MAIN
Home
BACKGROUND
Teachings
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ

 

FAQ
FAQ
MAIS RECURSOS
Magazine
 
 

 
 
 Início >> do Mestre>>Abril 2012

Share International HomeShare International HomeBackground information

mensagem anterior mensagem seguinte

Pedido de apoio!

Veio ao nosso conhecimento que mais e mais pessoas estão recebendo nossa informação apenas pelo website, desta maneira, renunciando ao pequeno custo de assinar a revista Share International.

Nem todos podem, ou usam a internet, e é essencial ter uma expressão física externa, que pode apresentar com fotos, os eventos dos quais falamos. Isto significa que é necessário que haja uma revista, que,é lógico, requer uma grande quantidade de trabalho de voluntários, e muito dinheiro para ser produzida. Talvez exista a idéia de que a Hierarquia distribua dinheiro para este trabalho, mas este não é o caso. Assinaturas para a Share International são uma parte essencial para manter o nosso trabalho e alcançarmos o público. O custo da assinatura é mantido o mais baixo possível, a revista não é patrocinada por propagandas e custo postais e de impressão estão aumentando a todo o momento.

Certamente nós todos concordamos que todos aqueles que seriamente acreditam neste trabalham gostariam de ajudar a revista, sejam eles leitores ou não das informações pela internet.

Obrigado pelo seu apoio.


 

Jovens no leme

pelo Mestre—através de Benjamin Creme, 1 Março 2012

Este ano, 2012, é um de grande importância. É essencial que o ímpeto da Primavera Árabe, e suas repercussões através do mundo, não sejam perdidas. A Voz das Pessoas, tão vigorosa e confiante agora, deve continuar a ressoar através de todo o mundo, afirmando Partilha e Justiça como a única maneira de produzir confiança e um mundo mais seguro para todos. O remédio para os males do homem é tão simples, tão fácil de ser alcançado, ainda assim tão difícil para muitos perceberem. O homem deve perceber que todo outro método foi tentado e falhou, terminando inevitavelmente em guerra.

Hoje, que todos estejam assegurados, outra grande guerra seria nuclear, e iria destruir, completamente, toda a vida na Terra. Hoje, também, existem forças que já estão planejando como melhor sobreviver a tal aniquilação, todas em vão. O que pode, e deve, a humanidade fazer?

Falando no geral, os governo hoje são organizações de homens velhos que não sabem nenhuma outra forma de trabalhar e governar do que as maneiras de sua juventude, os métodos do passado. Eles tem pouca percepção do por que seus métodos não funcionam mais. Eles não sabem nada das novas energias e impulsos que inundam o mundo hoje, e estão perplexos e traídos por suas inabilidades em controlar eventos.

A voz dos jovens

Em grande extensão, a Voz das Pessoas é a voz dos jovens. Governos, e a mídia sobre seus controles, grandemente ignoram ou difamam as vozes e aspirações dos jovens; mesmo assim, é o jovem que possui as respostas, que compreende que a humanidade é Una, e chama por igualdade, justiça e partilha, e um fim para a guerra. A voz de tais jovens não pode ser silenciada para sempre, e não será por muito tempo ignoradas. A Voz das Pessoas, jovens e velhos, irão afogar os choramingos dos homens de dinheiro e levar a humanidade para o Novo Amanhecer. Assim será.


 

Perguntas e Respostas
- uma seleção da revista deste mês

P. Quantas entrevistas de televisão Maitreya deu agora?

R. 59 (até 10 de Março de 2012).

P. (1) As entrevistas recentes ainda são no Brasil? (2) As entrevistas com Maitreya no Brasil todas ocorrem em português?

R. (1) Sim. (2) Sim.

P. Ele já apareceu na televisão Japonesa?

R. Não.

P. As incomuns erupções solares ocorrendo agora devem certamente estar tendo algum tipo de efeito energético no mundo? Ou o impacto é apenas físico, como dramáticas mudanças no padrões climáticos?

R. Os efeitos são tanto nos planos físico e mental.

P. Os planetas Venus e Jupiter estão proximamente alinhados no presente. (1) Esta conjunção possui um influência em nosso planeta? (2) Que tipo de influência ela é? Ela é positiva?

R. (1) Sim. (2) Sim, muito.

P. Que tipo de comportamento é destrutivo dentro do grupo?

R. Qualquer tipo de comportamento que interfere com a harmonia em trabalho do grupo.

P. Anos atrás, pode ter sido verdade que o Irã não estivesse desenvolvendo armas nucleares; é o caso que após anos tendo sido atormentado e ameaçado por países vizinhos, que ele finalmente sentiu a necessidade de ir em frente e desenvolver um arsenal nuclear?

R. Sim, com a constante pressão e embargos comerciais por parte dos Estados Unidos e acima de tudo,o fato de que Israel possui a bomba nuclear e ameaçou utilizar todas as suas capacidades, o Irã sente agora que ele possui pouca escolha além de, mesmo que de maneira relutante, ter a capacidade nuclear de auto-defesa.

P. Que países no mundo formam a maior ameaça à paz mundial-- nos olhos dos Mestres?

R. (1) Israel. (2) Irã. (3) Estados Unidos.

P. O Mestre Djwhal Khul aconselha os aspirantes a aprenderem a "sentar levemente na sela"; você poderia elaborar este conselho? Por que ele é tão importante?

R. O termo Inglês, "sentar levemente na sela", significa estar mais relaxado. Muitos aspirantes são demasiadamente intensos e levam cada aspecto da vida, de fato, de uma maneira muito, muito séria e pensam que todos os outros deveriam fazer o mesmo e se magoam muito se os outros não estão agindo como ele. Se eles relaxassem um pouco e "sentassem mais levemente sobre a sela" eles iriam se tornar mais úteis rapidamente , discípulos práticos.

P. Existe uma maneira de desenvolver a intuição-- como os "siddhis"ajudam a desenvolver certas habilidades psíquicas ou espirituais?

R. A intuição é uma qualidade da alma. A alma sabe porque ela sabe, ela não precisa pensar por qualquer método racional, como o faz a mente interior. Quando uma pessoa, através da meditação, chegou a um ponto de infusão próxima com a alma, a intuição naturalmente se desenvolve ao mesmo tempo.

P. Existe um perigo de uma guerra nuclear no momento?

R. Enquanto armas nucleares existirem e enquanto governos competirem e tomarem posições beligerantes contra outros, a possibilidade de guerra nuclear está sempre lá. Mas eu acho que existe um perigo de uma guerra nuclear no presente? Eu diria não.

P. Um número de "especialistas" de vídeos, junto com o maior grupo de investigação de OVNIs nos EUA, declararam que os vídeos da aparição da "estrela" de Maitreya sobre Jerusalém em Janeiro de 2011 são falsos, sem se importarem em localizar ou entrevistarem outras testemunhas oculares. O seu Mestre poderia gentilmente nos dizer quantas pessoas realmente viram a "estrela" sobre o Monte do Templo naquela noite?

R. Vários milhares.

P. Você disse que as quatro "estrelas" OVNIs são do tamanho de cinco campos de futebol, mas a foto da "estrela" sobre o Monte do Tempo publicada na Share International mostra-a aparecendo significantemente menor. Os Irmãos Espaciais manipulam o tamanho da "estrela" OVNI junto com sua forma e cores?

R. Sim.

P. O ex Presidente Tcheco Václav Havel, foi conhecido como um defensor da liberdade, direitos humanos, justiça, verdade e amor por todos. (1) Ele estava consciente da presença de Maitreya ? (2) Sua morte evocou o espírito de unidade e liberdade, sentido durante a revolução de veludo em 1989, e suas cerimônias de funeral levaram milhares às ruas e muitos mais assistiram ela na TV. Foi tudo muito tocante e mudou totalmente a atmosfera normalmente ocupada da temporada de compras do Natal. Este ímpeto e as energias evocadas levaram as pessoas a uma paralisação, as fizeram pensar em outros reinos, revisarem suas vidas e destinos de uma perspectiva mais alta. Houve algo de extraordinário nestes eventos?

R. (1) Sim. (2) Não.

P. Há mais de um ano e meio, não houve nenhum acompanhamento à história sobre a descoberta na Índia de uma caverna pré-histórica com pinturas representando ÓVNIs e seres em trajes espaciais, que seu Mestre confirmou ter milhares de anos de idade. À parte do usual fenômeno paranormal e sites de ÓVNIs, nenhuma grande agência de notícias falou sobre a história. (1) A história foi ignorada porque ela parecia muito estranha e implausível para os editores aceitarem ou (2) isto foi censurado por causa das implicações explosivas e ameaças quanto ao encobrimento sobre os ÓVNIs? (3) A pintura ou a caverna estão sobre quaisquer perigos de serem deliberadamente desfiguradas ou destruídas?

R. (1) Sim. (2) Não. (3) Ainda não.

P. O seu Mestre uma vez disse que cerca de um terço das pessoas que foram executadas no Sistema de Justiça dos Estados Unidos eram inocentes. Um homem chamado Troy Davis foi executado em 21 de Setembro 2011 pela estado da Geórgia por alegadamente ter assassinado um oficial de polícia em 1989. Antes de ser condenado à morte, o Sr. Davis disse: "Eu sou inocente...Tudo o que eu posso dizer...é que se você olhar mais profundamente neste caso você irá finalmente conseguir ver a verdade. Eu peço aos meus familiares e amigos a continuarem a lutar esta luta." Mesmo que a vida que ele escolheu não tenha sido muito positiva, há uma persistente dúvida quanto a sua culpa. Ele era realmente inocente?

R. Sim.

P. O Banco Mundial recentemente anunciou que a porcentagem de pessoas vivendo em extrema pobreza (menos de US$ 1,25 por dia) foi reduzido em todas as áreas do mundo desenvolvido durante os anos 2005-2008. Ainda, o Banco Mundial disse que números preliminares também indicam que a porcentagem de pessoas vivendo em extrema pobreza em 2010 era menos do que a metade da porcentagem em 1990. (1) O quão precisos são estes relatórios do Banco Mundial? (2) A extrema pobreza está declinando no mundo como o Banco Mundial diz?

R. (1) Não são precisos. (2) Ao contrário, existem mais pessoas no tão chamado "mundo desenvolvido" sofrendo da "nova pobreza", da perda de salário, perda de casa, etc. Nos EUA, Japão, Europa, o número de pessoas entrando na pobreza está aumentando.

O dinheiro também está aumentando, mas está indo para as pessoas que já o têm. O Banco Mundial está apenas medindo a riqueza no mundo, mas a distribuição está como sempre com aqueles que têm. Os ricos estão ficando mais ricos, e os pobres estão ficando mais pobres, então existem mais pobres no mundo desenvolvido, especialmente na América, Europa e Japão.

P. O que a poluição nuclear faz para o corpo etérico?

R. Ela quebra o nosso sistema imunológico, deixando-nos aberto para epidemias de todos os tipos.


 

Cartas ao editor

Visita a tempo

Caro Editor,
Em 27 de Fevereiro de 2012 durante uma pausa para o café, três de nós que estávamos trabalhando no centro de informações Share International/Holanda em Amsterdã estávamos conversando sobre como os Mestres nos ajudam em tantas formas: como instrutores, terapeutas, enfermeiros, guias, inspiradores e sempre dão exatamente a ajuda que é necessária exatamente da maneira que é necessitada por cada pessoa com seus/suas necessidades específicas no momento. Nós também conversamos sobre a necessidade de fé e como através do trabalho nós a conhecemos.

Uns poucos minutos depois nós vimos um homem de pé olhando para os livros na janela; ele veio, franco, feliz, relaxado. Falando Holandês, ele deu as mãos à cada um de nós, se introduzindo.

"Esta informação apela à mim", ele disse. "O que vocês fazem aqui?" Jos começou a falar a ele sobre a emergência de Maitreya e os Mestres. No entanto, rapidamente tornou-se aparente que ele sabia nossa informação. Nós já tínhamos bastante certeza que nosso visitante podia ser o Mestre Jesus. Ele disse que ele era um artista-- isto quer dizer, um ator, cantor, poeta.

Corné, ouvindo a nossa conversa, percebeu que o animado, sorridente jovem (de cerca de 30 anos) com uma autoridade natural, terminava as sentenças de Jos, que ele preencheu com a palavra "Roma", quando Jos disse que o Mestre Jesus está agora em... Roma.

"Se eu ganhasse 20 milhões de euros, eu tomaria apenas uma parte para as minhas necessidades e eu partilharia o resto com os outros. Como eu poderia gastar 20 milhões em meu tempo de vida ?! Mais e mais pessoas estão tendo que gastar os seus dinheiros para comprar comida e não têm mais nada. Para muitas pessoas que estão sentindo a crise econômica, "viver mais simples" seria mais fácil de se conseguir se os governos não estivessem gastando bilhões em guerras e armas e se o dinheiro agora gastado desta maneira fosse partilhado. Ele então prosseguiu e disse: "A solução é tão simples que as pessoas não acreditariam que é tão simples!". Nós interrompemos: Sim, é a partilha.

Nós todos conversamos sobre a fome e a pobreza sendo correntes no mundo. Ele disse "Vamos tomar a Holanda, já que nós vivemos aqui: ela poderia ser um belo país feliz, mas olhe para a tensão e o estresse. As pessoas estão deprimidas," ele disse. "Até a grama está deprimida aqui! E por que? Por que as pessoas aqui estão todas sobre uma terrível pressão. E aqueles que colocam a pressão sobre as pobres pessoas estressadas também estão sofrendo de estresse. Porque todos precisam conseguir dinheiro. Você sabe, existem tipos de reclamações emocionais, psicológicas que até nem conhecemos, nem temos um nome para. Você vê pessoas andando: elas parecem mais ou menos OK, mas elas estão deprimidas e é sobre tal estresse que elas estão doentes. Muita ênfase sobre fazer dinheiro para aqueles no topo e as pessoas comuns não têm o bastante."

Ele continuou falando sobre problemas sociais com jovens descendentes de imigrantes. Era verdade, ele disse, que eles causaram problemas, mas por que? A causa do problema está particularmente em casa, mas também na sociedade-- a desigualdade e novamente a tensão e pressão sobre a família. Ele falou sobre um controverso político Holandês de direita, dizendo que as pessoas que votam nele não são racistas, mas é um voto de protesto-- já que todos perderam a fé nos partidos principais-- um sendo tão ruim quanto o outro, sem soluções para os atuais problemas. "É tão simples; as pessoas querem viver em harmonia, não sofrerem tais preocupações e estresse. Mas esta atmosfera prevalece e é mantida por aqueles que querem manter o status quo. Eles pensam apenas em si mesmos."

Ele estava preocupado sobre a situação no Oriente Médio, especialmente Israel e a situação com o Irã. Ele mencionou a Síria e disse que o mundo não pode ter uma guerra. Ela seria terrivelmente destrutiva.

"Eu acho que este ano, 2012, será um ano crucial. Um ano importante. Alguma coisa irá acontecer. Algo positivo. Isto deve ocorrer agora, de outra forma... nós estamos perdidos. Isto não pode continuar como está. Mas há esperança. As pessoas precisam fazer a sua parte." Nós achamos que ouvimos ele dizer palavras semelhantes a que cerca de 80 por cento das pessoas iriam responder positivamente e 20 por cento iriam ser contra. "Nós temos um longo caminho a tomar; e haverá resistência. As pessoas irão decidir. Primeiramente, é lento. Olhe, primeiro estavam três de vocês aqui-- agora estão quatro!"

"Nós fazemos este trabalho porque nós nos importamos com as outras pessoas. Eu fico tão feliz que vocês estão fazendo este trabalho-- que vocês ousam tornar isto conhecido. Um dia, eles irão chamar vocês "os positivos". Mas eu acho que vocês deveriam se tornar mais conhecidos;"

Nós pedimos pelo seu conselho. "Bem, façam um folheto simples-- não complicado. Organizem mais eventos-- nas noites. E, uma última dica, quando você organizar um evento, sempre inclua comida. Comer junto traz as pessoas juntas-- tem um efeito de ligação." Então ele riu bem de coração e disse que ele é um bom cozinheiro e que ele viria nos ajudar!

Ele nos deu a mão e saiu dizendo que ele estaria de volta novamente. Ele era de fato o Mestre Jesus?
J.K., C.Q e F.E., Amsterdã, Holanda.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o homem era o Mestre Jesus.)

 

Simples resposta

Caro editor,
Na tarde de Domingo de 29 de Janeiro de 2012, eu decidi dar uma andada para pegar um pouco de ar fresco. Eu me sentia um pouco inquieta e solitária, já que eu não tive a possibilidade de conversar com alguém o dia inteiro até lá. Sabendo que ar fresco e movimento iriam me ajudar a superar a situação, eu fiz esta caminhada.

Depois de algum tempo eu vi um jovem, um homem muito alto com uma touca de lã colorida na sua cabeça, vindo em minha direção. Eu vi que ele tinha olhos brilhantes e ele me cumprimentou de uma forma tão calorosa e alegre, que eu repentinamente me senti muito feliz. Eu fiquei surpresa de ter conseguido um cumprimento e sorriso tão bons de um jovem, já que eu estou me aproximando dos meus 70 anos e não sou mais uma jovem garota atraente. O bom sentimento durou por um longo tempo e até agora, meus pensamentos freqüentemente voltam para aquele maravilhoso momento.

Eu me pergunto se aquela pessoa era alguém especial ou apenas um bom jovem rapaz?
U.K., Minusio, Suiça.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o "jovem homem alegre" era o Mestre Jesus.)

 

Sinal- postado

Caro editor,
Eu sou um semi-regular ouvinte do programa de Robert Elms na Rádio BBC de Londres. Uma vez por semana, ele inclui um quadro intitulado "Notas e Consultas"; um fórum para Londrinos perguntarem perguntas sobre marcos incomuns; curiosas antigas construções, estranhas estátuas escondidas em localidades remotas, até mesmo o que aconteceu a um muito amado personagem da rua que não foi visto por algum tempo. Não importa o quão obscuro o assunto, um ou mais dos ouvintes sempre sabem toda a história, completando nomes, datas, histórias, tudo o que você poderia possivelmente querer saber. Eu acho que você poderia dizer que é a sabedoria das multidões.

Algumas poucas semanas atrás, alguém contatou o programa perguntando se alguém sabia a história por trás de um estranho sinal que tinha aparecido na sua área local recentemente. Ele foi descrito como uma inscrição muito grande , com letras negritas, até frágeis em uma bolha-pensamento no estilo de desenho, proclamando a mensagem "EU VOLTEI." Muitas teorias foram oferecidas para explicar quem poderia estar possivelmente anunciando seu retorno em um estilo tão extravagante. Foi a instalação de uma arte conceitual ? Poderia ser um poster de eleição para prefeito de Ken Livingstone? Talvez, alguém brincando, poderia ser o grande cantor de soul Americano James Brown? Sua música, "Get up offa that thing", começa com vários enfáticos "Eu voltei"

O tempo estava se esgotando, o impecável registro do cérebro coletivo de Londres estava em jogo. Exasperado, Robert Elms sugeriu que talvez era Jesus que estava de volta. Uma igreja local foi contatada, mas negou qualquer responsabilidade.

A única pista foi o relato de uma testemunha ocular do sinal que o viu sendo colocado por dois homens de cabelos compridos, barbados, vestidos em vestes brilhantes. No final, o caso teve que ser declarado sem solução.

Este sinal foi um dos "sinais dos tempos"?
R.K., Charlton Kings, Weybridge, Surrey, Reino Unido.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o sinal foi colocado lá por Maitreya.)

 

Elevado

Caro editor,
Na Sexta-Feira, 6 de Janeiro de 2012, depois que nosso grupo de Meditação de Transmissão da manhã terminou, eu sai para dar uma andada antes de retornar ao meu escritório para trabalhar. A manhã estava suave e eu estava preocupado com o aquecimento global conforme eu andava e me sentia bem pesada sobre o estado do mundo.

Conforme eu virei uma esquina no caminho no qual eu estava andando, um homem veio em uma bicicleta. Ele era um homem com uma aparência Caribenha com um rosto fino em destaque. Ele estava carregando com ele um tapete ou carpete enrolado em um braço e o outro braço estava segurando o guidão da bicicleta. Conforme ele passou por mim, ele olhou para mim e disse com entusiasmo: "É uma manhã linda!" E então ele disse: "Nós devemos dar graças a Deus por esta linda manhã."

Então ele continuou serenamente em seu caminho pedalando sua bicicleta e segurando no tapete a todo o momento enquanto mantinha um equilíbrio perfeito. Eu fui atingido por seu gracioso comportamento.

Este cavalheiro poderia ser alguém especial?
E.T., Madison, Wisconsin, EUA.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que "o ciclista" era o Mestre Jesus.)

 

Entrega especial

Caro editor,
No começo de Fevereiro de 2011, eu tive uma significante e forte experiência de abandonar a idéia do "Eu-ego". Através da contemplação de ensinamentos espirituais, a percepção veio de como nós nos imaginamos como uma pessoa e continuamenteO Mestre de Benjamin Creme confirma que o objeto em forma de diamante foi manifestado pelo Mestre Jesus. Você pode usá-lo para Sua benção e meditação. alimentamos esta ilusão através do dia a dia com nosso pensamentos baseados no Eu: "Eu irei fazer abc", "Eu sou xyz", etc. Isto foi uma mudança poderosa, ainda comigo, que pertence ao processo de desvendar a ilusão do ego. Por muitos anos e através da Graça de Deus, eu tenho sido capaz de me experienciar em meditação como o Ser, consciente-- mas o ego sempre esteve muito "vivo". Então, na próxima manhã, eu sai do meu flat e vi uma estrela em forma de diamante feita de fios coloridos e madeira, pendurada na minha porta do lado de fora. Meu primeiro pensamento foi "Esta é a estrela de Maitreya."

Isto veio Dele? Se sim, eu posso usá-la para Sua Benção, meditação e cura de mim mesmo e dos outros?
M.A., Berlin, Alemanha.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o objeto em forma de diamante foi manifestado pelo Mestre Jesus. Você pode usá-lo para Sua benção e meditação.)


 

Sinais dos Tempos

Incrível!

Caro editor,
Em 4 de Fevereiro de 2012, da Ponte Kornhaus, em Berna, eu descobri um lindo circulo de neve, no mesmo lugar que o primeiro apareceu em Dezembro de 2008 (veja Share International, Abril de 2009), e o segundo em Dezembro de 2010. Aparentemente, o padrão de neve mais complexo de 2012 é uma exata cópia do labirinto na Catedral de Chartres.

Desde então, a neve derreteu no final de Fevereiro, no entanto, o padrão continua impresso na grama, e está atraindo milhares de pessoas para olharem para ele da ponte mais próxima. Francine Wild, Berna, Suiça.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que os padrões foram todos manifestados pelos Irmãos Espaciais.)

Padrão de neve visto da ponte Kornhaus, Berna, Fevereiro de 2012.

Padrão de neve visto da ponte Kornhaus, Berna, Fevereiro de 2012.

 

Padrão de grama visto da Ponte Kornhaus, Berna, final de Fevereiro de 2012.

Padrão de grama visto da Ponte Kornhaus, Berna, final de Fevereiro de 2012.

 

 

 

OVNI na FOX 10 News

Um brilhante flash de luz podia ser visto no plano de fundo de um relatório ao vivo na televisão sobre o tráfego em Phoenix, Arizona, em 8 de Março de 2012. Pensa-se que a explosão de luz vista na FOX 10 News foi causada pela explosão de um transformador elétrico , mas as companhias de utilidade locais disseram que nenhum transformador tinha explodido. O incidente ocorreu bem antes do 15º aniversário do bem conhecido avistamento de ÓVNIs "Luzes de Phoenix" em 1997, no qual um grupo de luzes brilhantes foram vistas se movendo em uma formação em V sobre a área de Phoenix. (Fonte: news.yahoo.com)

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que isto era uma espaçonave de Marte.)

 

Ligam sagrado se materializa no Ashram de Premananda

Ligam sagrado se materializa no Ashram de PremanandaUm grande Lingam Shiva se materializou no Ashram de Sri Premananda em Trichy, Tamil Nadu, India, em 20 de Fevereiro de 2012, às 10:15 de noite, durante o festival Hindu de Mahashivaratri (a Grande Noite de Shiva). O lingam (um símbolo de criação) apareceu próximo do santuário do Templo de Shiva Shakti onde o Samadhi (tumba espiritual) de Swami Premananda está localizada. Um lingam de um tamanho similar materializou-se no Ashram um ano atrás,seguido da morte de Swami Premananda em 21 de Fevereiro de 2011. (Ver Share International Abril 2011).

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o lingam foi manifestado por Sri Swami Premananda.)

 

Sinal misterioso aparece sobre a Bavaria

Sinal misterioso aparece sobre a BavariaUma misteriosa luz em forma de foguete apareceu sobre Vilshofen, próximo de Passau, na Bavaria em 1º de Março de 2012 entre as 7 e 8:15 da manhã. Ela foi capturada por uma webcam de um aeroporto na área. Checando as seqüências filmadas do inicio da manhã, o controlador da câmera ficou muito surpreso com o que ele viu: "Normalmente, eu dou uma olhada na webcam para conseguir alguma informação sobre o nível de neve no rio Danúbio. Mas desta vez, eu vi uma forma parecida com aquela do Cristo! Eu não tenho idéia como isto pode acontecer, a câmera está funcionando perfeitamente!" (Fonte: tz-online, Alemanha)

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que este é um sinal manifestado por Maitreya. Relatos especulam que a forma era uma figura, possivelmente o Cristo. A forma era, de fato, de um foguete, simbolizando uma tecnologia por vir que irá levar o homem até os confins de nosso sistema solar e eventualmente além.)

 

OVNI fotografado sobre círculos nas plantações Holandesas

O pesquisador de ÓVNI Robbert van den Broeke tirou uma série de fotografias entre 2007 e 2009 em campos Holandeses onde círculos nas plantações apareceram, capturando várias espaçonaves em filme. (Fonte: www.bltresearch.com)

OVNI fotografado sobre círculos nas plantações Holandesas

© Robbert van den Broeke
OVNI sobre o circulo na campo Zavenbergen, 4 de Agosto de 2009, fotografado por Robbert van den Broeke.
(O Mestre de Benjamin Creme confirma que isto era uma espaçonave de Marte prestes a fazer um circulo na plantação.)

OVNI fotografado sobre círculos nas plantações Holandesas

© Robbert van den Broeke
Grande ÓVNI sobre um círculo na plantação em Standdarbuiten, Holanda, 11 de Julho de 2009, fotografado por Robbert van den Broeke.
(O Mestre de Benjamin Creme confirma que isto era uma espaçonave de Marte.)

O Mestre de Benjamin Creme confirma que estes milagres de luz são manifestados pelos Irmãos Espaciais, em associação com Maitreya.

Padrões de luz fotografados em 21 e 22 de Fevereiro de 2012, em Dijon, França, por Luc Guillory.
(O Mestre de Benjamin Creme confirma que estes milagres de luz são manifestados pelos Irmãos Espaciais, em associação com Maitreya.)


 

A evolução da humanidade- uma compilação

(Um extrato)

Nós apresentamos uma seleção de citações do tema da "Evolução da Humanidade" de Maitreya (Messages from Maitreya the Christ), o Mestre de Benjamin Creme (A Master Speaks), e os escritos de Benjamin Creme.

Quando nós falamos sobre a evolução, nós estamos falando na verdade sobre a evolução da consciência. É isto que a vida é, um gradual despertar para mais elevados e amplas visões do Ser e da Realidade. Isto é a vida em todos os níveis. Então, o crescimento da consciência começou assim que, pela primeira vez, nós viemos a encarnação no pântano primordial. Quando foi isto? Dezoito milhões e meio de anos atrás. Qual é o principal impedimento em nossa luta? O principal impedimento é o carma. Cada avanço em evolução, e portanto, cada expansão de consciência, toma lugar através da resolução do carma. (Benjamin Creme, Maitreya's Mission Volume Two)

...profundamente dentro da consciência de cada homem, mulher e criança reside a consciência de ser uma alma. Conforme progresso sobre o caminho evolucionário é feito, isto certamente se aprofunda, o elo de consciência entre a alma e seu reflexo se fortalece, e a luz da alma é mais rapidamente contatada e conhecida. Assim a luz da compreensão cresce.

A humanidade está agora no limiar de uma era na qual aquela luz da consciência irá se manifestar em uma escala crescente, expressando a si mesma em cada campo do esforço humano como uma crescente consciência do significado e propósito da vida no planeta Terra. (O Mestre de Benjamin Creme, de "A era da luz")

O momento que nossa alma vê que nós já estamos prontos para começar a expressar, de alguma forma, sua perfeição; trazer as qualidades da alma-- confiança, beleza, inteligência, o próprio desejo por perfeição-- para o processo de encarnação, a verdadeira evolução do homem ou mulher começa. O momento no qual isto ocorre em cada caso individual determina o nosso ponto de evolução.

Através de incontáveis encarnações, a alma procura expressar sua natureza divina no tempo e no espaço através de sucessivas personalidades: através de corpos, físico, emocional e mental, algumas vezes como um homem, algumas vezes como uma mulher. Ela leva a diante este desejo, este desejo de replicar sua natureza e qualidade, em uma contraparte física. A alma dota seu reflexo com os meios para evolução para sua própria perfeição. Desta forma, o Plano de Deus funciona. (Benjamin Creme, The Art of Living)

A história revela que a evolução prossegue, mas lentamente; mesmo assim, nesta época vindoura, o homem irá ultrapassar, de longe, o lugar alcançado pelos seus mais ilustres ancestrais. Profundas mudanças na vida social do homem e organização irão liberar energias até agora inexploradas, e liberar sobre o mundo um turbilhão de transformação. Assim será. Assim irá o homem encontrar a extensão de suas promessas e revelar os poderes por tanto tempo dormentes e retidos. (O Mestre de Benjamin Creme, de "O tempo à diante")

Por longas eras, a dominância da matéria opõe-se a uma maior expressão da alma; evolução prossegue lentamente. Quando, finalmente, os pólos opostos de sua natureza são resolvidos, o homem percebe que esta dicotomia é apenas aparente, a oposição irreal. Então ele vê que tudo é Um, espírito e matéria são dois aspectos do único divino Todo, as limitações do caminho não são nada a não ser ilusão.

Sem a luta dos opostos e a fricção que segue, o progresso do homem seria de fato lento. Fricção é o fogo que impele ele em seu caminho, aspiração pela luz que o chama sempre para cima. Assim o homem descarta, em tempo, as limitações da matéria, dotando ela com a irradiação de sua verdade espiritual. O objetivo do homem é espiritualizar a matéria e trazer a substância do planeta, em cada reino, em um perfeito reflexo do Homem Celestial Cujo corpo ele é. Conflito e guerra; violência e ódio, são apenas a manifestações passageiras da falta de habilidade do homem, ainda, para demonstrar sua verdadeira natureza. O tempo está vindo rápido quando esta verdade irá prevalecer, sua beleza irradiar-se e seu bem se demonstrar para todos aqueles que vêem. (O Mestre de Benjamin Creme, de "Os pares de opostos")

Desapego

Nós precisamos alcançar um ponto onde o que acontece com nós não é tão importante; o que outras pessoas pensam de nós, não é importante de forma alguma; o que outras pessoas nos dizem e se elas nos caluniam, não é importante, facilmente superável. Nós precisamos ser capazes de levarmos criticas e não criticar. Se nós pudéssemos colocar em uma palavra, desapego é a chave para o processo de evolução.

Desapego é livrar-se de si mesmo. Apego é ver si mesmo como o centro do mundo. Desapego é esquecer que existe um centro do mundo e que ele somos nós. Desapego é usar os equipamentos físico, astral e mental para expressar a alma, até onde nós pudermos. (Benjamin Creme, The Art of Co-operation)

Consciência cresce por aspiração em direção àquilo que está acima dela. Mas é lógico, nós somos preguiçosos. Este é o caminho difícil e é por isso que o caminho da evolução é lento, longo e árduo. O caminho à frente é precisamente aquele da renúncia. Renúncia é outra palavra para desapego. Maitreya usa a palavra desapego. Eu ainda não percebi se Ele usou a palavra renúncia. , mas desapego Ele usa todo o tempo. É a mesma coisa. O caminho da evolução é o caminho da renúncia, o caminho do desapego. O processo, a técnica da renúncia é desapego. Como nós evoluímos? Qual é a real natureza do caminho? Nós não podemos nos sentar e sugerir a nós mesmos: "Hoje, eu vou superar o veículo astral. Eu vou demonstrar meu controle sobre o veículo mental." Como nós fazemos isto? "Ah, os devas! Eu irei controlar os devas! Será que eu irei usar um chicote?" Nos velhos tempos eles usavam. Boas pessoas Cristãs, cada Quaresma, costumavam a usar chicotes e marchavam através da cidade chicoteando a si mesmas. O que elas realmente estavam tentando fazer é controlar o elemental físico. Pouco eles sabiam que cada vez que eles batiam em um elemental, dois cresciam em seu lugar! Existem formas mais fáceis, os caminhos do desapego. (Benjamin Creme, Maitreya Mission Volume Two)

[Maitreya] fala sobre honestidade de mente, sinceridade de espírito, e desapego. Estes são três. Ele os dá como três muito potentes forças de evolução. Elas são potentes porque elas são o essencial. Elas são o essencial porque apenas crescendo em desapego você pode avançar para o ponto de ser um Mestre, de ser Auto-realizado. Apenas através de honestidade de mente e sinceridade de espírito você pode se tornar desapegado. A não ser que você se torne desapegado, você não pode lidar com os outros. A não ser que você lide com os outros, você não pode se tornar desapegado. (Benjamin Creme, Maitreya's Mission Volume Three)

Serviço

Meus Irmãos e Eu vemos este tempo vindouro como uma oportunidade por Serviço. Nós também, Meus amigos, crescemos pela manifestação deste divino atributo. Nada do que sai de Deus não serve, Meus Irmãos. Aprendam e acreditem que isto é assim. Através de serviço ao homem, o homem irá até Deus. Sempre foi assim. Faça uma vida de Serviço o seu voto para o tempo futuro e conheça a alegria do Amor de Deus. (Maitreya, Mensagem Nº 75)

Serviço é a escada do caminho evolucionário. Através de serviço nós aprendemos a nos identificarmos com aquilo para o qual nós servimos, e então uma mudança ocorre em nosso centro de foco. Ele muda do pessoal, do egoísta, para o impessoal, o altruísta. E, fazendo isto, nós nos identificamos mais e mais com mais e mais. O caminho é através do serviço. Por isso que foi instituído pelo Cristo na Palestina, como uma escada para o processo evolucionário, porque, conforme nós começamos a servir, nós nos tornamos mais e mais descentralizados, nós nos identificamos com mais e mais, até que nós podemos nos identificar com tudo o que é. E quando nós podemos nos identificar com tudo o que é, nós somos tudo o que é. Nós somos Deus. Nós liberamos nossa Divindade. (Benjamin Creme, Reappearance of the Christ and the Masters of Wisdom)

Hoje, como nunca antes, para aqueles que gostariam de viajar mais rápido pelo caminho evolucionário, é proferida uma oportunidade única para servir e crescer. Tomando para si mesmos a tarefa de transformação e assim servindo o Plano e o mundo, eles podem estabelecer novos padrões pelo qual o progresso espiritual é medido e acelerar o processo para a humanidade como um todo. Este é o desafio deste tempo. Discípulos hoje têm a oportunidade de acelerar o processo evolucionário para todos aqueles que irão seguir, assim servindo o Plano do Logos de uma maneira das mais potentes. Sirva e cresça. Sirva e cresça. Esta é a chave para o progresso no caminho. (O Mestre de Benjamin Creme, de "A Nova Era Amanhece")

Minha intenção é a de colocar diante de vocês as respostas para o dilema do homem, mostrar a vocês que o futuro tem para todos os homens inacreditáveis promessas. Com Meus Irmãos, os Mestres da Sabedoria, Eu irei mostrar a vocês o caminho para libertarem suas divindades e receberem suas heranças.

Meu plano é o de despertar a humanidade para o seu verdadeiro valor, sua verdadeira capacidade, e mostrar a ela que dentro de todos os homens vive um filho divino de Deus. Se os homens Me seguirem, Eu irei levá-los passo a passo através do processo de Iniciação, cujo Selo eu guardo. Desta forma, eles irão revelar o Deus Que dentro deles habita. (Maitreya, da Mensagem Nº 24)


 

Dos nossos correspondentes

Daqui para a "Economia Sagrada"
por Elisa Graf e Thorsten Wiesmann

Poucos hoje iriam argumentar com o fato de que quase todas as instituições parecem estar em uma crise paralela. Charles Eisenstein é um filósofo, professor e autor cujo último livro, Economia Sagrada: Dinheiro, Dádiva e Sociedade na Era da Economia SagradaTransição, traça a história do dinheiro da antiga economia da dádiva ao moderno capitalismo, revelando como o sistema monetário contribuiu para a alienação, competição, e escassez. Em linha com o pensamento esotérico, ele sugere que a humanidade está agora fazendo uma transição de uma identidade cultural que define os seres humanos como separados, entidades distintas em competição com cada uma por recursos finitos, para uma que expressa a relação conectada entre nós mesmos e outros seres humanos, e nós mesmos e a natureza. Ele apresenta uma visão idealista de como viver sem o foco super-rígido da sociedade sobre o dinheiro transformaria o nosso sentimento de ser e nossas relações com os outros: uma mudança em sensibilidade. Ele fala sobre "O ser dos 'inter-seres', que entende que nós somos o mesmo ser, visto sobre diferentes olhos; que aquilo que eu faço para você eu estou na verdade fazendo para mim mesmo; que o seu bem-estar está conectado com o meu bem-estar; seu sofrimento está conectado ao meu sofrimento". Conforme nossas instituições entram em colapso, Eisenstein diz que elas estão, na verdade, nos 'iniciando' em um novo mundo.

Considerando este novo mundo, Eisenstein diz: "Como seria um sistema monetário que estaria alinhado com o ser conectado, e em parceria co-operativa com a Terra?" Ele defende a diminuição do dinheiro a um papel bem menos proeminente em nossa sociedade, em conjunção com o que ele chama de "reino da dádiva". Em termos tanto das relações sociais como das "provisões", as dádivas da natureza. Ir ao encontro das necessidades de cada um na forma de troca de dádivas e economias entre pares, iria estimular um sentimento de conexão e fortalecimento, e ao mesmo tempo diminuir a atual economia de alienação e separação. A própria internet, ele sugere, é grandemente o trabalho de uma florescente cultura da dádiva.

Dar, Eisenstein afirma, é fundamental para a natureza humana; todos nascem com o desejo de dar. Ele nos relembra que todos os seres humanos começando suas vidas como indefesos bebês, dependem da dádiva para sobreviver: "Ninguém faz nada para merecer ser cuidado; ninguém ganha através do trabalho o seu leite. Ninguém ganha a sua roupa, ser cuidado e amado. Seres humanos não ganham um planeta que pode sustentar a vida, ou ter a terra que pode cultivar o seu alimento. É tudo uma dádiva. "Como um resultado natural destas dádivas reconhecidas, nós somo inclinados a responder com gratidão e o desejo de dar de volta.

Nosso sentimento de separatividade é a conseqüência de nossa herança cultural, que nos diz que nós somos seres independentes que não precisam dos outros. Mas nós precisamos, e nenhuma ação por ninguém pode verdadeiramente ser vista como separada da matriz maior na qual nos residimos."

A idéia de uma economia baseada na dádiva parece contradizer tudo que a atual teoria econômica diz sobre o trabalho: que as pessoas irão apenas trabalhar se elas forem pagas para trabalharem. Como Eisenstein coloca, "ela força a pessoa a dar as suas dádivas". Ele vê a natureza humana de maneira diferente. Ele diz: "Se você está em uma vida, uma profissão, ou em um relacionamento onde você não está dando as suas dádivas ou onde suas dádivas não estão sendo recebidas completamente, você não irá ser feliz. Você irá sentir que "esta não é a minha vida. Eu não fui colocado aqui na Terra para fazer isto." Tudo na natureza decaí, apodrece, enferruja ou se torna ruim; se alguém se apegar a algo, isto se torna de valor cada vez menor. Mas em nosso atual sistema econômico, o dinheiro cresce; ele ganha mais valor quanto mais você o tem, violando assim a lei natural da impermanência.

Eisenstein nos pede para considerar o que aconteceria se o dinheiro tivesse um juros negativo: e se ele se "tornasse ruim"? Se fosse permitido que o dinheiro decaísse, em outras palavras, não fosse mais capaz de gerar juros, ele iria aumentar em fluxo, e ao mesmo tempo iria ter o efeito de recriar ou encorajar a psicologia da sociedade da dádiva. "Dando, e recebendo dádivas, e tratar a sua própria riqueza como se fosse uma dádiva, é estar dando uma dádiva igual e correspondente em troca, fortalecendo o sentimento de comunidade e conexão. Nosso sentimento de separatividade é a conseqüência de nossa herança cultural, que nos diz que nós somos seres independentes que não precisam dos outros. Mas nós precisamos, e nenhuma ação por qualquer pessoa pode verdadeiramente ser vista como separada da matriz maior na qual nos residimos."

Eisenstein delineia uma sociedade onde todas as transações financeiras são publicamente transparentes. Tal sistema iria radicalmente mudar os negócios, já que a transparência financeira reflete abertura, confiança, generosidade, e falta de medo; alguém que está confortável na sociedade. Existem sinais que nós já estamos nos movendo nesta direção, não apenas com a digitalização da moeda, mas com as novas "moedas sociais" de vários sistemas de avaliações que são, por sua própria natureza, públicos. Ao mesmo tempo, a "criação de objetos com alma", a percepção da sacralidade inerente na materialidade irá nos permitir alinhar o nosso trabalho com uma fundação social e física de uma economia na qual mais e mais das coisas que nós criamos e fazemos para cada um são belas, pessoais, vivas e animadas. Desta forma, ele vê a economia sagrada como uma parte da cura da divisão espírito-matéria, a natureza humana dividida, e a arte do trabalho dividida que crescentemente tem definido nossa civilização por milhares de anos. No mundo em desenvolvimento, ainda existem pessoas que vivem substancialmente em culturas da dádiva, onde a riqueza natural e social ainda não é sujeita à apropriação. Como ele coloca: "A dádiva expande o circulo do ser."

Para mais informações:
Charles Eisenstein, Sacred Economics: Money, Gift and Society in the Age of Transition. Evolver Editions, EUA, 2011.
www.charleseisenstein.net

mensagem anterior mensagem seguinte


HomeCopa

  | INÍCIO |