os milionários são agora bilionários. É tudo muito enigmático. Um truque, um conto-do-vigário, você poderia pensar, você realizado em metade do mundo.

Os antigos modos, os velhos tempo, retornarão? Nós realmente queremos que eles retornem com a riqueza dos ricos duplicando diariamente e os pobres pegando as moedas que eles deixam cair?

Mudança

As pessoas em todos os lugares estão sentindo uma mudança e estão emprestando suas vozes a este chamado. Elas estão sentindo, também, seus poderes para agirem, e muitos morrem para o provarem. Elas sentem que os antigos modos estão quase terminando e gastaram a sua força. Elas sentem que há outras, melhores maneiras de viverem e esperam ansiosamente pelo amanhã. Verdadeiramente, os antigos modos estão morrendo e retém a corrida. A roda gira e a poderosa Roma está caindo mais uma vez. O fogo de Maitreya está aceso nos corações de incontáveis milhões e eles respondem, ansiosos para construírem um novo mundo onde justiça e harmonia governem. A promessa de Maitreya é de que este novo mundo está a caminho.


Perguntas e Respostas
- uma seleção da revista deste mês

P. Quantas aparições na televisão Maitreya fez até agora?
R. 46, as últimas 3 no Brasil. (Até 5 de Outubro de 2011.)

P. Um ano e meio atrás Maitreya começou Sua missão aberta. Desde então nós tivemos o desastre de petróleo no Golfo, a tsunami Japonesa e sua contínua chuva radioativa, a Primavera Árabe com muitos sendo mortos ou sendo espancados horrivelmente, e padrões de clima malucos continuando a causar tumulto no mundo. Eu esperava que a presença e influência de Maitreya nos levaria a uma direção mais benevolente e pacífica. Parece que não é o caso e que Sua presença não significa menos revolta. Na verdade, pode haver mais do mesmo e pior até que o ponto de mudança seja atingido. Você pode comentar sobre esta aparente dicotomia e a que ponto nós podemos esperar um ponto de mudança? Obrigado por todo o seu bom trabalho por estes anos.
R. Naturalmente, dada a diferença de seus pontos de evolução e experiência, as pessoas comuns e os Mestres vêem os acontecimentos do mundo de maneiras completamente diferentes. Nós vemos apenas uma seqüência de eventos isolados e, dependendo do nosso estado de mente, freqüentemente os vemos apenas como ameaçadores, mal vindos e aterrorizantes. Os Mestres vêem o mesmo evento, mas também todos os outros eventos que estão acontecendo simultaneamente em todos os planos, que nós não vemos por causa de nossa consciência limitada. Os Mestres vêem eventos se erguendo e descendo através de todos os planos. Muitos dos eventos que para nós são tão poderosos e ameaçadores, para a visão dos Mestres murcham e desaparecem, enquanto que ao mesmo tempo, grandes movimentos energéticos encarnando novas estruturas, pensamentos e idéias gradualmente descem e manifestam-se no plano físico. Desta forma uma tremenda transformação está ocorrendo da qual, a maioria, a humanidade não possui conhecimento.

O interrogador pergunta quando nós podemos esperar um ponto de mudança neste processo. O ponto de mudança já começou. Mais e mais do “novo” está se tornando concreto nos planos mais baixos, menos e menos do “lixo” do passado está agora afirmando sua influência. Relativamente, muito logo nós nos tornaremos conscientes de uma “calmaria” no mundo conforme a humanidade age—tudo depende da ação da humanidade—então o fermento do novo jarro ocorre. A humanidade precisa ver a si mesma como uma força em ação, não como simplesmente esperançosos espectadores destes tremendos eventos. Como Maitreya diz: “Nada acontece por si mesmo. O homem deve agir e implementar a sua vontade”. Isto, a humanidade está começando a fazer.

P. O Sr. Creme viu as entrevistas de Maitreya na televisão ou ele pegou toda a informação sobre elas de seu Mestre?
R. Eu não as vi.

P. Eu sei que você já está cansado de ser questionado sobre isso, mas eu devo perguntar. Eu gostaria de uma pequenina dica de como achar as entrevistas de Maitreya na internet. Eu estive procurando por horas online pelas entrevistas de Maitreya nos EUA e no México, mas sem utilidade. Eu almejo ouvir Sua sabedoria e experienciar Sua presença. Esta é a única esperança que eu tenho para continuar seguindo, que o mundo irá melhorar. Por favor senhor, eu estou implorando. Você conhece o conforto do contato com um sábio Mestre, mas o resto de nós não. Nós precisamos disto.
R. Eu nunca procurei por nenhuma das entrevistas. Maitreya está incógnito deliberadamente. Ele não deseja ser reconhecido como “Maitreya”. Ele está apenas interessado se você quer para o mundo o que Ele está defendendo—partilha, justiça e paz são Suas prioridades. Faça delas as suas (se elas já não são) e traga Maitreya mais próximo de você.

P. Faz algum sentido procurar pelas entrevistas na televisão de Maitreya no YouTube?
R. Não.

P. Radio FM Mantra 91.9 Fm de Buenos Aires, Argentina, gostaria de dar as boas vindas a Maitreya para falar nela. FM Mantra possui uma transmissão no ar limitada, mas suas vozes e imagens são transmitidas ao redor do mundo pela internet. Por favor, você pode nos dar um conselho sobre a maneira correta de enviar um convite à Maitreya, e por favor, considerar esta comunicação como um convite de coração.
R. Eu temo não ter nenhum conselho ou parte a exercer na seleção das transmissões de Maitreya. Eu tenho certeza que elas são todas feitas de acordo com o plano de Maitreya.

P. Quão perto nós estamos do Dia da Declaração?
R. Provavelmente apenas Maitreya sabe corretamente a data do Dia da Declaração. Ele não possui um momento certo, mas depende da reação da humanidade para os vários estímulos da Hierarquia. Mas eu acho que irá ocorrer mais cedo do que a maioria das pessoas imaginam.

P. Uma recente manifestação e protesto por parte de Cristãos Copta no Cairo, Egito, foi brutalmente reprimida pelo exército em poder. Passos em direção à democracia parecem ser lentos e restritos pelo governo. A verdadeira democracia realmente ocorrerá no Egito?
R. Sim, de fato, mas irá levar mais tempo. As forças contra a democracia—o exército no poder os interesses financeiros da direita—ainda são muitos poderosos. A queda de Mubarak foi por si mesma um milagre que tem reverberado através do Oriente Médio e está inspirando as vozes das pessoas através do mundo, incluindo os EUA.

P. Que dia maravilhoso no que diz respeito ao Occupy Wall Street! Matireya está em Nova York?
R. Não, Ele agora está no Brasil.

P. Você acha que o novo movimento populista nos EUA, que começou como “OccupyWallStreet” e que agora se espalhou rapidamente para outras cidades, é um movimento viável?
R. Sim. É o começo da transformação nos EUA.

P. É o movimento “Occupy”—que está brotando ao redor dos EUA agora em reação às manifestações do OccupyWallStreet—o tipo de expressão de poder das pessoas que Maitreya está procurando para galvanizar e espalhar ao redor do mundo?
R. É parte dele. Pelo menos no começo, diferentes grupos em diferentes países irão usar diferentes métodos para que ela ocorra.

P. (1) Até qual extensão os protestos do Occupy Wall Street na Cidade de Nova York, e em outros lugares nos EUA, estão sendo inspirados (conscientemente ou não) pelas energias de Maitreya? (2) Maitreya visitou os manifestantes em Nova York em forma física, assim como ele fez na Praça Tahir, para ensiná-los e inspirá-los?
R. (1) 30 por cento. (2) Não.

P. O poder das pessoas deveria tentar trazer abaixo as estruturas econômicas de seu próprio país?
R. O poder das pessoas não se trata de “trazer abaixo” as estruturas econômicas de qualquer país em particular , é sobre a conquista da liberdade, justiça e paz para as pessoas daquele país. O último objetivo deve sempre ser mantido em mente, que é o estabelecimento da liberdade, justiça e paz através do mundo. Deve ser óbvio que uma radical reorganização das estruturas econômicas do mundo devem ocorrer para que isto seja alcançado. Partilha, você verá, é o supremo mecanismo para esta realização.

P. Até os mais dedicados ativistas trabalhando para mudar os atuais sistemas econômicos, políticos e sociais, e aqueles trabalhando para salvarem o meio ambiente realmente possuem alguma resposta prática e factível?
R. Sim, possuem muito. Partilha e justiça que irão transformar a vida para todos e garantir o fim da guerra é o objetivo de todos seja isto citado ou não.

P. Está se tornando cada vez mais claro todo dia que os políticos não sabem o que fazer e não possuem respostas à crescente crise mundial. Existem alguns políticos ou lideres no mundo no presente que possuem alguma suspeita de como se proceder e lidar com os crescentes problemas?
R. Sim, mas eles não estão ainda no poder.

P. Como os países que estão lutando financeiramente agora serão capazes de proverem para suas populações conforme o sistema econômico entra em colapso? Milhões já passam fome—agora mais e mais pessoas no rico ocidente também estão começando a sentirem a pitada.
R. O mundo precisa ver que isto é inevitável. É a “experiência selvagem”. Nada irá radicalmente mudar a não ser que as pessoas vejam isto e procurem por uma maneira alternativa de viverem: isto é, adotando partilha, e então justiça e paz.

P. Eu tenho 23 anos e sou do Egito. Eu segui você por alguns anos agora e eu não conisgo esperar pela mudança chegar! Eu vejo as mudanças em forma de revoluções. (1) Mas eu me pergunto quando a mudança vem em forma de milagre. Todo site espiritual que eu vou cada pessoa que canaliza está dizendo que está próximo, muito está mudando, mas minha pergunta é, quando crentes (ou alguém como eu), percebe que está no começo—toda pessoa normal deveria perceber que isto não é normal. (2) Já que eu sou um Mulçumano, eu estou interessado em saber se Maomé (pbuh) está também como o Mestre Jesus na terra agora como um Mestre que irá nos ajudar?
R. (1) Você procura por sinais e as coisas estão acontecendo agora. Você não viu o que está acontecendo ao redor do Oriente Médio e mais longe? Você não se lembra, no Egito, Cairo, Praça Tahir, apenas alguns meses atrás algo que está começando a acontecer mais e mais ao redor do mundo? O Próprio Maitreya passou muitas horas naquela praça por três semanas, inspirando e salvaguardando as pessoas de todas as religiões, ensinando a elas a protegerem e cuidarem uma das outras como uma inspiração para o mundo. São as pessoas em todos os lugares, levantando suas vozes, que irão mudar, e estão mudando o mundo, mesmo agora. (2) Sim. Maomé recebeu Sua inspiração e ensinamentos de Jesus. Eles são irmãos.

P. A morte final deste sistema econômico é dolorosamente lenta devido, é lógico, a manipulações que estão ocorrendo como salvamentos, aumentos do teto da dívida e políticas de corte e queima de serviços públicos, sistemas de bem-estar, etc. Chegará um momento, daqui pouco tempo, quando os mercados finalmente irão chegar ao fundo do poço e esta lenta morte finalmente irá terminar conforme os mercados globais e a economia chegaram ao chão?
R. Sim. Você pode chamar isto de lento, mas na verdade visto de maneira desapaixonada, é notavelmente rápido.

P. Qual é a sua visão sobre os esforços da Palestina para ganhar um maior reconhecimento nas Nações Unidas? Você acha que estes esforços são, ou serão, de ajuda para a sua causa?
R. Eles lembram ao mundo de sua presença e dificuldades, provavelmente não mais do que isto no momento. Como eu disse antes, vamos ter que esperar por Maitreya para resolver a situação Palestina/Israelense. No presente, os Israelenses não têm intenção de uma solução que daria justiça aos Palestinos.

P. Muitos acreditam que um grande número de crianças em Fukushima, Japão, receberam doses internas de radiação que podem causar câncer. É este o caso?
R. Sim. O problema é que o governo Japonês, em aliança com a industria nuclear Japonesa, que vale bilhões, estão relutantes em admitirem qualquer coisa que ameace o fim da industria nuclear no Japão. Mas cedo ou tarde, a energia nuclear em todos os lugares terá que ser abandonada.

P. Talvez para nos ajudar a dar-nos uma idéia do padrão de seus desenvolvimentos espirituais, o seu Mestre poderia talvez nos dar os Pontos de Evolução (PdE) em seus nascimentos dos seguintes iniciados. [Nota do Editor: A número em parênteses mostra o PdE na morte tirado de Maitreya’s Mission, Volume Three.]
R. Krishnamurti quando nasceu 3.0 (quando morreu 4.0); Beethoven, 2.0 (3.1); Winston S. Churchill, 2.0 (3.0); (Mahatma) Mohandas K. Gandhi, 1.7 (2.0); Pablo Picasso, 1.5 (2.4); Helena Blavatsky, 3.2 (4.0); Helena Roerich 2.7 (4.0); Nicholas Roerich 1.6 (2.1); Alice A. Bailey 2.0 (3.2).

P. Eu compreendo que os Irmãos Espaciais não podem limpar toda a radiação nuclear e outros poluentes devido à Lei Cármica. (1) Eu posso perguntar que porcentagem de radiação nuclear (no solo, na atmosfera e na água) eles são capazes de neutralizar? (2) Posso perguntar que porcentagem de outros poluentes eles são carmicamente capazes de limpar?
R. (1) Cerca de 25 por cento. (2) Cerca de 40 por cento.


 

Cartas ao editor

Altamente recomendado

Caro editor,
A Share International e a Share Holanda estiveram estabelecidas na mesma propriedade em Amsterdã por cerca de 25 anos. Um pouco mais de um ano atrás, o proprietário (uma grande companhia) nos informou que queria que nós saíssemos; a reconstrução começaria dentro de alguns meses. Para cortar uma longa história, em pouco tempo nós começamos a procurar por um novo lugar apropriado desde então.

Em uma série de eventos muito rápidos, a nós foi dado inicialmente uma “dica” e “levados” ou ajudados e encontrar um lugar adequado. Tudo aconteceu muito rápido e facilmente; dentro de dias nós o vimos, telefonamos para marcarmos um encontro, vimos o lugar, e sentimos que era o lugar certo para nós. Ele é excelente e não podia ser melhor em se tratando de acessibilidade pelo transporte público, embora muito trabalho ainda precisa ser feito para terminá-lo e torná-lo apresentável.

Um dos nossos colaboradores disse em sua primeira visita: “Parece como se ele já tivesse sido abençoado!”. Logo após nós termos feito nosso primeiro contato com o agente estadual e o visto, nós quisemos mostrá-lo para outro membro do grupo. Enquanto nós estávamos esperando para entrar, apenas alguns metros de distância do “novo Centro de Informação”, um homem de cerca de 60 anos vestindo um capuz branco e carregando uma mala azul sobre o seu ombro, de repente veio em direção de nós. Ele veio muito perto e começou a participar de nossa conversa. Nós estávamos falando que era uma boa rua, com construções agradáveis e nos sentíamos bem nela; ele andou em nossa direção entrou na conversa para dizer que é de fato uma rua muito boa e uma vizinhança muito boa. Muito agradável. Ele disse que vivia não muito longe de lá—apenas virando a esquina, na verdade. = Esta foi toda a conversa, como nós a lembramos. Mas a breve conversa confirmou para nós que este de fato poderia ser um bom lugar para um novo Centro de Informações para o trabalho de Emergência.

O vizinho atencioso era um Mestre? Se sim, você pode dizer, por favor, quem ele era?
M.L., J.K., F.E., Holanda.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o homem vizinho era o Mestre Jesus. Benjamin Creme também confirma que seu Mestre ajudou o grupo a encontrar o novo Centro de Informações e acrescentou que o Mestre Jesus está ansioso para visitá-lo de tempos em tempos!))

 

Mestre artífice

Caro editor,
Eu estava andando em uma rua na região leste da cidade de São Paulo na noite de 7 de Agosto de 2011. Eu tinha jantado em um restaurante, e eu estava indo para o metrô para voltar para casa. No caminho, logo depois que eu saí do restaurante, eu vi um pequeno garoto (talvez 10 anos de idade) vendendo braceletes na rua. Ele me perguntou se eu queria comprar um para a minha namorada. Eu continuei andando, e ele me perguntou se eu queria comprá-lo para a minha mãe. Eu pensei que poderia ser um bom presente para dar para minha mãe. Ele me mostrou os braceletes. Ele disse (ele parecia um garoto bem alegre) que era ele mesmo que tinha feito os braceletes. Eu escolhi um que eu achei que era bom. Ele disse que levou para ele cerca de quatro horas para fazer aquele bracelete, que ele era muito bem feito, e que ele acha que apenas ele e três ou quatro outras pessoas no Brasil podiam fazer aquele bracelete da maneira que ele fazia (era de fato um bracelete muito bem feito). Eu o comprei dele. Ele me perguntou se eu queria uma sacola para colocá-lo. Eu disse “Não, obrigado”. Ele disse que ele podia conseguir uma com sua mãe, que também estava vendendo braceletes e que ela também tinha alguns braceletes para homens se eu quisesse dar uma olhada. Eu recusei a oferta, mas mesmo assim o agradeci, e continuei em meu caminho para a estação de metrô.

Para mim, foi um encontro muito estranho, porque depois, eu passei um bom tempo pensando sobre a situação de muitas pessoas pobres no Brasil e no mundo; as muitas crianças que vivem nas ruas, e sobre aquele pequeno garoto que estava ajudando sua mãe, e quão pequeno são os nossos problemas comparados com os problemas destas pessoas. Eu realmente pensei muito nisso, e principalmente no garoto: onde ele vivia, como era sua vida com sua mãe, e outras coisas.

O seu Mestre poderia dizer se o pequeno garoto era alguém especial, ou se ele era apenas um garoto normal que me fez pensar sobre muitas coisas?
T.S.A., São Paulo, Brasil.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o “garoto” era Maitreya.)

 

Visitantes distintos

Caro editor,
Durante o intervalo na Conferência de Emergência em Barcelona em 2011, eu estava me sentindo ruim e também preocupado quanto àquele dia especial. Eu disse olá para alguns amigos e sentei sozinho no final do salão de conferência.

Próximo de mim, três fileiras à frente, estavam sentados quatro homens maduros. Um deles me chamou e disse com um sotaque familiar: “Sente-se com nós.”

Eu me senti um pouco atônito, mas eu sentei próximo de um homem que talvez tivesse 60 ou 63 anos de idade, com cabelo claro e barba curta, vestindo roupas marrons. Na próxima fileira, estavam o resto. O homem imediatamente na minha frente era mais jovem, talvez com 45 anos de idade, muito alto e forte, com cabelo escuro longo em um rabo de cavalo e uma face pálida, ele parecia muito gentil; o outro homem tinha meia idade, próximo dos 60 anos; eles não falavam, mas ouviam com muito respeito.

O homem próximo de mim falou sobre a conferência; na sua opinião, ela era tão interessante e ele gostou tanto do trabalho especial que o Sr. Creme estava fazendo; todos os homens pensaram o mesmo. Eu respondi que nós estamos vivendo em grandes acontecimentos para toda a humanidade. Eles me ouviram com muito interesse. Havia lá de fato uma boa atmosfera.

Novamente, o homem próximo a mim disse que logo nós viveremos na 5ª dimensão e eu respondi para ele de maneira séria que os homens serão inspirados pelos Mestres, é lógico, mas nós, a humanidade, devemos trabalhar duro e com nossos próprios esforços para mudarmos este velho mundo por um novo. Como um resultado disso, o homem irá evoluir com muita rapidez. “É isto o que nós queremos ouvir”, ele disse.

Ele e o homem mais jovem disseram que logo eles voltarão. Eu disse adeus para eles e sentei em outro lugar. Pouco tempo depois, eu me senti tão bem e feliz.

Você poderia me dizer se eles eram Mestres?
E.C., Espanha.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que um dos homens era Maitreya, um era o Mestre Jesus e os outros dois homens eram discípulos do Mestre Jesus.)

 

Sábias palavras

Caro editor,
Na Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2011, em Paris, cerca de 7 da noite, eu estava esperando em uma passagem de pedestres para que o fluxo de carros parasse quando um velho homem usando um ushanka (palavra em russo para touca) falou comigo dizendo que não era bom ficar com a cabeça descoberta neste frio, especialmente com um cabelo curto como o meu. Eu concordei com esta afirmação sensata. Nós começamos a caminhar juntos e a conversar. Ele me perguntou o que eu estava fazendo. Eu disse que estava estudando ciências políticas e a conversa chegou até uma crítica da (então chamada) democracia.

Nós dois concordamos que real democracia não existe e que um papel muito grande é dado à polícia para controlar a vida social. Nós tivemos mais um debate sobre os meios de se colocar em prática uma boa democracia. Nós mencionamos a possibilidade de um governo de homens sábios, mas nós não conseguimos decidir qual seria a melhor maneira de selecioná-los. A conversa interessante continuou por cerca de quinze minutos. O velho homem disse que ele era um ex-professor de universidade, e ele me perguntou para onde eu estava indo. Eu disse que eu estava a caminho de uma conferência chamada “Buda e Sócrates, o caminho para felicidade”. Ele então sugeriu que não valia a pena ir à conferência, que seria melhor ler as palavras destes dois homens sábios. Ele acrescentou que era importante estar na companhia de pessoas sábias ao invés de ignorantes. Nós fomos embora e eu mesmo assim fui para a conferência, que provou que ele estava certo, já que eu saí dela um pouco desapontado.

Este encontro inesperado me impressionou pela relevância e a verdade das palavras do velho homem. Ele era um Mestre ou apenas um homem comum culto e pensativo?
A.G., Venansault, França.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o homem era Maitreya.)

 

Caro editor,
Eu estava andando com amigos ao longo da Cotswold Way na Sexta, 3 de Junho de 2011. Nós bebemos em um bar da cervejaria onde nós estávamos ficando. Quando nós saímos à cerca das 11 horas da noite, o céu esta claro e cheio de estrelas. Todos nós percebemos uma estrela brilhante que estava diferente do resto, abaixo no céu na direção sul-sudeste. Ela parecia estar brilhando em branco, vermelho e azul. Era esta a “estrela”?
P.Y., Reino Unido.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a estrela era de fato a “estrela” de Maitreya.)

 

Bem informado

Caro editor,
Em 27 de Maio de 2011, nós tivemos um stand de informações da Share International na feira Life-Joy em Munique. Às 4:20 da tarde, duas pessoas vieram até nós—um homem, de meia idade, pele escura, e uma mulher mais velha, pequena, vestindo um casaco laranja, um par de óculos, com o cabelo cinza e carregando bengalas.

Depois que ela olhou para um dos pôsteres de OVNIs, ela perguntou qual era a missão espiritual deles. Nós explicamos para ela que também existe uma conexão com a aparição de Maitreya.

Depois aquele homem perguntou se existia qualquer prova que Maitreya já estava aqui. Nós falamos para ele sobre a lista de aparições de Maitreya, os diferentes milagres e a foto de Nairóbi onde muitas pessoas viram Ele aparecer do nada e depois desaparecer. Durante esta conversa ele nos contou que ele é Hindu e que Buda foi a 9ª encarnação de do Deus hindu Vishnu, e Maitreya era a 10ª. Nós até conversamos sobre uma foto que mostra o cavaleiro sobre o cavalo branco na Praça Tahir no Cairo, o Avatar Kalki, que vem para toda a humanidade, independente da religião ou origem. Ele estava bem informado sobre tudo e disse que ele estava muito feliz sobre a vinda do Avatar Kalki. Então nós demos as mãos e eles continuaram em seu caminho.

Nós percebemos que aquelas pessoas eram bem amigáveis, interessadas e de mente aberta e tinham olhos brilhantes extraordinariamente intensos. Você poderia nos dizer quem eram aquelas pessoas?
A.B., Nürnberg, Alemanha.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o homem era Maitreya e a “mulher” era o Mestre Jesus.)

 

Guia para a vida

Caro editor,
Em 11 de Setembro 2011, eu estava fazendo compras em uma farmácia, e eu encontrei uma dama animada. Ela estava no canto de um corredor, segurando em uma prateleira com uma mão e se apoiando usando uma bengala de metal com a outra. Sua perna estava retorcida, com uma bota levantada, fazendo com que andar fosse muito difícil. Eu a ajudei a encontrar o que ela queria. Ela tinha cerca de 5 pés de altura, talvez mais de 60 anos e estava muito bem apresentada. Com cabelo colorido e uma maquiagem perfeita, pronta para encontrar o mundo. Ela tinha grandes olhos verdes lindos.

Conforme nós andamos lentamente até a parada de ônibus, ela disse que trabalhava e escreveu para um grupo de teatro e se eu estaria interessado em algo assim. Ela disse que tinha escrito uma peça chamada “O Final”.

De uma maneira leve, ela me disse que seu nome, Tannenbaum, significa “Árvore de Natal”. Ela também disse: “Todo dia eu tento fazer alguém feliz.”

Ela então começou a falar sobre seu acidente. Um caminhão passou sobre ela quando ela estava andando. Ela precisou de muitas operações para reconstruir a perna e quatro anos para aprender a andar novamente. Com um sorriso amável, ela disse: “Mas eu estou grata—Eu ainda estou aqui.”

Ela exalava amor e coragem e colocava as dificuldades da vida em perspectiva.

É possível que esta dama charmosa fosse alguém especial?
C.C., Londres, Reino Unido.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a “dama charmosa” era o Mestre Jesus.)


 

Sinais dos Tempos

A “estrela” de Maitreya é vista através de quatro estados dos EUA

Um brilhante “objeto misterioso” visto na Califórnia, Colorado, Nevada e Arizona na noite de 14 de Setembro de 2011 foi amplamente relatado por redes americanas de televisão locais.

A KCAL9 da Califórnia relatou que seu estúdio foi inundado por e-mails de pessoas que assistiram um misterioso objeto cruzando o céu da noite. A brilhante luz acendeu o céu do sul da Califórnia, e foi vista por pessoas por uma gigantesca área, de San Diego na costa, através das montanhas, o deserto, e até no interior como em Las Vegas e Phoenix. A estação mostrou um vídeo do objeto passando sobre Glendora, Califórnia. De acordo com o apresentador Dave Byran, da News At Ten, as pessoas a descreveram como uma luz brilhante, ou como uma estrela cadente, ou como um cometa vermelho com luz verde ao redor dele. Um residente em San Clemente, Califórnia—que foi capaz de filmar o objeto em Alta Definição—descreveu o objeto como “um cometa vermelho com um brilho verde ao redor dele.”

Kim Curto estava filmando no jogo de futebol do seu irmão em Phoenix, Arizona, quando ela viu “uma grande luz como circular se movendo através do céu” e conseguiu capturá-la em vídeo.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o objeto era a “estrela” de Maitreya.)

 

A “estrela” de Maitreya como foi vista através da Califórnia, Colorado, Nevada e Arizona na noite de 14 de Setembro de 2011

A “estrela” de Maitreya como foi vista através da Califórnia, Colorado, Nevada e Arizona na noite de 14 de Setembro de 2011

 

 

A estação Californiana KCAL9 mostrou um vídeo da “estrela” de Maitreya sobre Phoenix, Arizona.

A estação Californiana KCAL9 mostrou um vídeo da “estrela” de Maitreya sobre Phoenix, Arizona.

 

 

A “estrela” de Maitreya sobre Portugal

A “estrela” de Maitreya sobre Portugal
Um ÓVNI laranja brilhante, em forma de diamante foi filmado sobre Santarém, Portugal, no começo de Agosto de 2011. O espectador disse: “Eu estava caminhando com minha namorada e vi um brilhante objeto no céu...O objeto estava indo cada mais para cima e não era uma estrela. Eu não sei o que isto é... Não era Júpiter. Júpiter estava em outra direção e isto era muito mais brilhante do que uma estrela ou um planeta e estava se movendo para cima e então ele desapareceu e nós nunca mais o vimos.” (Fonte: YouTube: UFOseekerFI)

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o objeto brilhante era a “estrela” de Maitreya.)

 

Colorado, EUA—Um vídeo feito em Wheat Ridge, Colorado, em 2 de Outubro de 2011 mostra mais de um dúzia de luzes brilhantes movendo-se através do céu da noite. Um comentário no vídeo, postado no YouTube, eliminou a idéia de que as luzes pudessem ser lanternas chinesas. “Não são lanternas. Quantos triângulos você consegue contar neste vídeo? Poucos. Além do mais, se você perceber, os triângulos nunca se separam e continuam no mesmo padrão de vôo.”

Colorado, EUA—Um vídeo feito em Wheat Ridge, Colorado, em 2 de Outubro de 2011 mostra mais de um dúzia de luzes brilhantes movendo-se através do céu da noite. Um comentário no vídeo, postado no YouTube, eliminou a idéia de que as luzes pudessem ser lanternas chinesas. “Não são lanternas. Quantos triângulos você consegue contar neste vídeo? Poucos. Além do mais, se você perceber, os triângulos nunca se separam e continuam no mesmo padrão de vôo.”
(Fonte: examiner.com, YouTube: rcklaatu)

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que as luzes brancas eram espaçonaves do planeta Marte.)

 

Foto de Yoj Chase e postada no site do Facebook em 5 de Outubro de 2011, mostra uma gigantesca formação sobre o Monte Shasta, EUA.

Foto de Yoj Chase e postada no site do Facebook em 5 de Outubro de 2011, mostra uma gigantesca formação sobre o Monte Shasta, EUA.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que isto era uma espaçonave do planeta Júpiter.)

 

Foto do Monte Klyuchevskaya Sopka, Rússia, foi tirada por Ivan Dementievskiy, de 35 anos, que estava fazendo um tour na área. Ele disse: “Eu não conseguia acreditar em meus olhos quando eu vi esta nuvem—ela era tão especial e as pessoas que vivem próximo de lá dizem que elas nunca a viram antes. O céu de repente pareceu se abrir, e esta forma de ÓVNI apareceu. Eu tenho sido um fotografo por mais de dez anos e foi uma das poucas vezes que eu fiquei completamente maravilhado. Foi um daqueles momentos que eu nunca irei esquecer.” (Fonte: metro.co.uk)

Foto do Monte Klyuchevskaya Sopka, Rússia, foi tirada por Ivan Dementievskiy, de 35 anos, que estava fazendo um tour na área. Ele disse: “Eu não conseguia acreditar em meus olhos quando eu vi esta nuvem—ela era tão especial e as pessoas que vivem próximo de lá dizem que elas nunca a viram antes. O céu de repente pareceu se abrir, e esta forma de ÓVNI apareceu. Eu tenho sido um fotografo por mais de dez anos e foi uma das poucas vezes que eu fiquei completamente maravilhado. Foi um daqueles momentos que eu nunca irei esquecer.” (Fonte: metro.co.uk)

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que era uma espaçonave do planeta Venus.)

 

Estruturas de linhas Nazca encontradas no Oriente Médio.Estruturas de linhas Nazca encontradas no Oriente Médio.
Estruturas gigantes de pedra em forma de círculos, apenas visíveis do ar, foram encontradas ao redor do Oriente Médio, da Síria até a Arábia Saudita. Pesquisadores estão agora descobrindo mais sobre as estruturas do que nunca antes, através do uso de tecnologias de mapeamento por satélite e fotos aéreas. --- Semelhante às Linhas Nazca—antigos desenhos vistos nos desertos do sul do Peru—as estruturas do Oriente Médio, em número de milhares, são creditadas como tendo pelo menos 2000 anos. Elas são freqüentemente encontradas em campos de lava e variam no tamanho de 25-70 metros.

Nova pesquisa sobre as estruturas feita por David Kennedy, um professor de história antiga e clássica na Universidade de Western Austrália, será publicada no Journal of Archaeological Science.

Como um aluno, Kennedy leu relatos de pilotos da Força Aérea Real voando sobre estruturas nos anos 1920s em rotas para correio aéreo através do Jordão. Em 1927, um piloto publicou um relato das ruínas no jornal Antiquity. Ele relatou ter visto elas sobre a lava e disse que elas, junto com outras estruturas de pedra, são conhecidas pelos beduínos como os “trabalhos dos velhos homens”.

O desenho das estruturas variam. Algumas são retangulares; outras são circulares, mas contém dois raios formando uma barra que freqüentemente estão alinhadas com o sol nascente e poente. Outras possuem numerosos raios que não parecem estarem alinhados com qualquer fenômeno astronômico. “Olhando um grande número destes, por muitos anos, eu não encontrei nenhum padrão pela maneira na qual estes raios foram colocados”, disse Kennedy. Ele e seus colegas não têm certeza para o que as estruturas podem ter sido utilizadas ou que significado elas tinham.
(Fonte: livescience.com)

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que estas formas são antigos registros ou desenhos das espaçonaves há 2000 anos atrás.)

 

Astrônomo subscreve livro sobre ÓVNI
Derrick Pitts, um respeitado astrônomo dos EUA, subscreveu o livro UFOs: Generalis, Pilots, and Government Officials Go On the Record pelo jornalista Leslie Kean. O livro foi publicado em Agosto de 2010 e se torno um campeão de vendas do New York Times.

Ele não está preocupado sobre a possibilidade de ser ridicularizado na comunidade cientifica por causa de sua nova posição sobre ÓVNIs. “Eu realmente não me importo”, ele disse. “Por que isto não é ciência real. O ponto de vista cientifico é o de admitir quando nós não sabemos alguma coisa e procurar por respostas.”
(Fonte: openminds.tv; www.philymag.com)

 

Milagre de Swami Premananda

Milagre de Swami Premananda
Um foto do Avatar espiritual Swami Premananda, que morreu em 21 de Fevereiro de 2011, repousa na Sua poltrona. Em 17 de Julho de 2011, ás 3 da tarde, um milagroso revestimento de vibhuti ou cinzas sagradas foi descoberto por toda a foto e em pilhas na poltrona. Este último milagre confirma que a vida e a consciência transcendem a morte do corpo físico, e que o trabalho de Swami Premananda continua.
(Fonte: Ashram de Swami Premananda)

 


 

Dos nossos correspondentes

-um extrato

Refeições quentes servidas com compaixão

Uma entrevista com Narayanan Krishnan
por Jason Francis

Akshaya Trust é um grupo de dedicados voluntários que levam comida e compaixão para os pobres e sem teto de Madurai, em Tâmil Nadu, Índia. O fundador da Akshaya Trust é Narayanan Krishnan—um graduado em universidade com diploma em gerência de hotel. Krishnan estava a beira de uma carreira de negócios de sucesso quando uma experiência lhe solicitou a dedicar sua vida a alimentar e restaurar a dignidade dos pobres em Madurai. Ele foi um dos 10 finalistas em um grupo de 10.000 nominados para o prêmio Herói do Ano de 2010 dado pela rede internacional de notícias CNN. Jason Francis entrevistou Narayanan Krishnan para a Share International.

Share International: Que experiência você teve que alterou o curso da sua vida de perseguir uma carreira de negócios de sucesso a servir às necessidades dos pobres?
Narayanan Krishnan: Em Junho de 2002, enquanto eu estava viajando em uma movimentada estrada em Madurai, eu vi um homem idoso comendo os seus próprios dejetos. Completamente chocado e abstraído dos meus arredores, eu saí do meu veículo e fui em direção do velho homem. Eu percebi que ele tinha sido afetado por uma fome aguda e não estava em um estado mental adequado. Imediatamente, eu comprei alguns idilis [bolos picantes] e os dei para ele. Conforme o velho homem comeu a comida em uma velocidade que eu nunca tinha visto antes, ele segurou minhas mãos, dando-me uma sensação bem real de uma poderosa energia. A felicidade interna e realização que eu senti, que eu nunca tinha experienciado antes, mudaram a minha vida para sempre. A experiência profundamente gravada, única, ainda carrega uma poderosa força em mim até agora.

SI: Por que você escolheu a palavra Akshaya?
NK: Akshaya em Sânscrito significa sempiterna, imperecível. O nome foi escolhido para enfatizar que a compaixão humana não deve nunca declinar ou perecer, e um espírito de ajuda deve prevalecer para sempre.

SI: Quando você começou a dar comidas para os famintos?
NK: Eu comecei o programa de alimentação em Junho de 2002. Por vários meses, ele continuou sem nenhum apoio ou reconhecimento. Quando o público se tornou consciente do que eu estava fazendo, a ajuda gradualmente começou a chegar. A ajuda cresceu de boca em boca. Eu senti que com o publico apoiando a causa, o trabalho seria formalizado. Então a Akshaya’s Helping in H.E.L.P Trust foi formada em Junho de 2003 em Madurai.

Com o reconhecimento da CNN em 2010, apoio dos EUA começou a vir de uma maneira bem grande. Para encorajar esta ajuda e para garantir uma isenção de impostos em beneficio dos doadores, a Akshaya USA foi registrada. O status de isenção de imposto foi obtido em Outubro de 2010. Akshaya USA co-ordena nossas atividades nos EUA, mantém contato com colaboradores e ajuda a organizar eventos para levantar fundos.

SI: Quem são as pessoas servidas pela Akshaya Trust?
NK: Nós cuidamos de pessoas pobres na beira de estrada abandonadas pelas suas famílias. Elas estão doentes e sem cuidados, não estão mentalmente alertas, muito velhas e enfermas para cuidarem delas mesmas. A maioria tem mais de 50 anos de idade. Alguns têm mais de 75. O grupo consiste tanto de homens e mulheres de diferentes partes da Índia.

SI: Onde a Akshaya Trust obtém a comida que eles distribuem?
NK: Inicialmente, a comida foi trazida de lojas de beira de estrada e distribuída. De Janeiro de 2003 (por motivos de economia e higiene) eu comecei a comprar a comida fresca todos os dias, fazendo a própria comida na minha casa, e distribuindo-a de nossa van na manhã, meio-dia e noite. Em Agosto de 2011, cerca de 1.8 milhões de comidas tinham sido servidas.

SI: Quantas pessoas estão desabrigadas e famintas em Madurai?
NK: Em Madurai nós alimentamos cerca de 450 pessoas três vezes por semana. Quando nós começamos em 2002, eram cerca de 30 pessoas. Gradualmente, nós localizamos mais pessoas desamparadas e baseado na disponibilidade de fundos, nós fomos capazes de apoiar um grupo maior.

Atualmente, nosso foco é nas principais estradas e algumas estradas adjacentes. Nós não cobrimos todas as estradas devido a vários desafios. Como uma estimativa bruta, cerca de 700 a 800 pessoas podem estar vivendo nas estadas de Madurai. Os números variam. Novas pessoas chegam, antigas pessoas vão embora, algumas pessoas morrem.

SI: Por que as pessoas em Madurai se tornam sem-teto?
NK: Madurai é um ativo centro de peregrinação. Famílias com o fardo de membros que elas não podem carregar, os levam para as estradas e os deixam lá. Eles normalmente ficam onde são deixados, mas algumas vezes, eles se deslocam para áreas próximas. Também, pessoas que não estão em um estado mental adequado apenas vagueiam para longe de casa. Elas continuam se movendo sem qualquer propósito ou sem saberem onde estão indo. Em alguns casos, pessoas mais velhas são forçadas para fora de sua casa devido à problemas pessoais ou desentendimentos com a família. E, em caso de alguns hospitais, pacientes sem um atendimento ou aqueles além de recuperação e que não possuem nenhum apoio monetário são deixadas na estrada.

SI: Você possui apoio de voluntários e da comunidade?
NK: Existe um bom apoio de voluntários e da comunidade. Nos primeiros poucos meses não houve apoio. Na verdade houve uma dura oposição de amigos próximos e de alguns parentes. Minhas ações foram consideradas anormais. No entanto, gradualmente as coisas mudaram. Em direção ao fim de 2004, a mídia começou a notar o meu trabalho. Este apoio cresceu com os anos. Em 2008, reconhecimento a nível nacional veio com o Prêmio de Confiança CNN-IBN Verdadeiros Heróis. Reconhecimento global veio em 2010 com o Prêmio Top 10 Heróis da CNN.

Casa Akshaya
SI: Você pode nos falar sobre a Casa Akshaya?
NK: A Casa Akshaya é um elemento chave em nossos objetivos de longo prazo. Além de abrigo básico, nós queremos prover um ambiente mais seguro para reabilitação. Segurança é uma preocupação importante, principalmente para as mulheres desafiadas e vulneráveis mentalmente cuja vida poderia ser colocada facilmente em perigo por nefastos elementos da sociedade. A Casa Akshaya será um lugar de paz para os velhos abandonados em seus últimos dias.

A Casa Akshaya está agora se tornando uma realidade, embora o começo foi lento e difícil. Quando completa, nós teremos 24.500 metros quadrados de espaço de alojamento, incluindo cuidados de saúde e instalações de apoio para 100 homens e 100 mulheres.

Grandes e contínuos desafios de fundos incluem prover equipamentos gerais e médicos, assim como membros, operando e mantendo a casa. Tais fundos irão necessitar de compromissos de longo prazo e garantias de forma que a Casa Akshaya será um ponto de referência duradouro para aqueles em necessidades.

SI: Como a Casa Akshaya irá não apenas prover um lugar para os pobres em Madurai para viverem e refeições regulares para comerem, mas também ajudar a restaurar a dignidade, um senso de pertencimento e sentido para as vidas das pessoas?
NK: Sobre extremas circunstâncias, seres humanos perdem a sua auto-estima e sentem que são sub-humanos. Com nutrição básica—comida para o corpo físico e amor para a alma—em grande extensão, as pessoas tendem à normalidade. Para pessoas sem-teto, com a segurança garantida em um lugar seguro para ficarem e comida nutritiva, nós esperamos melhorar a auto-confiança levando para uma vida com mais sentido.

SI: O que precisa mudar na sociedade para injustiças como a pobreza ser eliminada de uma vez por todas?
NK: Uma mudança positiva pode ser feita apenas quando a maioria da população compreender a necessidades de ser bondosa para os seres humanos a logo prazo. As pessoas precisam compreender que elas precisam devolver aquilo que elas conseguem da sociedade. Quando nós somos bondosos e apoiadores da sociedade, nós recebemos o mesmo tratamento. As pessoas precisam compreender corretamente esta conexão.


 

Futuras maneiras de se viver—uma compilação

Nós apresentamos uma seleção de citações sobre o tema dos “Futuros modos de se viver” de Maitreya (Messages from Maitreya the Christ), o Mestre de Benjamin creme (A Máster Speaks), e os escritos de Benjamin Creme.

Uma possibilidade inteiramente nova de relações sociais se abre para a humanidade. Conforme o homem se põe no limiar da experiência Aquariana, níveis completamente novos de consciência irão se manifestar neste tempo vindouro. Isto irá levar a criação de novas formas de pensamento nas quais o homem poderá expressar seu crescente senso de inter-relação com todas as coisas.

Primeiramente, estas novas estruturas serão lentas a se formarem, conforme o homem cuidadosamente encontra seu caminho para fora do presente pântano; mas, gradualmente, um ímpeto fresco por mudança será dado pelos Mestres formando o primeiro grupo da Hierarquia se exteriorizando. Novas idéias irão varrer o mundo, relacionado o homem com cada um de uma nova maneira, e uma nova abordagem para com vida social irá começar...

Para começar, à ajuda massiva para as áreas mais pobres do mundo deve ser dada a mais alta das prioridades para aliviar o sofrimento de muitos milhões. A redistribuição dos recursos do mundo de acordo com as necessidades deve então prosseguir até que um equilíbrio mais igualitário seja alcançado. Isto levará dois ou três anos para ser implementado. Ao mesmo tempo, um programa de longo-alcance de educação deve se inaugurado para lidar com os crescentes problemas de desemprego e as sempre crescentes demandas para um correto e mais criativo uso do lazer. Uma gradual reestruturação da sociedade irá ocorrer com o mínimo de clivagem; as esperanças do homem por uma sociedade baseada na partilha e no amor irá gradualmente ser cumprida, e a nova era irá garantir a cada um seu lugar de direito. (O Mestre de Benjamin Creme, de “Uma nova abordagem para a vida social”)

O retorno do Cristo e a Hierarquia irão mostrar ao homem que existe um caminho para fora de seus problemas, e que quando nós tomarmos os primeiros passos e mudarmos a direção de nossa vida política, social e econômica, nós teremos a possibilidade de construir uma civilização maior e mais espiritual que o mundo já conheceu.

Para os pobres, as massas famintas e exploradas do mundo, o retorno do Cristo e da Hierarquia serão o começo de uma nova vida. Pela primeira vez na história registrada, a produção do mundo será partilhada entre todos os homens. Para as nações avançadas, desenvolvidas do Ocidente, aquele um terço do mundo que hoje pega, explora e gasta a maior parte da comida, matéria primas e energia do mundo, uma nova experiência—a “experiência selvagem”—ser tornará necessária. Nós teremos que aprender a viver mais simplesmente. Mas os Mestres irão mostrar que é possível viver uma vida mais simples, uma vida mais feliz, quando os recursos desta vida são partilhados com todos os homens em todos os lugares. (Benjamin Creme, Reappearance of the Christ and the Masters of Wisdom)

Tudo o que Eu digo esta noite pertence à criação de uma nova estrutura de vida para a humanidade. Uma nova civilização deve ser construída sobre as ruínas do antigo. Aquilo que é precioso e digno de se preservar será então preservado, mas tudo o que impede a manifestação da verdadeira grandeza do homem deve ser descartado. O tempo está chegando, Meus Amigos, quando vocês verão ao redor de vocês cidades de beleza, brilhantes criações de Amor, e todas as manifestações dos sonhos do homem de si mesmo como Deus. Assim será. (Maitreya, da Mensagem Nº58)

Que o homem escolherá pela vida e futuro progresso é a Nossa mais séria esperança e expectativa. Que eles irão despertar para a loucura de seus presentes modos de vida é o Nosso desejo de coração. Nossa tarefa é a de apenas aconselhar e guiar; sobre a humanidade apenas cai a escolha da direção.

Muitos podem imaginar que esta escolha será uma fácil de fazer, mas pode bem ser de outra maneira: o homem teme a mudança acima de tudo e sofre de dor desnecessária em sua revogação. Mesmo assim, as dificuldades do tempo irão focar suas atenções sobre as novas prioridades e galvanizar à ação uma miríade de corações. Logo, a massa esmagadora dos homens irá reconhecer a necessidade de drástica transformação e um fim para as instituições fora de moda de hoje.

Os homens irão começar a respirar mais livremente, alegria e esperança irão estimulá-los em um experimento com novas formas e estruturas, e do presente caos irá se erguer uma nova harmonia. (Mestre de Benjamin Creme, de “A Humanidade deve escolher”)

Conselho e orientação serão do homem para chamar, mas o homem deve estar preparado para mudar os presentes modos de vida para assegurar o futuro do planeta e o futuro de seus filhos. Os recursos da Terra são finitos, mas com boa economia e partilha, adequados para as necessidades de todos.

Os homens devem, portanto, redefinirem estas necessidades, e entrarem em uma nova e verdadeira compreensão do sentido e propósito de suas vidas. Isto ocorrerá quando uma medida, apenas, de partilha tiver substituído a presente destrutiva competição, e levado o homem para longe da beira do precipício. (Mestre de Benjamin Creme, de “A escolha é do homem”)

A cada nação será pedido para fazer um inventário de tudo o que ela possui e tudo o que ela precisa, e isto será dado às Nações Unidas. Todos os bens e produções terão que ser dados. Eu digo “terão que”; depende de nós aceitar isso. Nada será forçado sobre nós. Mas o conselho da Hierarquia e do Cristo serão o de fazer isso—de dar, em confiança a todos os homens, a produção do mundo—a ser dado pelas agências das Nações Unidas em confiança para todos, de maneira que nenhum país tenha posse de qualquer coisa. Então isto será redistribuído entre toda a humanidade de acordo com a necessidade. Isto irá significar para o um terço desenvolvido do mundo uma nova abordagem inteiramente nova e vida mais simples que será vista como bem mais alegre, pois não há nada mais fácil de se suportar do que algo que é partilhado. (Benjamin Creme, Reappearance of the Christ and the Masters of Wisdom)

Quase que imperceptível, pelos últimos anos, grandes mudanças estiveram ocorrendo no mundo que anunciam um novo amanhecer, uma gradual transformação da sociedade e suas estruturas em uma escala antes desconhecida. Logo, as primeiras delimitações das novas estruturas serão vistas. Antes de muito tempo, será colocado em lugar um terreno-plano inicial sobre o qual a nova civilização será construída.

Tudo isto depende da aceitação pela humanidade dos princípios da partilha e da justiça, fraternidade e amor. Sem tal aceitação, nada pode salvar este mundo. Por esta razão, Maitreya nomeou estes princípios como as fundações de todo o progresso para o homem. Quando você O ver, Ele irá chamar pela implementação destes conceitos básicos e divinos de forma que o homem possa viver em harmonia e justiça pela primeira vez. Logo, o homem verá que não há nenhuma alternativa para a partilha, que tudo o mais falhou, e que com voz unida irá chamar pela reestruturação do mundo em linhas mais justas. (O Mestre de Benjamin Creme, de “A nova era nasce”)

Eu estou levando você para um Novo País. Aproxime suas fileiras ao redor de Mim e permita-Me mostrar-lhe as glórias que o aguardam. O quadro deste futuro está agora construído. O modelo do futuro se torna mais claro. Deixe-Me levá-lo Comigo em direção à este futuro e banhar em radiante Luz esta estrutura. Minhas benções vão para todos vocês. (Maitreya, da Mensagem Nº 48)

Nós todos estamos procurando equilíbrio. Nós estamos procurando unidade, equilíbrio, no entanto, nós limitamos isso. É isto o que nos possibilita sermos criativos e felizes. Isto permite a roda girar novamente e novamente, e criar de si mesma, novamente de si mesma, aquilo que é criado. Desta maneira a civilização do futuro irá demonstrar qualidade as quais nós não podemos nem começar a conversar sobre elas. Nós não temos as palavras para o que nós iremos ver e conhecer. Nós não temos as palavras para a qualidade desta civilização. Nem para o sentimento, a experiência, deste relacionamento quando todas as pessoas verem e experienciarem a si mesmas como irmãos e irmãs de uma casa, um planeta. Isto irá levar as pessoas de volta para a experiência da infância. A casa era a casa. Seus irmãos e irmãs eram o pessoal que o mantinham no caminho certo. Assim será.

Nós verdadeiramente dependemos um dos outros. Um mundo interdependente será uma realidade. É hoje uma realidade, mas nós não reconhecemos o fato. Neste tempo vindouro, as construções, as invenções, as extraordinárias descobertas latentes ainda além de nós no presente momento irão se tornar realidades. Nós iremos liberá-las através de correto relacionamento, lazer, educação, reconhecimento no mundo pela primeira vez que nós somos almas em encarnação em uma jornada de exploração juntas, criando os artefatos desta civilização e demonstrando que nós somos Deuses. (Benjamin Creme, The Art of Living)

Nós teremos que aprender a viver de maneira muito mais simples, não orientados para esta grande civilização mecânica que nós construímos ao redor de nós mesmos, principalmente no Ocidente industrializado. O Cristo e os Mestres irão mostrar que nós podemos viver perfeitamente felizes, até mais felizes, de uma maneira muito mais simples, com menos coisas. Mas estas coisas serão lindas. Elas serão feitas porque são necessárias, e elas serão feitas com a criatividade do homem por detrás delas, sejam elas feitas pelo homem ou pela máquina. Uma nova atitude completamente nova irá tomar lugar em relação ao trabalho. Através do poder do som, o homem irá construir e criar os artefatos de sua civilização e controlar o seu ambiente, relacionando-o às suas reais necessidades. (Benjamin Creme, The Reappearance of the Christ and the Masters of Wisdom)

Agora, existe um crescente sentimento de que tudo não está bem no estado do homem. Mais e mais, os homens estão se tornando conscientes das limitações de suas vidas e procuram por algo melhor. Eles questionam os modos de vida e estruturas que inibem a participação na plenitude da vida e desejam por sentido e propósito em tudo o que eles fazem.

Em pouco tempo, novas energias irão entrar em nossas vidas e inspirar o homem em direção à ação criativa. Um novo e harmonioso estímulo será dado à arte e à arte de viver. Uma beleza não vista antes irá transformar as maneiras do homem e iluminar por todo o tempo a natureza de Deus. O homem está agora pronto para a Revelação. Seu coração e mente preparados e voltados para o futuro, ele aguarda a glória que, por prontidão, ele invocou. (Mestre de Benjamin Creme, de “A arte de viver”)

mensagem anterior mensagem seguinte


HomeCopa

  | INÍCIO |