MAIN
Home
BACKGROUND
Teachings
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ

 

FAQ
FAQ
MAIS RECURSOS
Magazine
 
 

 
 
 Início >> do Mestre>>Outubro 2012

Share International HomeShare International HomeBackground information

mensagem anterior mensagem seguinte

Pedido de apoio!

Veio ao nosso conhecimento que mais e mais pessoas estão recebendo nossa informação apenas pelo website, desta maneira, renunciando ao pequeno custo de assinar a revista Share International.

Nem todos podem, ou usam a internet, e é essencial ter uma expressão física externa, que pode apresentar com fotos, os eventos dos quais falamos. Isto significa que é necessário que haja uma revista, que,é lógico, requer uma grande quantidade de trabalho de voluntários, e muito dinheiro para ser produzida. Talvez exista a idéia de que a Hierarquia distribua dinheiro para este trabalho, mas este não é o caso. Assinaturas para a Share International são uma parte essencial para manter o nosso trabalho e alcançarmos o público. O custo da assinatura é mantido o mais baixo possível, a revista não é patrocinada por propagandas e custo postais e de impressão estão aumentando a todo o momento.

Certamente nós todos concordamos que todos aqueles que seriamente acreditam neste trabalham gostariam de ajudar a revista, sejam eles leitores ou não das informações pela internet.

Obrigado pelo seu apoio.


 

S.N.P — Salvem Nosso Planeta!

pelo Mestre—através de Benjamin Creme,
8 de Setembro de 2012

Quando alguém olha profundamente para a presente situação no mundo, duas coisas destacam-se como particularmente importantes: o perigo da guerra e a aceleração do desequilíbrio ecológico da Terra. Existem, é lógico, muitos outros problemas: o desastre ecológico que afeta muitos países, principalmente no Ocidente; o gigantesco aumento no preço de alimentos, principalmente a dieta básica de muitos milhões; a gigantesca, e crescente, disparidade nos padrões de vida entre os ricos e os pobres.

Todos estes problemas são importantes e requerem breve resolução. Os dois primeiros citados devem exigir a atenção de todos os homens sensíveis e governos pois eles apresentam a maior ameaça para o bem-estar do homem. Guerras, grandes e pequenas, devem ser agora impensáveis, mas tristemente, este não é o caso. Mesmo um mundo que conheceu a loucura e futilidade da guerra naquilo que é mais terrível, ainda não renunciou, totalmente, a esta abominação. Os governos são seduzidos a pensarem que os velhos caminhos irão, depois de tudo, darem seus cobiçados prêmios. As armas de guerra, portanto, se tornaram indispensáveis e um grande ativo de comércio. Enquanto as armas estiverem lá, elas serão usadas. Pequenas guerras geram guerras maiores conforme mais países tornam-se envolvidos. Grandes nações lutam representadas através de seus aliados e então prolongam disputas sem importância em guerra. Este grande perigo deve ser abandonado por todas as nações. Ele ameaça a própria existência do homem na Terra.

Independentemente da guerra, nada tão profundamente afeta o futuro de todos os homens tanto quanto a poluição. Alguns países reconheceram este fato e tomaram alguns passos para limitar a poluição e o aquecimento global. Outros, algumas vezes os maiores poluidores, negam a realidade do aquecimento global apesar da esmagadora evidência quanto ao contrário. Diariamente, agora, as mudanças climática provam além da dúvida que o planeta está doente e precisa de imediato e hábil cuidado para re-estabelecer o equilíbrio. O tempo está acabando para os homens pararem a transformação que tem diariamente acontecido no planeta Terra. Todo homem, mulher e criança devem fazer a sua parte nesta tarefa. O tempo está, verdadeiramente, terminando. S.N.P. Salvem Nosso Planeta!


 

Perguntas e Respostas
- uma seleção da revista deste mês

P. (1) Quantas entrevistas Maitreya deu até agora? (2) Ele ainda está dando entrevistas no Brasil?

R. (1) 74. (Até 8 de Setembro de 2012). (2) Sim

P. Você poderia explicar algo, por favor: por que, apesar do terrível sofrimento em muitos países, e, não obstante as insanas políticas monetárias e fiscais de muitos governos ao redor do mundo, nós, as pessoas, não estamos saindo nas ruas em nossos milhares de milhões e exigindo justiça?

R. Porque nós, as pessoas, não somos suficientemente organizadas e inspiradas. Mas aguarde, isto está começando a acontecer.

P. Você acha que eventos momentosos irão ocorrer neste ano? No sentido de uma mudança de ponto irrevogável na experiência coletiva da humanidade-- como uma mudança fundamental em nossas atitudes, por exemplo, sobre como nós tratamos nosso planeta; ou que pessoas o suficiente percebam o custo terrível da comercialização?

R. Existem apenas alguns poucos meses restantes do ano e o acima certamente não será alcançado neste tempo. Os Mestres não dizem a sorte e não há fórmula mágica. É um caso da gradual percepção e da vontade para mudar.

P. Ainda há um excesso tão grande de alimento no mundo? Sr. Creme, você freqüentemente fala sobre os alimentos que estão apodrecendo nos armazéns do mundo; mas ultimamente ocorreram colheitas tão pobres em tantos países. Talvez haja menos comida armazenada do que previamente pensando?

R. Sim, provavelmente, mas dois terços apenas da comida produzida é realmente utilizada-- o resto é desperdiçada.

P. A NASA tem um filme tirado pela Curiosity em Marte que mostra um certo número de objetos, que se parecem muito com espaçonaves. (1) A Curiosity, o veículo em Marte, realmente filmou alguns OVNIs? (2) Você sabe se a NASA reconheceu isto-- seja privativamente ou em público?

R. (1) Sim. (2) Eu não sei.

P. O veículo recente que a NASA pousou em Marte, chamado Curiosity, utiliza energia nuclear. As pessoas em Marte estão agora mantendo o olho no veículo e limpando sua poluição nuclear?

R. Não.

P. Os Americanos acabaram de pousar a Curiosity em Marte, com muitas câmeras. Parece que seria uma maravilhosa, brincalhona e não-ameaçadora saudação e introdução para algumas pessoas naquele planeta vir à frente e nos dar um aceno ou fazer uma pilha de rochas. Seria simples e cortês, e muito menos ambíguo do que as aparições das espaçonaves e os círculos nas plantações. Alguém conectado com a Share International tem a habilidade para sugerir isto para o pessoal em Marte?

R. Os Irmãos Espaciais não trabalham desta forma-- eles trabalham de tal forma a não infringirem o nosso livre arbítrio. Eles não estão desesperadamente ansiosos para serem reconhecidos.

P. Aparentemente, as pessoas estão preocupadas quanto a uma gigante nuvem vindo em nossa direção: um novo estudo sobre uma incomum, alongada nuvem de hidrogênio, conhecida como Nuvem de Smith, mostra que ela está em uma rota de colisão com a Via Láctea. Que efeito, e quando, esta nuvem terá em nosso planeta?

R. Não é estranho que as pessoas estejam sempre preocupadas com os efeitos negativos de um acontecimento no Espaço, em sua própria vizinhança local? Esta nuvem "à deriva" terá um efeito altamente revigorante nos sóis e planetas de nossa galáxia. O efeito exato em Idaho ou Flórida está além do meu conhecimento.

P. Muitos membros dos grupos de Meditação de Transmissão vêem a eles mesmos como "voluntários trabalhando para uma fundação ou organização em particular"-- por exemplo, a Fundação Share International ou a Fundação Share Holanda. Isto é, é lógico, um fato. No entanto, há também , eu li de seus livros, uma realidade mais profunda e ampla, que está relacionada ao fato de que você trabalha sobre a inspiração e tutela de um Mestre da Sabedoria. Você poderia comentar, por favor, do propósito subjacente dos grupos que trabalham com você? Enfatizar a estrutura externa influencia o trabalho interno?

R. Eu espero que esta pergunta venha de um novo voluntário em um dos grupos ao redor do mundo trabalhando para o Reaparecimento. De outra forma, eu pensaria que ao passar dos anos, eu estive falando e escrevendo para as nuvens do ar, enquanto a audiência estava maravilhosamente dormindo rapidamente. A Hierarquia de Mestres nunca faz coisas pela metade e Eles fazem com que um pequeno trabalho percorra um grande caminho. Eles tomam cada oportunidade para aumentar o efeito das energias geradas pelas atividades dos grupos através dos quais Eles trabalham.

A principal, a tarefa imediata dos grupos ao redor do mundo com os quais eu trabalho é a de preparar a humanidade para o retorno ao mundo cotidiano (pela primeira vez em cerca de 98.000 anos) de uma grande seção da Hierarquia Espiritual de Mestres deste planeta (Isto normalmente é chamado de Exteriorização da Hierarquia.)

O processo começou literalmente em 1975, quando cinco Mestres, os precursores deste grupo, entraram em cincos centros espirituais no mundo: Nova York, Londres, Genebra, Darjeeling e Tóquio, seguidos logo por outro Mestre em Moscou e o sétimo em Roma.

Ao mesmo tempo, este grupo de colaboradores também tem outro trabalho interno como propósito. Por vários séculos, os Mestres tentaram muitas vezes através de grupos diferente alcançar Seu declarado objetivo de Iniciação Grupal. Muitos Mestres trabalharam em direção a esta tarefa difícil sem sucesso. Nunca houve um elo unificador forte o suficiente entre os grupos para tornar isto possível. Sempre esteve faltando uma idéia, um Chamado, magnético o suficiente para inspirar os muitos grupos envolvidos em uma escala mundial. Agora, a idéia do Retorno do Cristo ofereceu aos colaboradores uma idéia magnética o suficiente para manter os grupos juntos, trabalhando em todas as partes do mundo. Hoje, pela primeira vez, um pequeno começo foi feito. A tarefa é difícil; leitores devem familiarizarem-se com os requerimentos da Regra 11 (*) dada pelo Mestre Djwhal Khul através de Alice A. Bailey, de maneira a compreender este processo difícil. Uma ênfase muito grande na organização (a estrutura externa de qualquer grupo) tem um efeito negativo na qualidade do trabalho interno do grupo.
(* Ver 'As Catorze Regras para Iniciação Grupal' em Os Raios e as Iniciações pelo Mestre Djwhal Khul através de Alice A. Bailey -página em inglês)

P. Existem relatos na internet alertando sobre um severo cyber-ataque em bancos e instituições financeiras-- começando na América. Isto iria inevitavelmente levar ao colapso do sistema econômico global. O ataque está para ocorrer logo-- em Outubro ou Novembro de 2012. Pode você e seu Mestre, por favor, dizer o que vocês sabem sobre este cyber-ataque?

R. Já que isto parece vir de tantos locais, é obviamente conhecido para as instituições que seriam alvo desta forma. Eu tenho certeza que eles tomariam cada precaução possível para evitar tal ataque.>>>> Isto não quer dizer que tal ataque não foi planejado, mas se ele iria ter sucesso é outra questão.

P. Qual é a sua opinião quanto a internet?

R. É um meio de comunicação muito útil, mas não é necessariamente melhor do que a palavra falada de uma pessoa para outra.

P. (1) A Revolução Industrial era parte do Plano? Ela deu nascimento ao movimento sindical e reconhecimento dos direitos trabalhistas; máquinas também começaram a gradualmente remover parte da labuta do trabalho físico pesado. (2) Os Mestres consideram que mais bem do que mau veio dela?

R. Sim. (2) Sim.

P. Eu li em um de seus livros que a família é importante na sociedade. Certamente, a "unidade familiar", casamento ou parceria e crianças, é um fenômeno puramente "fabricado pelo homem"? Por que a família é importante?

R. A família é a base da sociedade e do reino humano. Nós encarnamos cada vez em grupos familiares. Isto oferece a arena para o ajuste do carma e então oferece coesão para o reino humano em sua longa jornada de evolução.

P. Se uma pessoa se manter calma, os Mestres são capazes de darem mais ajuda, quando solicitados por ajuda e dentro da Lei do Carma, do que Eles seriam de outra forma capazes de darem? Caso sim, por que isto é verdade?

R. Sim. Isto é verdade porque a pessoa que está calma é mais aberta a ser ajudada do que ele/ela estaria quando seu sistema nervoso está mais agitado.

P. Eu tive uma visão desobstruída da noite de 85 por cento do céu. A outra noite em Agosto de 2012, eu tirei uma foto com meu celular de um objeto no céu. Eu tenho a latitude e a longitude da posição na qual eu estava sentado. Não era a lua cheia, já que a lua se ergue diretamente do horizonte oriental. Isto estava baixo e bem sobre Barnegat Bay, Nova Jersey. Não eram as luzes de um avião ou um helicóptero.

Eu fotografei o céu desde então, e não há nada lá nas noites subseqüentes. Eu vivi aqui por mais de seis ano. Isto nunca esteve aqui antes. Eu acho que você deve correlacionar o posicionamento destes avistamentos à localização de estações de energia nuclear. Este estava bem em frente/sobre a propriedade do complexo Oyster Creek Generating.

R. Isto era um ÓVNI de Marte. Ele estava examinando a qualidade do ar acima da estação de energia nuclear.


 

Unidade na diversidade-- uma compilação

Nós apresentamos uma seleção de citações sobre o tema da "Unidade na Diversidade" de Maitreya (Messages from Maitreya the Christ), o Mestre de Benjamin Creme (A Master Speaks), e os escritos de Benjamin Creme.

A humanidade chegará a uma total compreensão que nós somos um grupo chamado humanidade, que não há nada de separado em todo o cosmos, que tudo está relacionado com tudo mais, que as leis que conectam a humanidade são as leis construídas da não existência da clivagem de qualquer tipo no cosmos. Nós cresceremos com o impacto das energias da síntese, vindo até nós de Aquário, neste sentimento de estarmos fundidos e misturados juntos. Esta é a essência das energias de Aquário. Elas apenas trabalham através do grupo...

Aquário diz respeito ao grupo. Diz respeito a trazer unidade, síntese para o maior número de partes individuais. Ele não tem relação com obliterar a individualidade. Não é para se livrar das partes, das diferenças. Ao contrário, é para sintetizar em uma unidade total o maior número de partes individuais diferentes. Ele é unidade na diversidade. (Benjamin Creme, The Gathering of the Forces of Light)

***

Meu plano é o de liberar no mundo Meu simples Ensinamento de verdade: que os homens são Um, todos irmãos; que Deus ama todos os homens igualmente; que a natureza fornece o sustento para todos partilharem; que, vindo como o eu vim do passado da humanidade, eu conheço as respostas para o dilema do homem. Eu irei mostrar-lhes os caminhos simples da mudança, de relacionar-se corretamente um com o outro, de corretamente manifestar a Vontade de Deus. (Maitreya, da Mensagem Nº 55)

***

Todos os grupos precisam trabalhar em direção a alcançar a unidade. Este fato da vida é exemplificado em todos os países do mundo, que essencialmente criam um único grupo, a humanidade, e em todas as pessoas nestes países, com seus diferentes raios. Os sete raios criam a maior diversidade no mundo tanto no nível de uma nação como no nível humano. Todas as nações têm os seus raio. Todas elas possuem propósitos e qualidade diferentes, de forma que elas criam uma diversidade. O objetivo é o de criar a unidade que mantém esta diversidade junta, e torná-la rica e cheia de sentido.
(Benjamin Creme, SI Jan/Feb 2011)

***

Em país depois de país, a voz das pessoas está se tornando mais focada e distinta. Milhões estão agora educados e seguros quanto às suas necessidades: paz, trabalho e esperança para o seu futuro. Um crescente sentimento de unidade, também, está começando a aparecer em suas expectativas e demandas. Eles sabem que não estão sozinhos no mundo, mas possuem milhões de irmãos e irmãs em todos os lugares, com os mesmos problemas e necessidades.

Desta maneira, mesmo que inconscientes de Sua presença e ensinamentos, eles estão respondendo à energia e influência de Maitreya, e construindo a estrutura do futuro. (O Mestre de Benjamin Creme, de "Mudança em direção a unidade")

***

O homem por tanto tempo negou a existência de um Plano Divino que ele ainda tem muito a perceber que um aspecto tão essencial do Plano Divino como a unidade não ocorre apenas por si mesmo. Ele precisa ser cultivado e nutrido. Precisa se cuidar dele como "um sábio jardineiro cultiva o seu jardim, cuidando cuidadosamente de cada novo broto." Não é algo que apenas cresce de tal maneira que se você fizer isto, ele irá acontecer, e se você não fizer isto, outra coisa irá acontecer; ele não tem perda. A unidade precisa ser vista como um ganho contínuo, algo sobre o qual você coloca tempo, energia e amor nutridor, e dela sai uma linda unidade que só pode ser alcançada desta forma.

Semelhantemente com cada grupo, cada nação, cada agrupamento de nações, o mesmo cultivo é necessário. Você precisa ver as diferenças entre grupos, entre nações, entre indivíduos nos grupos e nas nações, e procurar criar uma ponte entre estas diferenças-- as diferenças da personalidade, os pontos de vista diferentes, as diferentes ênfases, as diferentes forças de vontade e propósito dos indivíduos-- e disto criar uma unidade que reflita o Propósito Divino que a própria unidade expressa. (Benjamin Creme, The Art of Co-operation)

***

No entanto, no tempo imediatamente à frente, os homens, mais e mais respondendo às beneficentes energias de Aquário, irão se libertar da natureza de divisão da competição e irão de bom grado adquirirem o hábito da co-operação. Desta forma, o mundo irá colher em enorme benefício, conforme os homens trabalharem juntos como iguais nas muitas tarefas de reconstrução que irão aguardar os seus serviços. Assim irá o mudo ser transformando pelas mãos desejosas. Assim o novo mundo será forjado.

Aquário é outra palavra para unidade, através do seu dom da co-operação, esta unidade irá gradualmente tornar-se manifesta. A unidade será a marca do novo tempo. (O Mestre de Benjamin Creme, de "O caminho para co-operação")

***

A qualidade da energia de Aquário é Síntese. Síntese é tomar atitudes diferentes, desiguais e fundi-las e juntá-las em uma. Ela cria desta variedade uma unidade. A criação de unidade, de acordo com o Mestre, é o objetivo de toda vida. Este é o propósito subjacente de nossas vidas. Portanto, você pode ver o quão importante ela é, de forma que a unidade deva ser fomentada e nutrida de cada maneira possível. (Benjamin Creme, The Art of Co-operation)

***

Não se esqueçam, Meus irmãos, que vocês são Um, que o Pai de Todos criou vocês em Sua divina imagem, que através de vocês brilha a mesma luz abençoada de Amor e Verdade. O tempo está chegando, Meus amigos, quando a Luz da Verdade irá brilhar toda ao redor de vocês, quando tomará o seu irmão ao seu coração e o conhecerá como a si mesmo. (Maitreya, da Mensagem Nº 51)

***

Maitreya mostrará o alto nível do qual nós caímos, em direção à mediocridade do materialismo hoje. E Ele irá mostrar o caminho à diante, através da aceitação do princípio da partilha, declarando nosso sentimento de uma fraternidade e irmandade da humanidade, permitindo a nós trilharmos novamente o caminho espiritual, o caminho que leva não à competição, mas à unicidade. É quanto a isto que se trata a Nova Era, a Era da Síntese. Síntese significa desenhar juntos e criação de unicidade, uma unidade que sai das partes diferentes. Vocês descobrirão o objetivo do processo evolucionário: unidade na diversidade, a maior diversidade na mais completa unidade. (Benjamin Creme, The Awakening of Humanity)

***

O processo de se tornar divino é simples, natural, aberto livremente para todos os homens. É o processo de libertar aquele Deus, Que, desde o começo, tem habitado dentro de vocês. Minha Promessa é esta: se vocês Me seguirem em direção ao Novo Tempo, Eu libertarei para você suas naturezas divinas. Eu sou o Caminho e os Meios para Deus, pois Eu guardo os Portões através dos quais todos os homens passam para chegarem aos pés de Deus. Se vocês puderem confiar em Mim para mostrar o Caminho, Eu os levarei para frente e para cima em direção à Ele. Esta é Minha Tarefa. Eu lhes digo apenas o que vocês já sabem: que os homens são irmãos, mas quando esta irmandade se tornar manifesta no mundo, esta divindade, igualmente, virá a diante. (Maitreya, da Mensagem Nº 28)

***

Logo, o mundo irá saber que os muitos ensinamentos e formulações da verdade saem de uma única fonte; que o mesmo estímulo divino flui através de todos; que as interpretações variadas resultam do fato de que a humanidade possuí necessidades diversas e está em muitos estágios na escada para a ascensão. Não é à toa que a Hierarquia tem trabalhado para apresentar os ensinamentos necessários e idéias na frente mais ampla, em muitos níveis diferentes e em uma multiplicidade de maneiras.

A síntese de idéias subjacentes à Nossa variada apresentação sai de Nosso sentimento da unidade de todas as coisas, de Nossa constante consciência do Todo e da indivisibilidade desta Realidade. Quando o homem partilhar esta experiência, todas as coisas se tornarão possíveis.

Quando os homens verem o Cristo e Seus Discípulos, os Mestres da Sabedoria, eles chegarão a uma compreensão do quão necessária são as várias apresentações da verdade, pois eles chegarão a compreender o quão antigo é o homem, o quão variadas são suas experiências e expectativas pelas eras, e quão diferentes são as maneiras pelas quais os homens absorvem idéias. Eles irão compreender, também, algo da inerente unidade por detrás de diversidade exterior. (O Mestre de Benjamin Creme, da "Necessidade pela síntese")

***

Neste tempo vindouro, nós teremos uma mudança na consciência para incluir cada aspecto de nosso ser em nossa definição de "espiritual". Todas as nossas estruturas devem ser baseadas na Unicidade interna da humanidade e refletir esta realidade. Todas as almas são Uma. Nós precisamos criar sistemas político, econômico e social que permitam esta divindade interna se manifestar.

Nós construímos sistemas que estão baseados em princípios errados: competição, divisão, separatismo e desigualdade, todos em direta oposição à realidade interna. A realidade interna é a Unicidade do homem, uma divindade partilhada que é potencial em cada ser humano, e que precisa das formas exteriores corretas para permitir que este esplendor interno seja expressado. (Benjamin Creme, Maitreya's Mission Vol 1)

***

Síntese possuí relação com relacionamentos-- por exemplo, o relacionamento de idéias. Através da investigação filosófica você pode ampliar a consciência até o que parecia mais distante poder ser visto lado a lado. Não apenas complementando e completando um ao outro, mas lançando luz em cada um. É esta habilidade para sintetizar que inevitavelmente amplia a consciência da humanidade e torna corretas relações humanas possíveis.

Estas energias de Aquário, com suas qualidades de síntese, irão ampliar a consciência individualista até que ela possa abraçar a una humanidade. De forma que nós possamos ser totalmente, unicamente individuais, e ao mesmo tempo como uma parte deste grande grupo que nós chamamos humanidade. (Benjamin Creme, The Gathering of the Forces of Light)

***

Quando o homem vê o universo e a si mesmo com Um, todas as coisas se tornam possíveis. Nós precisamos ver nós mesmos como Um e em união com o universo: que não existe diferença entre nós e o universo; que nós estamos intrinsecamente relacionados a cada outro ser na Terra e tudo na Terra; que a estrutura atômica que nos compõem, compõe tudo o que nós podemos ver em todo o cosmos; que há apenas unidade.

Portanto, o desejo por unidade, a criação de grupos, este crescimento de grupos, e nesta nova Era de Aquário este esforço grupal irá se tornar o esforço. Nada de uma importância maior será tentado em uma base individual. É a era do grupo, expandindo a atividade até que todo o mundo esteja trabalhando junto, expressando a básica unidade do planeta Terra. (Benjamin Creme, The Art of Co-operation)

***

Eu estou emergindo logo, mas primeiro Eu gostaria de apontar o caminho para a nova direção que o homem, se ele deseja sobreviver, deve tomar. Primeiramente, os homens devem ver a si mesmos como irmãos, filho do Único Pai. Isto é essencial se eles desejarem progredir um passo mais próximo da Divindade. Através do mundo existem homens, mulheres e pequenas crianças que não têm nem os essenciais para manterem-se vivos; eles enchem as cidades de muitos dos mais pobres países no mundo. Este crime Me enche de vergonha. Meus irmãos, como vocês podem assistirem estas pessoas morrerem diante de seus olhos e chamarem a si mesmos de homens? Meu plano é o de salvá-los, Meus pequeninos, de fome certa e morte desnecessária.

Meu plano é o de mostrar a vocês que o caminho para sair de seus problemas é o de ouvir novamente a verdadeira voz de Deus dentro de seus corações, partilhar o produto deste mundo dos mais caridosos entre seus irmãos e irmãs em todos os lugares. (Maitreya, da Mensagem Nº 11)

***

As Nações Unidas são o modelo para um futuro Governo Mundial de estados federados independentes. Não faz parte do Plano Divino que as nações devam viver sobre um único sistema político. Democracia e Comunismo são cada um a expressão, mais ou menos distorcida, de uma idéia divina. Em suas eventuais perfeitas expressões, cada um dará ao mundo um modelo de organização social adequado para diferentes pessoas em diferentes circunstâncias. "Unidade na diversidade" pode ser dito, é a chave principal de futuros agrupamentos políticos. (Benjamin Creme, Maitreya's Mission Vol 1)

***

Não obstante a dor e sofrimento tão disseminados hoje, muitos estão sentindo uma nova confiança em si mesmos e no futuro, uma nova esperança que os presentes males são transitórios, e que um tempo melhor está próximo.

Vendo esta nova luz dentro da humanidade, Maitreya sabe que os homens estão despertando para Seus esforços e energias, que as novas potências de Aquário estão cumprindo suas promessas, e estão levando os homens juntos em uma sentida unidade de propósito e orgulho. De agora em diante, este sentimento aglomerante de unidade, e a força que ele produz, irá se manifestar mais e mais, e irá levar a ação organizada por muitos para melhorarem suas sinas, para mudar condições que apequenam os homens e os deixam sem esperança. Desta forma, uma mudança substancial nas condições mundiais irá acontecer em um período de tempo relativamente curto. Os homens estão aproximando-se do nadir de suas desgraças auto-criadas. (O Mestre de Benjamin Creme, de "Uma nova luz na humanidade")

***

A qualidade marcante da energia de Aquário é síntese, daí o resultado de sua ação ser a junção e fusão da presente dividida e separatista humanidade em um todo. Um novo sentimento de unicidade (com toda a criação) irá substituir o presente sentimento de separação. Na esfera social e política, isto irá se demonstrar como fraternidade, justiça e partilha. O presente medo e confusão irá abrir caminho para uma nova liberdade e sentimento de sentido e propósito na vida. Será uma era na qual a humanidade -- pela primeira vez como um todo-- perceberá e manifestará sua inerente divindade. Co-operação irá substituir a competição; tolerância e boa-vontade irão suplantar a divisão e o ódio. (Benjamin Creme, Maitreya's Mission Vol 1)

***

O ardor é uma ação impessoal, ardente. Desejo é ação pessoal que pode ser tão intenso, mas se feito com fanatismo irá inevitavelmente causar destruição, porque o fanatismo separa. Qualquer coisa que separe, destrói a ação da evolução que é sempre em direção à unidade. Você poderia dizer que a síntese é a qualidade fundamental governando o processo evolucionário. Aquilo que nós chamamos Deus, do qual nós somo um reflexo, está objetivando a síntese. O propósito de Deus é o de alcançar unidade levando novamente junto todos os átomos diversos que Deus espalhou em cada direção. Trazê-los todos juntos novamente unificados por um propósito único: o serviço ao próprio Plano de evolução; a compreensão do quão vasto, quão incrivelmente belo este Plano é em todas as sua variedade, sua diversidade, e trazer isto a uma unidade. (Benjamin Creme, Maitreya's Mission Vol 2)

***

Meus amigos, Minhas crianças, Eu estou aqui para mostrar a vocês que existe para o homem um futuro dos mais maravilhosos. Enfeitado com todas as cores do arco-íris, brilhando com a Luz de Deus, o homem, um dia, estará erguido em sua divindade. Isto Eu prometo a vocês. Eu sou um Homem simples, e de maneira simples Eu faço o Meu Apelo para vocês: Confiem em Mim, sigam-Me, deixe-Me levá-los em direção ao futuro, na base do Amor, na base da Partilha, na base da Fraternidade. Deixe-Me mostrar a vocês o caminho a este estado de simples interdependência, de justiça, correto alinhamento com sua Fonte e seus irmãos. (Maitreya, da Mensagem Nº 4)

***

Assim nós estamos hoje na beira de uma era de novo conhecimento, conceitos mais amplos, horizontes mais largos e experiência mais rica do que qualquer coisa conhecida antes.

Precisamente em tal tempo entrou o novo Instrutor. Sua será a tarefa de ampliar ainda mais estes horizontes para o homem, de mostrar que tudo está interconectado, que nós vivemos dentro de uma família, como irmãos, e que cada um contribui para o bem-estar do todo. Assim o homem chegará a um sentimento de si mesmo como uma unidade integral em um vasto sistema que se estende às estrelas; como um pequenino ponto de consciência, vida amável, sem o qual o Universo seria mais pobre. Assim o homem verá a sua grandeza, e sua função em um esquema sem fim de pontos interrelacionados de luz, energia e conhecimento.

O primeiro passo é o de aceitar que tudo é Um, que a diversidade subjacente de formas bate no Coração da Vida Una Divina. Quando a humanidade perceber esta Verdade, emergirá uma civilização baseada nesta Verdade que irá carregar o homem para o pé da Própria Divindade. Deste lugar sagrado, o homem verá as glorias até então escondidas de seu olhar e conhecerá a si mesmo como o Deus que ele é. (O Mestre de Benjamin Creme, de "A Divina Ciência")

 

Mantra da Unificação

Os filhos dos homens são um e Eu sou um com eles.
Eu procuro amar, não odiar;
Eu procuro servir e não exatamente exigir serviço:
Eu procuro curar, não ferir.
Que a dor traga a devida recompensa de luz e amor.
Que a alma controle a forma exterior, a vida e todos os eventos
E traga à luz o amor subjacente aos acontecimentos do tempo.
Que a visão venha e traga discernimento.
Que o futuro erga-se revelado.
Que a união interna demonstre-se e as clivagens exteriores desapareçam.
Que o amor prevaleça.
Que todos os homens amem.

(Dado ao mundo pelo Mestre Djwhal Khul; ver A Exteriorização da Hierarquia, por Alice A. Bailey, Lucis Press, Londres, 1957, p.142 )

 

O Caminho Espiritual
por Benjamin Creme

Existe apenas uma maneira de se viver-- a maneira espiritual. Quando ela é espiritual, ela leva em conta tudo. O espiritual não vê fronteiras: ele não vê o bem e o mal, o indiferente e por aí vai. Ele vê todos como um. E você, como uma alma, é um ser espiritual. É por isto que você se une a um grupo espiritual trabalhando pelo Reaparecimento dos gigantes espirituais do mundo, os Mestres da Sabedoria, ao mundo cotidiano, com Maitreya como Seu cabeça. Não há caminho melhor que você poderia ter escolhido. Seja lá o que você fizer, lembre-se, como Maitreya disse, você veio nesta vida para fazer este trabalho, e este trabalho é a preparação para o retorno dos Mestres e Maitreya no mundo, e o começo da Era Espiritual, a Era na qual o aspecto espiritual da humanidade, a alma da humanidade, irá gradualmente ser fomentada e enriquecida, e as pessoas não pensarão de outra forma. Quando você alcançou um certo ponto no caminho da espiritualidade, não há apenas como não se retornar, não há outro caminho. Há apenas este caminho porque ele engloba cada outro, porque há apenas divindade. Se há apenas divindade, você não pode pegar e escolher partes diferentes dela. É isto que aqueles que não conseguem ver o caminho espiritual fazem. Eles não estão errados, eles apenas pegam e escolhem e conseguem um pouco dele. Então eles atrasam suas entradas no caminho espiritual. Mas quando você se mantém, fortemente, ao caminho espiritual, seja lá a que custo para você mesmo, então você está bem no caminho de se tornar, como Maitreya diria, o Deus que você é. Maitreya vê cada um de nós como Deuses.


 

Cartas ao editor

Bem conhecido

Caro editor,
No Sábado, 16 de Junho de 2012, eu peguei o trem para Purmerend, Holanda. Quando eu sai do trem, eu perguntei a um casal o caminho para o shopping. "Nós vamos levá-lo lá, já que nós estamos indo para o shopping também", eles sugeriram. Ela muito docemente me ofereceu seu braço e seu marido nos acompanhou. Eles eram um casal idoso e ela tinha um lábio leporino. Eles disseram que eles estavam vivendo em Permerend. Nós conversamos no caminho e eu contei a eles que eu fui para o shopping para distribuir Emergências Trimestrais sobre a paz e outras coisas. Uma vez no shopping, nós dissemos adeus, e ela era tão doce, que ela me deu um beijo e eu beijei ela também. Ele amavelmente me deu a mão e eu também lhe dei um beijo de adeus. Quando eu estava distribuindo os jornais, eu vi o mesmo casal passando. Ele pegou um e ela disse algo como "Como é possível que eu quase passei por você sem perceber."

Eu comecei em 1976 com a primeira palestra de Benjamin Creme na Holanda. Eu imediatamente soube que este era o CAMINHO, O CAMINHO da PARTILHA. Este é o futuro. Finalmente, Paz na Terra.

Eu estou muito interessado em saber quem estas pessoas doces eram, elas eram alguém especial? E se sim, quem Elas eram?
C.N., Egmond aan Zee, Holanda.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a "mulher" era o Mestre Jesus, e o homem era um discípulo do Mestre Jesus.)

 

Duas vezes abençoado

Caro editor,
Cerca de um ano atrás, eu me deparei com a informação que a Share International esteve espalhando por décadas. Foi através de um programa de rádio da Mantra FM, uma estação de rádio de internet da Argentina. Eu fiquei muito impressionado com a informação e em Março passado nós formamos um pequeno grupo de Meditação de Transmissão em nossa cidade.

Ultimamente, nós pensamos em agirmos mais e decidimos distribuir o jornal Emerger Mundial (o jornal em espanhol Emergência Trimestral), então nós começamos distribuindo ele cerca de um mês atrás.

Em 25 de Julho de 2012, em um festival local em La Coruña, depois de uma longa caminhada distribuindo cópias do jornal, eu me encontrei com um homem bem incomum. Ele estava pedindo comida, mas ele tinha uma postura muito elegante, e suas roupas, embora velhas, eram também elegantes! Ele explicou para mim que, já que era um feriado, ele não podia sair para uma cozinha pública pegar uma refeição e pediu muito educadamente para mim se eu podia lhe dar um pouco de dinheiro para comprar comida.

Eu já tinha encontrado este homem antes, próximo a minha casa em Janeiro, alguns dias depois da minha mãe ter falecido e eu não estava de forma alguma bem. No momento, ele também me impressionou muito, embora eu não consiga me lembrar agora da ocasião na qual eu lhe dei dinheiro, mas ele despertou em mim o mesmo sentimento que neste encontro.

Eu senti que ele era alguém especial, com cabelo longo cinzento e também a barba, e olhos azuis muito especiais, azuis como o céu. Eles ficaram gravados em minha mente. Eu me pergunto se ele era alguém especial ou talvez um Mestre. Eu o encontrei em dois momentos "especiais" da minha vida e em ambas ocasiões ele me transmitiu muita paz.

Obrigado a você pelo o que nós estamos recebendo da Share International.
L.R., La Coruña, Espanha.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o homem incomum era o Mestre Jesus.)

 

Dádiva de boas vindas

Caro editor,
Em 30 de Novembro de 2011, eu estava dando uma palestra em Viena sobre a emergência de Maitreya. Às cerca das 6 horas da tarde, durante a preparação da sala para a palestra, alguém estava batendo em uma das janelas onde eu estava testando o projetor de vídeo. Já estava escuro no lado de fora, então eu não conseguia ver quem estava batendo. Eu fui para perto da janela e percebi um homem Africano com a pele muito escura, vestindo um casaco de pele com capuz. Esfregando seus dedos, ele mostrou para mim que ele queria dinheiro. Eu me lembrei que eu tinha deixado €1 no bolso do meu casaco de pele. Eu peguei a moeda, fui para a porta de entrada e dei a moeda para este homem. Ele a pegou e em um alemão pobre tentou me fazer entender que, de maneira a ter seu dente consertado, ele precisava mais do que isto, pelo menos €10. Ele olhou para mim de maneira muito convincente, então eu voltei para o outro lado da sala para pegar uma nota de €10 da minha carteira. Enquanto eu estava novamente caminhando em direção à porta de entrada, eu estava me perguntando porque eu estava agindo tão diferente do comum. Assim que eu dei a nota, o homem suplicou por €10 adicionais, explicando então que ele teria todo o dinheiro necessário para definitivamente consertar o seu dente. Eu devo admitir que eu não sou uma pessoa muito generosa. Mesmo assim, eu não tive problemas para dar a ele mais uma nota de €10. Ele me agradeceu muito emocionalmente, deu a mão a mim e foi embora.

Eu poderia gentilmente perguntar se o pedinte era um homem comum ou um Mestre em um disfarce?
F.B., Viena, Austria.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o homem era Maitreya.)

 

Agradecimento

Caro Editor,
Quando eu me tornei consciente dos Ensinamentos da Sabedoria Eterna, uma parte de mim reconheceu que eu finalmente tinha encontrado minha melhor razão para ser e eu verdadeiramente me tornei muito mais feliz por causa deles. Desde então, eu nunca me canso de procurar e digerir suas mensagens incrivelmente importantes onde quer que eu as ache e desejo simplesmente expressar, na maneira mais sincera possível, o quão agradecido eu estou para com os Mestres e todos seus ajudantes por trabalharem para nos elevar, como eles estão fazendo. Ele abriu um canal de Amor em mim que eu experiencio como sem fronteira.

Obrigado a você por tudo que você faz e por minha parte nisto.
P.M., Nanuet, Nova York, EUA.

 

Duas cartas da mesma pessoa:

Vôo noturno

Caro editor,
(1) A Conferência anual Norte Americana de Meditação de Transmissão aconteceu no meio de Agosto de 2012, fora de São Francisco, com mais de 100 pessoas participando. No fim da primeira noite de Meditação de Transmissão, um amigo e eu estavamos caminhando de volta para o dormitório logo depois da meia-noite quando nós percebemos atividade bem baixo, sobre os dormitórios. Um ÓVNI estava voando sobre o cume na frente de nós no fim do campo. O contorno da nave não era visível no escuro, mas ela tinha o que parecia ser dois "faróis" vermelhos que não piscavam, e uma luz maior branca muito brilhante, onde o cockpit estaria, que não mudava. Na verdade, ela respondeu à nossa solicitação telepática para mudar a forma e nós sentimos uma conexão intuitiva aos comentários e observações que nós estávamos fazendo.

A primeira nave cruzou o céu sem fazer barulho da direita para esquerda e então passou pelos dormitórios. Ela foi seguida por outra, e então outra idêntica. Tudo dito, devem ter passado 24 ou 25 nos 45 minutos que nós estávamos vendo, embora possam ter sido as mesmas três ou quatro naves circulando de volta e fazendo outro vôo. Depois, quando eu estava sentado do lado de fora escrevendo a experiência à luz de uma lanterna, duas das mesmas naves voaram por um intervalo de três minutos, extremamente baixas no céu e diretamente em minha frente. Neste momento, eu podia ver janelas na frente que também brilhavam com luz.

Você poderia me contar de onde estas naves vieram, quem as estava controlando e o que elas estavam fazendo lá? Infelizmente, o céu estava coberto e elas não estavam visíveis na próxima noite e na noite final da conferência.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que as espaçonaves eram de Vênus. Elas estavam apenas passando e ofereceram o 'espetáculo'.)

 

Em massa

(2) O avistamento me lembrou dos eventos que ocorreram na mesma conferência em Agosto de 2010, quando Benjamin Creme estava presente. Durante a sessão de perguntas e respostas na segunda tarde, ao Sr. Creme foi perguntado se a "estrela" de Maitreya poderia aparecer naquela noite como uma aparição especial para o grupo. Ele disse que ele não podia garantir nada, mas conforme nós saímos da Meditação de Transmissão à cerca da meia-noite, lá estava ela, brilhando muito baixo sobre o terreno da conferência e ENORME, pulsando com luz interna cintilante.

O mesmo amigo e eu, mais alguns outros, decidimos descer a borda de uma lagoa próxima para termos uma vista melhor já que não haviam luzes no caminho lá e estaria muito mais escuro. Foi neste momento que outra sobrevoada de espaçonaves ocorreu. Devem ter tido pelo menos 30 delas que vieram em massa, voando baixo sobre a água, toda a extensão da lagoa e então para o mar. Elas estavam voando tão baixo na verdade que nós podíamos até distinguir as janelas.

Você poderia, por favor, me contar de onde estas naves vieram?
D.H., Vancouver, Canadá.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que estas espaçonaves eram de Marte, fazendo reconhecimento.)


 

Sinais dos Tempos

Milagre em Kabul

Milagre em Kabul

Durante o Ramadã este ano (2012), uma garota de 12 anos chamada Wagma, em Kabul, Afeganistão, experienciou um milagre extraordinário. Ela explicou que depois de acordar e recitar o Corão: "Um homem velho com uma barba longa branca veio a mim que estava cheia de benções e usando medalhas de ouro branco e xale. Eu estava rezando. Ele veio próximo a mim, moveu seu xale sobre mim, deu um sorriso e desapareceu.

Depois disso, eu não conseguia entender o que realmente tinha acontecido. Eu fiquei com medo e fui para meu pai. Meu pai perguntou: "Você viu o seu rosto!" Eu respondi: "Não, pai, eu não vi". Quando eu olhei para o meu rosto, estavam lá sinais de Alá e o nome de Maomé em meu rosto como você vê. Depois disso, eu fui me purificar (eu já estava me purificando). Quando eu retornei, eu tinha outro sinal de Alá e Maomé em meu pescoço e dedo. Eu não sinto nenhuma dor ou inchaço. Eu acho que eles foram dados a mim por Alá."

(Fonte: YouTube: TypicalShahab)

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o "homem velho" era Maitreya. É um sinal de Maitreya de que todo o mundo O verá logo-- e para os Mulçumanos de que ele está aqui.)

 

Fotos sinais:

Fotos sinais

Fotografia enviada por D.P. tirada em Fevereiro de 2011 num workshop infantil de artes visuais em Moret sur Loing, França, mostra uma benção de luz do Mestre Jesus.

 

Padrões de luz na Rua Northdown, Londres, em 17 de Julho de 2012. Enviado por P.C., Slough, Inglaterra.

Padrões de luz na Rua Northdown, Londres, em 17 de Julho de 2012. Enviado por P.C., Slough, Inglaterra. (O Mestre de Benjamin Creme confirma que os padrões foram manifestados por Maitreya, em associação com os Irmãos Espaciais.)

 

Sinais do Espaço

Duas das recentes formações em plantações criadas em campos de cereais no Reino Unido. O Mestre de Benjamin Creme confirma que a formação de Waden Hill foi criada por uma espaçonave de Vênus, e a de Liddington foi feita por uma espaçonave de Marte.

Liddington, 21 de Julho de 2012

Liddington, 21 de Julho de 2012
Foto: Steve Alexander

Waden Hill, 1 de Julho de 2012

Waden Hill, 1 de Julho de 2012
Foto: Steve Alexander

Por favor, clique na imagem de Waden Hill para ver a imagem em total esplendor!

Para mais informações: www.temporarytemples.co.uk

 

Nova Mensagem de Sai Baba

O seguinte é um relato de um sonho por Jairo Borjas, de Bogotá, Colombia. Jairo Borjas é um Venezuelano, há muito tempo devoto de Sai Baba e ficou em Seu Ashram por um ano em1997-8, como foi instruído pelo próprio Sai Baba em entrevistas. Sai Baba, o grande instrutor espiritual situado em Puttaparthi, India, morreu em 2011. Em 29 de Abril de 2012, Jairo Borjas teve um sonho no qual Sai Baba lhe deu uma mensagem especial:

De maneira muito empática Ele me disse que nós estamos prestes a testemunhar um momento excepcional na história da humanidade, será daqui pouco tempo, e que Seu poder e glória irão se manifestar em maneiras que nós nunca vimos ou imaginamos antes. Este tempo está se aproximando.

Swami me disse: "Meus devotos devem acordar do sonho. Eu não sou o corpo, ou uma forma ou outra de Deus, mas todos os nomes e todas as formas. Como pode o eterno e imensurável Deus estar limitado a uma forma? Como pode ser dito que eu alcancei um estado de êxtase, ou que eu estou em Samadhi ou Mahasamadhi, quando eu, como Deus estou sempre em êxtase e na verdade Eu mesmo sou o êxtase? Se eu sou aquilo que você sempre esteve procurando, eu sou a fonte, eu mesmo, da própria felicidade e êxtase." Oh, devotos, despertem, despertem, despertem.... o momento no qual grandes Sábios e Sidhas estiveram esperando por eons...está se aproximando rapidamente. Percebam quem eu sou, minha realidade desta Onipresença, esta Grandeza; e Majestade, e preparem-se para um evento extraordinário que está prestes a se revelar... no qual eu irei retornar em maneiras que vocês nunca imaginarão. Confiem em mim, tenham fé completa e rendam-se. Logo, todos perceberão minha glória e grandeza." Agora, vá ao redor do mundo e espalhe minha mensagem. Digam a todos para estarem preparados. Este é um grande tempo e uma grande oportunidade, algo extraordinário na história da humanidade está prestes a acontecer. "17 de Maio de 2012. (Traduzido por Ana Diaz- Viana de San Jose.)

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que este é um sonho autêntico de Sai Baba, mas o texto não é exatamente o que foi dado, devido as formas de pensamento na mente do sonhador.)

 

Ex agente da CIA diz que ele viu evidência de Roswell

Um ex agente da CIA diz que ele viu evidência que um ÓVNI caiu em Roswell, Novo México, em 1947, e que corpos de extraterrestres foram recuperados com a nave. Chase Brandon, que trabalhou com a CIA por 35 anos, visitou uma seção especial dos quartéis generais da CIA no meio dos anos 1990 chamada Coleção Histórica de Inteligência.

"Um dia, eu estava dando uma olhada lá e lendo alguns dos títulos que eram em sua maioria somatórios escritos a mão do que estava nas caixas.", Brandon disse. "E tinha uma caixa que realmente tomou minha atenção. Tinha uma palavra nela: Roswell. Eu peguei a caixa, levantei a tampa, dei uma vasculhada dentro dela, coloquei a caixa de volta na prateleira e disse: "Meu deus, realmente aconteceu!"

Embora Brandon não revelará o que estava na caixa, ele disse que continha "Algum material escrito e algumas fotos, e é isto é tudo que eu falarei para qualquer um sobre o conteúdo da caixa. Mas absolutamente, para mim, foi um momento único de validação que tudo que acreditava , e sabia que muitas outras pessoas acreditavam, tinha acontecido, certamente tinha acontecido.

"Era uma espaçonave que claramente não vinha deste planeta, ela caiu e eu não duvido por um segundo que o uso das palavras 'restos' e 'cadáveres' era exatamente o que as pessoas estavam falando."
(Fonte: huffingtonpost.com)

 


 

A Vida à Frente na Nova Era-- Objetivos e Possibilidades
por Benjamin Creme

O objetivo para humanidade nesta era vindoura é a criação da consciência grupal, o sentimento de sermos partes integrais de um Todo. As novas energias entrando neste planeta da constelação de Aquário trabalham nesta direção; sua qualidade intrínseca é a síntese e a universalidade.

Nós estamos prestes a testemunhar profundas mudanças em todas as nossas instituições e estruturas-- política e econômica, religiosa e social, científica, educacional e cultural. Estas mudanças irão ocorrer conforme a humanidade se apropriar, estágio a estágio, da sua Unicidade essencial, e adotar medidas necessárias para implementar esta Unicidade. Uma das principais coisas que irão acontecer depois do Dia da Declaração é a virada de atenção da humanidade bem fortemente para a limpeza do meio ambiente e em tornar esta Terra viável novamente. Cada ser humano, de qualquer idade, estará envolvido neste processo. Assim que as necessidades dos milhões de famintos forem satisfeitas, assim que o processo de partilha estiver em curso, então a atenção de todos deve-se voltar para o apoio de nossos ecossistemas, de outra forma não haverá mais planeta.

(Fonte: Adaptado do artigo "Objetivos e Possibilidades" em Maitreya's Mission Volume One com material adicional de The Awakening of Humanity.)

 

Prioridade Número Um

A primeira prioridade humana é o salvamento dos milhões agora morrendo de fome no Mundo em Desenvolvimento. Um programa de choque de ajuda em uma escala mundial será necessário para aliviar a situação. Nenhum esforço deve ser poupado para aliviar a aflição agora sendo sofrida em algumas das mais pobres áreas. Não há nada mais urgente ou importante a se fazer no mundo hoje. Tudo mais deve seguir-se a esta necessidade humana primária.

***

Uma das principais coisas que irão acontecer depois do Dia da Declaração é a virada de atenção da humanidade bem fortemente para a limpeza do meio ambiente e em tornar esta Terra viável novamente. Cada ser humano, de qualquer idade, estará envolvido neste processo. Assim que as necessidades dos milhões de famintos forem satisfeitas, assim que o processo de partilha estiver em curso, então a atenção de todos deve-se voltar para o apoio de nossos ecossistemas, de outra forma este planeta não será mais habitável.

O Próprio Maitreya disse que o salvamento do meio ambiente deve se tornar a primeira prioridade de todas as pessoas, jovens e velhas. Os efeitos do aquecimento global nas calotas polares, por exemplo, são agora evidentes a todos. Um gigantesco programa de reflorestamento aguarda a nossa atenção; isto, é lógico, levará tempo para ser alcançado, mas um começo deve ser feito agora.

Vocês descobrirão que a base do ensinamento de Maitreya são corretas relações: entre homem e homem (e mulher); homem e Deus; e entre o homem e seu ambiente, o planeta. Nós iremos compreender que o homem, a natureza e Deus são Um, e que cuidado adequado do planeta (e de todos os reinos nele) é essencial para o bem estar do todo.

***

Mudanças econômicas

O Cristo, Maitreya, fará um chamado pela aceitação do princípio da partilha através da redistribuição dos recursos do mundo- -a comida, matérias primas, energia e perícia tecnológica, largamente usurpados (e desperdiçados) hoje pelas nações desenvolvidas.

Quando nós tivermos aceitado o princípio da partilha (que a princípio será forçado sobre os governos pela opinião pública mundial), a cada país será pedido para doar, em confiança para o mundo, aquilo que ele tem em excesso em relação as suas necessidades. Cada país será convidado a fazer um inventário de seus ativos e necessidades. Alimentada em computadores, estas estatísticas irão oferecer a uma Agência das Nações Unidas, estabelecida com este propósito, as informações com as quais uma redistribuição racional dos recursos do mundo poderá acontecer. Desta forma, um melhor equilíbrio entre o mundo desenvolvido e em desenvolvimento poderá ser alcançado. Foi estimado que o programa de redistribuição levará de dois a três anos para ser implementado. Os planos e diagramas para o esquema, elaborados por altos iniciados-- economistas, financistas, e industrialistas de grandes realizações-- há muito tempo já existem, aguardando apenas a demanda da humanidade para sua implementação. Uma forma sofisticada de permuta irá substituir os presentes sistemas econômicos.

Não há dúvidas que haverá oposição daqueles membros mais privilegiados da sociedade que verão nas mudanças que precisam ocorrer uma perda em seus status tradicionais e poderes, mas a necessidade por mudança ser tornará tão esmagadoramente óbvia que eles se encontrarão crescentemente sem poder para pararem o momento.

***

Mudanças políticas

Por muitos anos, em cincos grandes centros (Nova York, Londres, Genebra, Darjeeling e Tóquio), grupos foram treinados por um Mestre na precisa legislação que irá mudar nossas presentes caóticas estruturas políticas, econômicas e sociais em direção a linhas mais racionais (e espirituais). Com o mínimo de clivagem, o mínimo de ruptura do existente tecido social, vastas mudanças podem ser esperadas pelos anos vindouros. O sistema democrático ainda continuará, e será visto como correto e efetivo quando ele for, pela primeira vez, verdadeiramente dirigido para o bem comum. A participação de todas as seções da sociedade na construção da nova ordem social irá garantir a adoção rápida das medidas necessárias para a sua implementação.

A chave para um clima político mais harmonioso é a aceitação do princípio da partilha. Tanto os sistemas democrático e comunista estão em processo de transição, e conforme eles evoluírem, eles se tornarão menos mutuamente exclusivos do que eles agora parecem ser. Uma maior harmonia mundial irá ser o resultado.

A Assembléia das Nações Unidas irá vir à frente como o corpo legislativo internacional. O trabalho da Assembleia hoje é inibido pela falta de apoio dado a ela pelas maiores potências, em particular os EUA e a Rússia, e pela existência do Conselho de Segurança com o seu poder de veto. O Conselho de Segurança não tem mais sua utilidade e agora deve dar espaço para a voz mais ampla da Assembléia ser ouvida. As Nações Unidas são o modelo para um futuro Governo Mundial de estados federados independentes. Não faz parte do Plano Divino que as nações devam viver sobre um único sistema político. Democracia e Comunismo são cada um a expressão, mais ou menos distorcida, de uma idéia divina. Em suas eventuais perfeitas expressões, cada um dará ao mundo um modelo de organização social adequado para diferentes pessoas em diferentes circunstâncias. "Unidade na diversidade" pode ser dito, é a chave principal de futuros agrupamentos políticos.

***

Novas abordagens para o trabalho

Mudanças profundas já estão ocorrendo no mundo industrializado com o advento da micro-tecnologia. Máquinas, ainda mais sofisticadas, irão crescentemente tomar os meios de produção. Os problemas do desemprego de hoje irão se tornar os problemas do lazer. Educação para o correto e máximo uso do lazer será de uma suprema importância. Eventualmente, todos os artefatos de nossa civilização serão feitos por máquinas, assim liberando o homem para a exploração de sua própria natureza e propósito. Em tempo, estas máquinas serão feitas por um ato da vontade criativa do homem; nós, ainda, mal tocamos a superfície do potencial da mente humana.

A imediata necessidade é a de transformar os processos de trabalho para liberar da labuta mecânica os incontáveis milhões que agora conhecem nenhum outro propósito em seus trabalhos diários: "Deixe-me levá-los a um mundo onde nenhum homem tem falta; onde um dia não é igual ao outro; onde a felicidade da Fraternidade manifesta-se através de todos os homens." (Da Mensagem de Maitreya Nº 3)

***

O fim da doença

O Advento do Cristo e a emergência dos Mestres da Sabedoria irão levar a um enorme sentimento de alívio e a redução da tensão no mundo. O ganho no bem-estar físico e emocional será considerável. Muitas das doenças físicas no mundo hoje têm uma causa física: os esforços, as tensões e medos inerentes em nossa sociedade e mundo divididos. Dando verdadeira esperança para o futuro, a saúde geral da humanidade irá melhorar.

Independentemente disto, novas abordagens para se descobrir as causas das doenças serão feitas. A existência dos planos etéricos de matéria, matéria mais sutil do que o gás e normalmente invisível, há muito foi postulada, e aceita pelos esoteristas como evidente. Esta é a próxima área da matéria a ser investigada pelos nossos cientistas exotéricos. Fotografia Krilian e o trabalho de Wilhelm Reich já apontaram o caminho. Será percebido que a saúde do corpo físico depende inteiramente do "duplo" etérico, ou da "contraparte do corpo". Os centros de força (ou chakras como eles são chamados no Oriente), que focam o fluxo etérico, possuem suas contrapartes no plano físico denso nas maiores e menores glândulas do sistema endócrino. Nós estamos apenas começando a compreender o quão importante para o nosso bem-estar é o correto, inter-relacionado funcionamento do sistema endócrino. Isto, por sua vez, depende do correto funcionamento do corpo etérico vital que o sustenta.

***

Medicina "alternativa"

As tão chamadas medicinas "alternativas" ou complementares de hoje (elas são realmente muito antigas) irão tomar o seu lugar ao lado dos métodos mais ortodoxos. Times de médicos e curadores de várias disciplinas irão trabalhar juntos, cada um trazendo seus insights particulares para o maior benefício do paciente. Os Mestres são, sem exceção, adeptos nas artes de cura esotéricas, exemplificadas tão dramaticamente pelo Cristo na Palestina. Suas inspirações e orientações irão acelerar o ritmo de experimentos e descobertas e levar a resultados não sonhados hoje.

Existe, paralela à evolução humana, outra grande evolução, a Angélica (ou Deva, como ela é conhecida no Oriente), que tem muito para dar e ensinar a humanidade em conexão com a doença e a sua cura. Em um futuro não tão distante, contatos bem reais serão feitos entre as duas evoluções que irão resultar em uma grande expansão da consciência do homem sobre sua verdadeira natureza e sobre seu lugar no esquema das coisas. Todo este assunto é tão profundamente esotérico e abstruso que apenas breves menções sobre ele podem ser feitas aqui.

Certas doenças como a sífilis, tuberculose, e câncer são endêmicas na humanidade e inacreditavelmente antigas. Levará muito tempo para livrar o mundo inteiramente destes flagelos, mas eventualmente isto será feito. E enquanto isto, enormes avanços serão feitos em seus controles e na melhora de seus efeitos, como já é o caso da tuberculose. A adoção universal da cremação como o único método higiênico de restauração à terra do corpo depois da morte irá acelerar este processo. Por incontáveis eras, através do enterro, doenças do corpo físico foram absorvidas na terra e reabsorvidas nos tecidos vegetais e animais. Isto tem ocorrido por tanto tempo que a própria Terra está contaminada.

Mas nem todos os homens vêem o perigo que a humanidade encara em crescente potência. O tempo é curto, de fato, para a reconstrução de nosso mundo em linhas mais condizentes com o verdadeiro propósito e papel do homem.

Minha tarefa é a de mostra o caminho, delinear as possibilidades apenas, por pelo próprio homem o Novo Mundo deve se forjado. (Maitreya. da Mensagem Nº 12)

***

Telepatia

A era vindoura verá certas mudanças profundas na percepção humana que irão dar a humanidade uma experiência totalmente mais profunda e rica da Realidade na qual nós vivemos: telepatia e visão etérica irão se tornar parte do equipamento humano normal ao invés de serem, como agora, relativamente raros. Todos nós somos telepáticos (nós partilhamos esta faculdade com o reino animal), mas com a maioria de nós ela ocorre inconscientemente, espasmodicamente, sem qualquer controle ou intenção. Gradualmente, nesta Nova Era agora nascendo, a telepatia irá se tornar o modo normal de comunicação entre pessoas no mesmo estágio de evolução. O ofuscamento do Cristo de toda a humanidade no Dia da Declaração prenuncia a futura habilidade da humanidade de se comunicar mentalmente, telepaticamente, à vontade, sobre qualquer distância. Mentir irá se tornar automaticamente impossível e a fala irá gradualmente extinguir-se.

***

Visão etérica

Nós conhecemos hoje, três estados da matéria física: sólida, líquida e gasosa. O esoterismo postula a existência de mais quatro estados de matéria acima do gás, os planos etéricos. Nós vivemos em um oceano etérico, com nossos corpos etéricos sendo concentrações mais complexas deste oceano. O Mestre Djwhal Khul profetizou que uma mudança no olho físico irá ocorrer, para conferir o “duplo foco”, a visão etérica que permite a percepção destes planos sutis. Todo um novo mundo irá se abrir para a humanidade; as belezas dos planos sutis serão reveladas. Muitas das maiores cidades do mundo são construídas em pontos de energia etérica; a qualidade e tom destas concentrações energéticas irão se tornar uma grande fonte de descoberta e estudo.

***

Morte sem medo

Uma das mudanças mais profundas que irão ocorrer será na nossa abordagem para com a morte. A humanidade irá aceitar e compreender a Lei do Renascimento; que a morte do corpo é apenas uma transição para um estado novo e mais livre; que a alma em sua longa jornada em encarnação toma veículo após veículo através do qual ela reflete a si mesma no plano físico. A morte irá perder o seu terror. Quando o corpo estiver velho e esgotado em força, a morte será alegremente procurada como a porta para renovação e mais experiências.

O Cristo, Maitreya, irá afirmar a lenta, a gradual evolução do homem através do processo de reencarnação (a Lei do Renascimento), e através da nossa compreensão desta Lei e sua relação com a Lei de Causa e Efeito (a Lei do Carma) virá a base exata para o estabelecimento de corretas relações humanas. Nós iremos compreender que nossos pensamentos e ações de momento a momento colocam em movimento causas cujos efeitos tornam nossa vida o que ela é, para o bem ou para o mau. Então nós perceberemos a necessidade por inofensividade em relação aos outros, uma inofensividade baseada na “vontade para o bem”, expressando-se como boa vontade.

O Cristo irá proclamar a verdade que o Reino de Deus existe na Terra, e sempre existiu, no fato da Hierarquia Espiritual dos Mestres e Iniciados, e que um dia, através de Sua Agência, todas as Suas pessoas serão membros deste Reino. Os Antigos Mistérios serão restaurados, e o homem irá se ver como o Ser divino que ele é.

Todas as pessoas, eventualmente, mesmo aquelas não engajadas no campo religioso, irão partilhar o sentimento de uma base espiritual para a vida. Todas irão se engajar, independente do campo de atividade humana que elas possam estar, seja no político, científico, educacional ou artístico, afim de darem expressão a sentida verdade interior e irão construir uma cultura e uma civilização diretamente refletindo suas experiência de que Deus, a Natureza e o Homem são Um. Então, revelação se seguirá a revelação, até que nos encontraremos em posse daquele conhecimento que irá abrir para nós os segredos da própria vida e irá nos permitir tornarmo-nos criadores conscientes e colaboradores com Deus. Isto será possível quando a vontade da humanidade e a vontade de Deus forem uma e a mesma. Uma troca criativa entre Deus e o homem poderá então acontecer, e a verdadeira natureza e propósito por detrás da evolução humana irá se tornar aparente.

***

Ciência Divina

Isto irá nos levar a criação da Ciência Divina conhecida apenas pelos Mestres da Sabedoria. Um dia, através do próprio homem, esta ciência irá se tornar o instrumento pelo qual as forças do universo poderão ser aproveitadas e utilizadas no serviço do Plano Divino para acelerar a evolução de todos os reinos da natureza. Sobre a orientação da Hierarquia dos Mestres, o homem será capaz de controlar forças e energias do qual ele é hoje totalmente inconsciente, e do qual hoje ele está totalmente à mercê. Ele será capaz de transcender o tempo e a distância pelo poder de seu pensamento e de criar modos de viagem tão silenciosos e aparentemente imóveis que a fadiga irá desaparecer. Através do poder do som ele irá construir seus artefatos e controlar seu ambiente.

Naturalmente, tudo isto depende de nossa habilidade de abrirmos mão de nossas pequenas vontades separatistas, e levá-las em linha com a Vontade e Propósito Divinos. É para este fim que o Cristo, Maitreya, e os Mestres irão trabalhar. Deles é a tarefa de então liderar e guiar de forma que nós, de bom grado, abriremos mão, na luz da visão de nossas próprias almas da amplitude e majestade do Plano.

Uma nova era de paz e boa vontade está nascendo no mundo. Nada pode agora impedir a inauguração desta era de tranquilidade e equilíbrio. As forças cósmicas liberadas no mundo pelo Cristo estão definitivamente tornando-se manifestas no plano físico e irão continuar a fazê-lo em potência sempre crescente. Estas forças irão levar a resultados os quais no momento parecem impossíveis de se alcançar. Mais e mais, estas energias irão condicionar os modos de nosso pensamento e sentimento, e irão levar eventualmente àquele desejado estado de fusão e síntese que será a nota principal da Era Aquariana. Então nós iremos reconhecer o fato por tanto tempo escondido e não manifestado: que a Humanidade é Uma, parte da Vida Una.


 

Dos nossos próprios Correspondentes

Voz das pessoas

O movimento Occupy está vivo e bem
por Cher Gilmore-- um extrato

Depois que os acampamentos Occupy em várias cidades dos EUA foram quebrados pelas autoridades e o clima frio prejudicou ainda mais protestos desta forma, pessoas fora do movimento começaram a pensar publicamente se ele tinha ou não perdido o seu momento, ou pior, terminado. Para responder esta pergunta, eu pesquisei o Occupy e outros movimentos irmãos em outros países e entrevistei mais de uma dúzia de pessoas de várias cidades nos EUA e em outros lugares que estiveram e continuam a estar envolvidas com o movimento. A todos foram perguntadas as mesmas perguntas, e suas respostas estão sumarizadas nos seguintes parágrafos.

Embora como uma pessoa opinou, "Este á apenas o primeiro capítulo de uma história muito mais longa", havia um consenso geral quanto ao que o Occupy já tinha realizado. A maioria das pessoas perceberam que ele tinha mudado o discurso público, mudando o debate para a desigualdade, identificando as raízes de nossos problemas. O sistema de classes e capitalista por si, previamente tópicos tabu, estão agora sendo discutidos na grande mídia.

"O Occupy Wall Street nomeou a cena do crime-- Wall Street."

"O Occupy Wall Street nomeou a cena do crime-- Wall Street."
foto: Meryl Tihanyi


 

Como Marc Armstrong, do New York's Public Banking Institute, disse, "O Occupy Wall Street (OWS) nomeou a cena do crime-- Wall Street. O crime foi a injustiça econômica em suas muitas formas, com a escravidão da dívida estando no topo da lista. Mudando a conversa do confortável, mas polarizado cenário das questões sociais da esquerda/direita para as duras verdades dos 99% / 1 % não é fácil, mas foi feito. Esta é uma mudança massiva e é sem dúvida uma das principais, se não a principal realização duradoura." Como David DeGraw, autor de The Economic Elite vs. the People of the United States of America, e um dos organizadores originais do OWS, o coloca: " Ela foi realmente uma operação muito bem sucedida."

Outra realização do movimento identificada por quase todos foi o efeito que ele teve em indivíduos. Sofia Gallisá Muriente, uma participante no OWS desde seu começo, observa que pelo fato do Occupy ser uma combinação selvagem de pessoas, ele foi e ainda é um importante laboratório e um local de aprendizagem para indivíduos-- uma oportunidade para polinização cruzada, ampliar perspectivas, e crescimento pessoal e político. Begonia Santa-Cecilia, que está envolvida tanto com os Indignados da Espanha, e com OWS, diz sobre o efeito do Occupy em indivíduos: "O que as pessoas viveram é algo único em termos de termos uma experiência coletiva de contentamento e celebração no fato de estarmos juntos, partilhando problemas e situações de vida precárias. Isto mostrou o potencial de trabalhar junto em direção a achar novas e criativas soluções para os problemas...Esperançosamente, as pessoas estão aprendendo que a chave é ajudar os outros, partilhar problemas, e resolvê-los juntos, construindo novas estruturas e pensando junto. Quase todos estão agora conscientes que a economia e lucros estão dominando o mundo e que os políticos não representam as pessoas."

Outros perceberam que o Occupy tem dado uma voz e um sentimento de legitimidade para manifestantes, que "ocorreu um tiro na esperança real em Obama", que ele criou comunidades onde não havia nenhuma em escala global, e que ele re-despertou a imaginação radical nos EUA-- especialmente nas gerações mais jovens. Stephen Collis, do Occupy Vancouver, adiciona que ele tem "aberto possibilidades que não pareciam existirem lá apenas 12 meses antes: a possibilidade de revolução não-violenta no meio das democracias do "primeiro mundo", a possibilidade que as pessoas na América do Norte possam realmente se importarem o suficiente sobre seus futuros e o futuro do planeta para saírem nas ruas e tomarem suas vidas de volta."

Agora que o Occupy não está sendo mais coberto pela grande mídia, pareceria ao observador casual que nada está acontecendo, mas felizmente este não é o caso. Embora tenha ocorrido certo esgotamento ativista, e o movimento esteja mais ativo em algumas cidades do que em outras, o Occupy não está morto, mas simplesmente mudando de formas e táticas. Como uma pessoa colocou, é um estado de mente, e o contágio está sendo sentido em todos os lugares. E outra, "sua energia permanece global, ela é muito potencial sobre a superfície da vida diária". Agora é um momento de fazer conexões e formar redes de colaboração, explica Sofia Gallisá Muriente. "As coisas estão gravitando agora em direção a atividades locais e descentralizadas com novas redes de pessoas que partilham a mesma língua, experiência, e base de habilidade... Toda nova infraestrutura está sendo colocada em ação."

"O Occupy Wall Street está no mesmo lugar de sempre, nas ruas, nas praças, nas vizinhanças," adiciona Begonia Santa-Cecília. "Existem milhares de pessoas no OWS trabalhando em muitas áreas como a dívida estudantil e outras dívidas, saúde alternativa, despejos, co-operativas de comida, questões ambientais, fracionamento hidráulico, educação, economia alternativa, pensando em novas estratégias, etc. Um movimento é algo que "está se movendo" e enquanto as pessoas estiverem vivas, ele estará vivo. O fato de que as coisas não estejam tão visíveis como nos dias das ocupações e protestos significa que há muito ocorrendo em muitos outros níveis. A particularidade destes movimentos é a de que eles estão em constante mudança e criativamente se espalhando de muitas outras formas diferentes. A capacidade de reinventar e reconstruir é sem fim. Na Espanha nós usamos a metáfora do "oceano de ondas", para estes novos movimentos. Estar no cume é apenas parte do processo."

Grupos Occupy estão agora discutindo como eles vêem o movimento desenvolvendo-se deste ponto, qual deveria ser o seu foco, e os indivíduos com os quais eu conversei tinham várias opiniões sobre o tópico. A maioria concordou que a crítica sistêmica é a parte mais importante do Occupy, e ainda irá fazer parte da confiança do movimento, e eles também concordaram que o movimento está em transição. Muitos sentiram que maneiras de torná-lo sustentável durante um longo período devem ser encontradas, de forma que as pessoas possam participar e ainda continuarem com suas vidas diárias, e que novos modos para as pessoas facilmente tomarem parte no movimento também devem ser desenvolvidas. Bill Zimmerman declara desta forma: "Novas táticas devem agora ser desenvolvidas que encorajam uma participação mais ampla. Na luta vindoura, militância, desobediência civil e ocupações ilegais serão todas necessárias, mas mais importante serão as novas táticas que permitam aos menos comprometidos aliarem-se com os mais militantes. Este não é um problema assustador. Novas táticas freqüentemente emergem de novos movimentos (por exemplo, reuniões de almoço, Viagens da Liberdade, queima de certificados militares nos anos 1960, paradas do orgulho gay, etc).

"Aquilo pelo qual estamos lutando engloba todos nós. Existe unidade na diversidade, e existe espaço suficiente para todos levarem à diante os assuntos pelos quais eles são apaixonados e ao mesmo tempo continuarem conectados à situação generalizada."

"Aquilo pelo qual estamos lutando engloba todos nós. Existe unidade na diversidade, e existe espaço suficiente para todos levarem à diante os assuntos pelos quais eles são apaixonados e ao mesmo tempo continuarem conectados à situação generalizada."
foto: Meryl Tihanyi


 

Steven Collins adiciona: "O Movimento Occupy veio de uma greve contra nosso atual sistema econômico em sua completude, e de uma chamada aberta por um movimento de movimentos. Ele precisa continuar os pontos sócio-econômicos e ambientais enquanto promove ativismo local, de base e construção de movimento. Ele precisa dar a si mesmo tempo para desenvolver as melhores maneiras de canalizar, conectar todos os vários movimentos sociais onde quer que eles estejam lutando com as específicas injustiças do capitalismo global."

Alguns nomearam iniciativas específicas que eles pensam que deveriam ser um foco futuro, como a Dos Bens Comuns, tirar o dinheiro da política, o processo global de mudança, ou desenvolver conteúdo para falar com os 99%. A necessidade por discussão em como unificar nacionalmente de uma maneira não-hierárquica também foi mencionada, assim como foi a necessidade de se voltar ao básico para construir o movimento-- indo em pessoas na vizinhança e fazendo divulgação...

 

O 15-M Espanhol ou o Movimento dos Indignados

O movimento 15-M começou como um produto de uma manifestação em Madri em 15 de Maio de 2011. Depois, algumas das pessoas que participaram decidiram continuar o protesto acampado na praça principal de Madri. Como o Occupy, o movimento 15-M rapidamente se transformou de apenas um protesto para a construção de modelos da sociedade que ele queria criar. Agora ele se transformou em uma cultura de agrupamentos de pequena escala que trabalham com e demonstram soluções para problemas comuns. Existem co-operativas que dizem respeito a trabalho, moradia, energia, educação, finanças, nutrição, etc, e uma rede de colaboração conecta estas co-operativas. O objetivo é uma mudança estruturada da realidade política ao redor do mundo, e o movimento opera sobre os princípios da inclusividade, horizontalidade, inteligência coletiva, respeito e não-violência. Manifestantes partilham uma forte rejeição ao desemprego, cortes no bem-estar social, políticos e o sistema político Espanhóis, corrupção política, capitalismo, bancos e banqueiros, e apoiam o que eles chamam de direitos básicos: moradia, trabalho, cultura, saúde e educação.

"Enquanto o tumulto de ataques e retornos abalam tanto os ocupantes como o público, milhares de grupos de trabalho ao redor do mundo encontram-se semanalmente em bibliotecas, centros comunitários, igrejas, cafés, e escritórios para partilharem suas extraordinárias habilidades e recursos. Eles já estão criando as escolas, hospitais, casas, vizinhanças, cidade, e sonhos dos 99 por cento. Este é o começo da ocupação de um acampamento que nunca irá ser desalojado: o mundo." (Luis Moreno-Caballud e Marina Sitrin, O Acampamento é o Mundo: Conectando os Movimentos Occupy e o Movimento Espanhol 15 de Maio)

 

Trustes de bens comuns e aluguel de bens comuns

Share International: Quais elementos um sistema econômico funcional (sano) incluiria, internacionalmente e nacionalmente?

James Quilligan

James Quilligan: Nós precisamos reconhecer que verdadeira partilha não irá ocorrer a não ser que nós ofereçamos um novo contexto para ela-- e nós não podemos esperar por governos fazerem isto pois eles já foram capturados pela corporocracia e absorvidos no Estado de Mercado. Nós estamos simplesmente não criando os incentivos para partilha através dos setores privados e governamentais. Nós não temos as estruturas de responsabilidade e confiança que nos mantém responsáveis e nos encorajam a partilhar.

Pense sobre isto: devedores são obrigados pela lei a pagarem suas dívidas, mas pessoas com excedente econômico não são legalmente obrigadas a redistribuírem suas riquezas. Nós vemos isto como fato consumado, mas é um padrão duplo escandaloso. Eu acredito que é a essência do problema: não existem políticas legais ou mecanismos para promoverem a redistribuição automática dos recursos do mundo. É lógico, a partilha deve ser voluntária e de nossos corações. Partilha é parte de nosso crescimento e desenvolvimento como indivíduos, que envolve liberdade e escolha pessoal. Mesmo assim, devem existir também acordos coletivos e padrões para criar a norma da partilha, para nos motivar a partilhar, e nos dar a oportunidade para construir a infraestrutura da partilha. Eu não estou falando sobre desenvolver regulamentações governamentais. Isto é sobre a criação de acordos locais e normas entre as pessoas que as encorajam a partilhar.

Nossos ancestrais desenvolveram compreensões habituais e regras informais para partilharem seus recursos, então ela não deveria parecer como uma idéia de novela para nós agora. Cidadãos deveriam ter a oportunidade de participarem da fixação de regras e tomada de decisões em todos os níveis dos bens comuns, algo que está totalmente em falta hoje. Isto significa desenvolver relações de responsabilidade nos níveis local, estadual, inter-estadual, regional e global. Também significa re-estabelecer a boa vontade e confiança no mundo. Nós precisamos trazer os governos e corporações de volta ao controle público e à responsabilidade, que é o que estas gigantescas instituições sociais deveriam fazer quando elas foram originalmente criadas. Governos e negócios são agora simplesmente grandes de mais para falirem e precisam ser escorados e subsidiados pelas pessoas e seus bens comuns. Isto é insustentável. Estas instituições gigantes devem voltar para a administração das pessoas.

SI: Como um sistema econômico mais igualitário seria estruturado em relação aos bens comuns globais?

JQ: Em minha visão, criar um novo modelo para os bens comuns globais iria necessitar de três amplos ajustes. Primeiro, trustes dos Bens Comuns teriam a responsabilidade de preservarem os bens comuns naturais, genéticos e materiais. Um truste iria colocar uma proteção sobre um recurso em particular para as gerações futuras-- para reservá-lo, preservá-lo e protegê-lo. O truste iria então alugar uma certa porcentagem deste recurso para negócios. Segundamente, negócios que alugassem estes direitos para extraírem e produzirem estes recursos do truste poderiam então lucrar e gerar efeitos positivos através da inovação, produção, venda e distribuição de seus produtos e serviços, assim como eles fazem agora. A diferença principal é que negócios não teriam a posse dos recursos diretamente, mas o alugariam de um truste. Terceiro, o governo utilizaria os impostos dos negócios para criar um dividendo ou renda básica para as pessoas e também criar fundos para a restauração ou reabastecimento dos recursos. Eu acredito que estas mudanças essenciais irão levar a um novo mundo de partilha.

Trustes de bens comuns seriam criados, o papel dos negócios iria mudar de posse para aluguel dos bens comuns, e governos iriam dividir suas responsabilidades igualmente entre o licenciamento do setor privado e a aprovação de licenças e licenças abertas para os trustes de bens comuns de maneira a preservarem nosso recursos para gerações futuras.

SI: Quem está envolvido em um Truste de Bens Comuns e como eles são supervisionados?

JQ: Não existe "uma forma" de criar um truste. Depende das pessoas, o que elas querem, o grau de envolvimento das partes interessadas, a cultura local na área e a natureza do recurso que elas querem proteger. As pessoas devem ter o direito a auto-determinação. Então, a participação no processo não será uniforme através do mundo. Dado tudo isto, o princípio por trás da criação dos trustes de bens comuns é bem comum. A maior quantidade de partes interessadas possíveis devem estar engajadas no processo de decisão sobre como partilhar um recurso em particular. Isto iria incluir os usuários, administradores, produtores e distribuidores de recursos diferentes. Administração responsável significa que os bens comuns não excedam sua capacidade de transporte, e que as únicas pessoas capazes de decidirem isto sejam aquelas diretamente envolvidas em usar, acessar, administrar e produzir estes recursos. Nem os negócios e nem os governos foram criados para administrarem os bens comuns e, parece para mim, estão fazendo um trabalho muito pobre em relação a isto. Eles não levam todos em consideração em suas escolhas políticas. É por isso que a administração e produção de um bem comum devem se decididas pelas suas partes interessadas e administradores. Isto dá a eles a oportunidade de participarem de decisões sobre os recurso, que diretamente afetam a eles.

SI: O que é uma carta social?

JQ: Uma carta social é uma declaração da intenção das pessoas em protegerem os bens comuns de uma comunidade. É o primeiro passo que as partes interessadas em uma comunidade tomam em planejarem um truste de Bens Comuns (o estabelecimento do truste e seus administradores é o segundo passo). Falando no geral, a carta social é um modelo escrito que delineia os direitos e incentivos de uma comunidade em administrarem e protegerem um recurso comum. Ela dá aos usuários, administradores e produtores de um bem comum uma oportunidade em declararem suas expectativas e responsabilidades. A carta social inclui uma declaração da missão das exigências históricas das pessoas para os bens comuns, uma visão geral de seus direitos de acesso e uso justos, e também uma declaração em como eles deveriam administrar seus recursos sobre um truste. A carta ajuda a operacionalizar a administração de um recurso, demonstrando a intenção das partes interessadas em manterem este bem comum em confiança para futuros beneficiários.

Uma fase de transição na história

SI: Como um truste poderia ser administrado no nível global se nós estivermos falando de algo que está além da habilidade da comunidade local para administrar, como o oceano, a atmosfera, até mesmo o petróleo, etc? As Nações Unidas iriam supervisioná-lo?

JQ: Depende do recurso. Muitos recursos poderiam ser administrados por agências das Nações Unidas já existentes ou novas, principalmente bens comuns que são verdadeiramente globais como os oceanos e a atmosfera. Mas também considere: alimento, saúde, educação, energia e dinheiro não são também bens comuns globais? A ONU deveria ser capaz de manusear estes bens comuns, ou as pessoas do mundo devem ser capazes de desenvolverem novos trustes em afiliação com a ONU? Nós sabemos que trustes são normalmente criados em níveis locais, e trustes locais conseguiram administrar com sucesso recursos locais. É por isso que as pessoas estão se interessando nas possibilidades de aplicarem o conceito de truste no nível global. E isto é exatamente, parece a mim, o que precisa acontecer.

Se nós não conseguirmos criar trustes globais sobre a proteção das Nações Unidas ou através de tratados de soberania ou instituições globais, então as pessoas devem dar um passo à frente e organizá-los. Por exemplo, um instituição genuína para a administração do meio ambiente global. Este seria um passo óbvio, mas por que parar aí? Nós precisamos de trustes globais para a administração do sistema monetário internacional, para as finanças internacionais, para o comércio internacional ultramarino, e um truste para proteger a biodiversidade. Nós precisamos de trustes para levar à diante a agenda de desenvolvimento internacional, para eliminar a fome, oferecer cuidados de saúde e educação e para criar empregos. Estes trustes são realmente cruciais se nós quisermos levar a sério desenvolver uma governança global democrática e efetiva.

Eu acredito que nós estamos em uma fase transicional na história. A conferência de Bretton Woods de 1944 criou um sistema de administração monetário, estabelecendo as regras para as relações comerciais entre os maiores estados industriais do mundo. A ONU foi criada em 1945 para assegurar a segurança política para o mundo. Este foi o começo de um novo tipo de multilateralismo e foi verdadeiramente inovador para o seu tempo. Mas este novo sistema internacional tinha muitas falhas e não era forte ou flexível o suficiente para se manter atualizado em relação aos eventos. Agora ele se tornou uma estrutura antiquada que não está servindo aos interesses da comunidade global. Nós precisamos ir além da fraqueza deste antigo multilateralismo e criar algo vital e que responda às necessidades do mundo. Parece a mim que os trustes globais são uma maneira de quebrar o presente beco sem saída internacional. Eles nos colocam em direção a uma maior consciência de que os mares e os recursos marinhos, a atmosfera, o espaço exterior, o comércio, as finanças, o dinheiro e muitos outros tipos de bens comuns estão na verdade além da habilidade da soberania governamental e do setor privado para administrar. Para fazer isto, as pessoas do mundo devem se organizar e criar trustes para seus bens comuns. Nós precisamos que um movimento de cidadãos globais se torne diretamente envolvido. E parece para mim que isto está acontecendo agora.

SI: Quantos trustes de Bens Comuns estão em existência hoje e em quantas nações?

JQ: Eu não posso dar um número, mas está certamente nas dezenas de milhares e eles são achados todos ao redor do mundo. Os mais bem conhecidos são os trustes para terras e floretas. Trustes estão constantemente se formando em comunidades locais, mas trustes biorregionais também estão emergindo. Por exemplo, o Fórum WANA está chamando por acordos de partilha de energia no Oriente Médio (www.wanaforum.org) e a Great Lakes Commons nos Estados Unidos e no Canadá está tendo seu encontro inaugural neste Outono (www.onthecommons.org/work/commons-network/great-lakes-commons).Peter Barnes também propôs um truste para o céu para administrar a atmosfera (www. yesmagazine.org/issues/reclaiming-the-commons/sky-trust)). Falando nisso, parece que a idéia do truste (chamado de waqf) originalmente começou em regiões nômades do Oriente Médio durante o tempo de Maomé e se espalhou para a Grã-Bretanha no desfecho das Cruzadas. A Carta das Florestas em 1217 foi um chamado mais antigo por um truste para proteger os direitos das pessoas nas florestas da Grã-Bretanha. Nos Estados Unidos, um exemplo venerável de um truste é o New Castle Common (www.newcastlecity.delaware.gov/city-services/trustees). Ele foi fundado por William Penn nos anos 1700 e esteve oferecendo infraestrutura civil para a cidade de New Castle, Delaware, por mais de três séculos.

SI: Neste momento de fase de transição, a humanidade está começando a reavaliar sua relação com os bens comuns em termos de partilha e sustentabilidade?

JQ: Sim. Os bens comuns são uma maneira de falar sobre partilha e sustentabilidade. Esta reavaliação está claramente ocorrendo. O aspecto essencial é que nós estamos gradualmente nos movendo dos tipos de políticas que enfatizam a posse, para políticas que enfatizam a partilha. Esta é a mudança fundamental que está ocorrendo. Através de compromissos individuais para a sustentabilidade sobre a posse privada (como limite e negociação) ou regulação do estado (como taxas de carbono), nós estamos, simplesmente, não indo a lugar algum. Por isto que mais e mais pessoas estão começando a visionar a necessidade de modelos de trustes. Quando nós fazemos acordos coletivos para a sustentabilidade através de trustes, a partilha irá se seguir muito facilmente...
Informação:
www.globalcommonstrust.org e www.global-negotiations.org

mensagem anterior mensagem seguinte


HomeCopa

  | INÍCIO |