MAIN
Home
BACKGROUND
Teachings
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ

 

FAQ
FAQ
MAIS RECURSOS
Magazine
 
 

 
 
 Início >> do Mestre>>Janeiro-Fevereiro 2015

Share International HomeShare International HomeBackground information

mensagem anterior mensagem seguinte

Pedido de apoio!

Veio ao nosso conhecimento que mais e mais pessoas estão recebendo nossa informação apenas pelo website, desta maneira, renunciando ao pequeno custo de assinar a revista Share International.

Nem todos podem, ou usam a internet, e é essencial ter uma expressão física externa, que pode apresentar com fotos, os eventos dos quais falamos. Isto significa que é necessário que haja uma revista, que,é lógico, requer uma grande quantidade de trabalho de voluntários, e muito dinheiro para ser produzida. Talvez exista a idéia de que a Hierarquia distribua dinheiro para este trabalho, mas este não é o caso. Assinaturas para a Share International são uma parte essencial para manter o nosso trabalho e alcançarmos o público. O custo da assinatura é mantido o mais baixo possível, a revista não é patrocinada por propagandas e custo postais e de impressão estão aumentando a todo o momento.

Certamente nós todos concordamos que todos aqueles que seriamente acreditam neste trabalham gostariam de ajudar a revista, sejam eles leitores ou não das informações pela internet.

Obrigado pelo seu apoio.


 

O ano à frente

pelo Mestre— através de Benjamin Creme, 12 de Janeiro de 2015

Em algum momento próximo do fim deste ano, as pessoas começarão a ver o começo de uma mudança em várias áreas do mundo. O que foi visto como danoso, será, no fim, visto como benéfico.

Fome e ódio juntos podem bem começarem a parar de dominar as páginas de nossos jornais.

Um clima mais calmo começará pelo menos a substituir o ódio e ferocidade tribais do presente. Não se enganem-- este não é o fim das dificuldades. Para alguns há adiante dificuldades que não serão bem vindas, mas assim deve ser, já que eles mesmos criaram as situações que as levaram a existência.

No entanto, isto não ocorrerá por muito tempo. As energias benéficas de Aquário estão acelerando o processo de renovação e isto deve ser visto como a nota chave do futuro.

As pessoas em todos os lugares estão esperando por mudança, e mudança elas terão, seja ela bem vinda ou não.

Não tenham medo pois tudo ocorrerá para melhor.


 

Reimpresso abaixo está o artigo do Mestre de Benjamin Creme, "As necessidades do futuro". Publicado primeiramente na Share International Abril 2000, ele continua sendo tão pertinente como sempre, conforme nós entramos em um novo ano. As mudanças necessárias para se transformar nosso mundo ainda permanecem um desafio. No entanto, o artigo deste mês pelo Mestre (acima), nos diz que a mudança está de fato à caminho.

 

As necessidades do futuro
pelo Mestre--, através de Benjamin Creme, SI Abril de 2000

Dentro de pouco tempo, os homens começarão a reconhecer que mudanças verdadeiramente significativas estão ocorrendo nos assuntos humanos. Quase sem perceber, mudanças de longa escala em como os homens se relacionam uns com os outros-- comunitariamente, nacionalmente e internacionalmente-- já são aceitas como norma. Sendo sincero, muitas são as transgressões tanto da dignidade humana e do livre arbítrio que mancham e desonram as ações tanto dos governos como de indivíduos, e triste é contemplar essas crueldades.

Mas, de forma imperceptível, um novo espírito de tolerância e compreensão está se fazendo sentir. Ao mesmo tempo, menos tolerância do que antes ,está sendo mostrada para aqueles que desprezam a lei, que trabalham contra o Bem Comum e que fomentam a violência e o desgoverno. Isto é bom para o futuro da raça. Tolerância para com o mal não é o Nosso caminho.

Essencialmente, todos os homens são Um. O tempo está logo chegando quando os homens perceberão que isto é verdade. Quando este dia chegar, grande de fato será a felicidade que todos os homens conhecerão.

Enquanto isto, uma nova fase na história do homem começa. Passo a passo, os homens colocarão em movimento as necessidades do futuro. Estas devem respeitar o destino e livre arbítrio de todos. O direito aos essenciais à vida: comida, abrigo, saúde e educação, devem condicionar a direção das ações de todos os governos. A proteção do meio ambiente--com tudo que isto engloba-- deve se tornar um dever sagrado que permitirá aos homens, em tempo, levarem este planeta de volta à saúde. Assim deve ser se os homens quiserem herdar seu direito de nascença e encontrarem, novamente, o caminho para Deus.

Para ajudar os homens a fazerem isto, Maitreya logo anunciará Sua presença e mostrará Sua preocupação por todos. De forma alguma incomodado pela magnitude da tarefa, Maitreya pegará a mão da humanidade e gentilmente guiará seu navio para águas mais calmas, para longe das traiçoeiras rochas nas quais os homens parecem inclinados a afundar. Maitreya mostrará o caminho de volta deste perigo e levará os homens ao porto. Assim irá Ele facilitar a entrada na Nova Era e salvar os homens de muito sofrimento e dor de cabeça. Muitos existem que aceitam e acreditam que o Cristo está no mundo, que aguardam pacientemente Sua emergência aberta, mas que mesmo assim não fazem mais do que esperar e desejar, deixando o trabalho de preparação para outros. Triste é que assim eles perdem a oportunidade de servirem de forma única neste tempo único, um tempo como nunca antes e que nunca ocorrerá novamente.


 

Perguntas e Respostas
- uma seleção da revista deste mês

P. A edição de Novembro de 2014 da revista Share International mencionou que Maitreya está no Oriente Médio. Maitreya ainda está no Oriente Médio?

R. Sim.

P.Maitreya está visitando vários países na região ou Ele permaneceu no mesmo país desde a primeira vez que Ele foi lá?

R. Ele visitou vários países.

P. Sua presença está tendo o efeito desejado-- levando à reaproximação, compromisso e maior tolerância?

R. Ainda é muito cedo para dizer.

P. O Seu objetivo no Oriente Médio é o de encorajar mais demandas populares por direitos humanos?

R. Não necessariamente. Maitreya está lá para encontrar formas de estabelecer paz entre várias comunidades religiosas.

P. Maitreya vê o seu trabalho como sendo bem sucedido até agora?

R. Ele vê que ainda há muito o que se fazer. No entanto, Maitreya é sempre otimista e paciente.

P. Maitreya apareceu na mídia nacional, regional ou local desde que Ele foi ao Oriente Médio?

R. Não.

P. A Hierarquia Espiritual é democrática?

R. A Hierarquia Espiritual não é democrática. Diferença em grau é sempre aceita e esta diferença oferece uma outra forma de se trabalhar. Tudo está relacionado com experiência; alguns dos Mestres são mais evoluídos do que outros.

P. Qual é a estrutura de raios da Escócia e a Escócia deve dizer "sim" ou "não" em seu voto pela independência?

R. Escócia, meu lugar de origem. Ela tem raios individuais? Seus raios são os raios do Reino Unido, que são o 2º raio de alma e o 1º raio de personalidade; A Escócia tem os mesmos raios.

Ela deveria ter votado Sim ou Não? Ela deveria ter votado por permanecer junta, é lógico. Como você pode ter unidade se você não permanece junto? Unidade é a coisa mais importante. É a coisa mais importante para a Grã-Bretanha, assim como para a Espanha e outras partes do mundo.

Os países na Europa devem permanecer juntos, mas não como um único país. A Europa não é um país. A Europa é uma formação de países e não um país almejando se tornar os Estados Unidos da Europa. É essencial que a Espanha seja a Espanha, que a Itália seja a Itália, que a Alemanha seja a Alemanha, e assim em diante. Cada nação tem um destino e como você pode manifestar este destino se você joga partes dele em vários lugares? Não é possível. Se a Espanha se dividisse em Catalunha e País Basco, não sobraria nada. Não existiria mais a Espanha, nenhuma Espanha real. Isto é uma besteira. É um sonho e ele só existe porque o mundo está dividido de forma injusta entre ricos e pobres. Se a Espanha e o mundo estivessem se manifestando de forma correta, eles não teriam a intenção de se separarem. O mesmo se aplica para qualquer país, a Europa, a Grã-Bretanha, entre outros.

É por isso que eu fico feliz que os Escoceses tiveram o bom senso de votarem contra se separarem, porque isto teria acontecido apenas por motivos comerciais. Existem benefícios materiais que tornam a vida mais fácil em certas partes da Escócia, não em Gasglow, que é a maior cidade. Gasglow tem cerca de 4 milhões de pessoas, várias delas são pobres, e é lógico, elas votaram para se deixar a união, e outras partes que são relativamente ricas, e que receberam vários folhetos de Londres, votaram por permanecer, felizmente. Então foi, no final das contas, uma grande maioria. Meu Mestre me disse com alguns meses de antecedência que o voto do Não ganharia. E conforme o tempo foi passando, a diferença foi ficando cada vez menor, e o voto do Sim parecia estar ganhando força. Foi simplesmente que as partes tocadas pela pobreza votaram por mudança. E as outras partes, que estavam vivendo relativamente se não em luxúria, então pelo menos de forma confortável o suficiente, puderam votar no Não.

P. Nos grupos, nós estivemos encorajando as pessoas a encontrarem novas formas de se abordar o público com esta informação. O quão importante é que nós não diluamos a mensagem e mantenhamos a informação de forma exata? Há uma preocupação nos grupos, porque algumas pessoas, afim de tornarem a história mais acessíve., estão deixando Maitreya e a Hierarquia fora dela.

R. Se você está tentando dizer ao mundo que Maitreya está vindo ao mundo em pouco tempo, ajudando a humanidade a mudar a civilização e a construir uma nova civilização, e não está mencionando Ele, você descobrirá que isto se tornará bem difícil de ser feito.

Nada ergue mais o espírito da humanidade do que saber que há uma boa possibilidade de que Maitreya ou um instrutor do nível do Cristo está no mundo, está aparecendo no mundo e irá trabalhar com a humanidade para construir a nova civilização. É tão inspirador que isto tira as pessoas de sua infelicidade, e elas entrarão em uma infelicidade ainda maior conforme a Espada da Clivagem faz o seu trabalho. Isto ainda não começou. As pessoas estão sofrendo e muitas pessoas ainda sofrerão mais. Mas o trabalho já foi em sua maior parte feito, e o caminho está livre para que o Cristo venha adiante e é isto o que é importante. É isso o que você precisa falar às pessoas. Como você o diz é da sua responsabilidade, mas não torne isso muito abstrato, muito longe da verdade.


 

Cartas ao editor

Fé verdadeira

Caro Editor,
Durante a noite de 1º de Novembro de 2014, eu acordei com uma terrível dor na perna direita. Eu tive uma terrível cãibra muscular que foi do meu dedão até a minha virilha. Eu fiquei bem chocado e preocupado, porque eu tinha recentemente passado por uma cirurgia nos meus dois quadris. Eu temi de que na idade de 83 anos, eu teria que retornar ao hospital. Perguntei-me se algo tinha acontecido com meu quadril direito.

Era 4 da manhã.Sentei-me na beirada da minha cama e tentei parar a cãibra. Nada ajudava. Estava frio, então eu voltei de volta para cama. E então, a dor estava tão horrível que eu gritei bem alto: "Maitreya, ajude!"

O que aconteceu então eu não sei. Eu acordei, olhei no relógio e vi que eram 5:40 da manhã. Eu me virei para tentar dormir um pouco mais. Apenas um pouco de tempo depois que eu fui ver o que tinha acontecido durante aquela noite. Eu mexi a minha perna e vi que dor tinha passado.

O Buda Maitreya me colocou em sono profundo imediatamente depois de eu ter gritado para Ele por socorro--para que eu não tivesse mais dor?
M.T.W., Epen, Holanda.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que Maitreya de fato a ajudou.)

 

Ouça!

Caro Editor,
Minha viagem para Berlim em 15 de Agosto de 2014 começou com uma agradável experiência na estação principal de Frankfurt. Quando eu estava na plataforma esperando pelo trem, uma mulher idosa veio e me pediu calmamente: "Alguma esmola em nome de Deus?" Como já me tinham pedido dinheiro anteriormente, eu balancei a minha cabeça e disse não. A mulher repetiu a frase de forma suave, mas eu respondi novamente que não. Então ela olhou em meus olhos e disse em voz alta: "Nem mesmo em nome de Deus?" Eu procurei minha carteira e dei à ela um pouco de dinheiro. Ela pegou o dinheiro, sorriu, deu alguns passos à frente, se virou e me disse: "Obrigado, garota."

A mulher idosa era alguém especial?
J.R., Alemanha.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a "mulher" era uma porta voz do Mestre Jesus.)

 

Conforto

Caro Editor,
Em 31 de Março de 2014, Albert e Catharina estavam indo ao serviço de cremação de Rita, um membro de nosso grupo de Meditação de Transmissão. Quando nós saímos do bonde, ainda tínhamos que caminhar dez minutos. Albert perguntou à uma amável mulher qual era o caminho mais curto. Ela perguntou educadamente se nós estávamos indo ao Crematório Westgaarde. Ela nos mostrou o caminho através de um portão na estrada principal, e ela disse isto duas vezes de forma suave, como se ela quisesse nos fortalecer. Quando chegamos no crematório, nós entregamos as nossas flores e fomos pagar nosso último respeito à Rita-- nós vimos que o cartão com a "Mão" de Maitreya estava embaixo de sua mão. Foi um serviço tocante, incluindo uma música de violão. No fim, um de nós teve a oportunidade de agradecer à Rita pela sua devoção e serviço, e o serviço foi concluído com a Oração da Nova Era.

Nós podemos perguntar quem era a senhora que nos mostrou o caminho ao crematório?
C.N., Holanda.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a "mulher idosa" era um porta voz do Mestre Jesus.)

 

A ajuda está próxima!

Caro Editor,
Em algum dia em Março de 2014, depois de ficar com o meu marido em sua cirurgia de coração de emergência em Rouen, no Hospital CHU, e estava com problemas para andar por causa dos calos no meu pé.

Repentinamente, um homem de meia idade, um pouco acima do peso, com cabelo escuro, curto, pele ruiva, olhos escuros e vestindo o que parecia uma jaqueta de esqui azul com listras vermelhas ao redor dos ombros, começou a atrair a atenção das pessoas para mim. Havia apenas uma mulher idosa por perto e eu.

Ele disse: "Ah, a previdência social, previdência social...Olhem para esta mulher (apontando para mim), ninguém pode fazer nada por ela, ajudá-la, mas eu irei, eu irei ajudá-la," ou algo parecido.

Muito acometido pelos meus próprios problemas, foi apenas recentemente que eu comecei a me perguntar se este não foi um sinal de um dos Mestres, talvez, para me dar coragem em minhas dificuldades.
M.C.,Hassocks, West Sussex, Reino Unido.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o homem era o Mestre Jesus.)

 

Obrigado!

Caro Editor,
Eu sou uma pessoa que fala Africâner, então eu farei o melhor que posso para me comunicar em inglês.

Eu quero AGRARECER-LHE e dizer-lhe que eu sou muito grato. Depois de tanto tempo na minha vida procurando pela verdade, eu encontrei este maravilhoso site seu um dia após ler A Gift...From the Stars. Com lágrimas em meus olhos enquanto escrevo à você, eu posso dizer que eu instantaneamente "me conectei" com toda esta informação que você está dando ao redor do mundo. Obrigado por ser quem você é, e por cumprir com o seu propósito.
Z.d.W., Randburg, Gauteng, África do Sul.

 

Benção de luz

Benção de luz

Caro Editor,
Em Maio de 1963, eu fiz a minha primeira comunhão. Esta é uma fotografia tirada de quando eu estava na frente da igreja. Apenas recentemente eu percebi que eu posso ter recebido uma benção especial naquele dia. Você poderia perguntar a seu Mestre se isto realmente aconteceu?
P.A., Kortrijk, Bélgica.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a luz foi uma benção do Mestre Jesus.)

 

"Mão" de Maitreya

"Mão" de Maitreya

Caro Editor,
Em 5 de Janeiro de 2015, meu primeiro dia de volta ao escritório em Nova York, eu percebi uma marca de mão no espelho do elevador do prédio do meu escritório. Eu estive trabalhando neste prédio em Walnut Creek, Califórnia, por cerca de um ano, e nunca tinha visto uma marca de mão antes. Ela ainda estava visível no dia posterior quando eu voltei ao escritório. Você poderia me dizer se esta marca de mão foi manifestada por Maitreya ou um dos Mestres?
M.L., São Francisco, Califórnia, EUA.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a "Mão" foi manifestada por Maitreya.)

 

Maria no céu

Maria no céu

Caro Editor,
Esta fotografia foi tirada em Agosto de 2014 na província de Quebec, Canadá, por uma amiga, Sylvie. Ela estava sentada com alguns amigos quando viu uma imagem de Maria no céu e tirou esta fotografia com a câmera do seu celular. É possível ter esta foto autenticada pelo Mestre de Benjamin Creme?
D.P., Ottowa, Ontario, Canadá.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que este foi um milagre genuíno manifestado pelo Mestre Jesus.)


 

Sinais dos Tempos

Mensagem de Maria

Um jovem médium Holandês, Robbert van den Broeke, foi acordado com a visão da Mãe Maria que se materializou e deu à ele uma mensagem na noite de 8 de Janeiro. Maria falou sobre a necessidade de uma resposta inclusiva e empática aos eventos trágicos recentes em Paris.

Durante a aparição, foi dada a permissão à Robert de tirar fotografias que, quando vistas mais tarde, revelaram a figura de Maria.

A mensagem urgente que Maria queria passar era que, embora fosse totalmente inaceitável causar caos, cometer assassinato e realizar atos tão extremos e perturbadores como os que ocorreram em Paris, também é inaceitável que as visões e crenças de todos não sejam respeitadas. Os profetas, santos e figuras reverenciadas de um grupo de pessoas devem ser respeitados; os sentimentos dos outros devem ser levados em conta. Respeito mútuo é de máxima importância.

Deus quer se aproximar da humanidade no nosso tempo-- o que eventualmente quebrará a "divisão" entre as várias religiões, mas a reaproximação deve começar com respeito mútuo, um sentimento de nossa interconexão essencial. Nós devemos começar com uma disposição em ouvir uns aos outros, o que também ajudará a diminuir o fundamentalismo e a tendência das pessoas em criticar e ridicularizar a religião dos outros. Nós todos viemos da mesma Luz.

De acordo com Robbert, Maria também indicou que, enquanto a situação no mundo pode bem piorar por um tempo, ela inevitavelmente levará à uma grande mudança na forma como nos relacionamos uns com os outros. Levará à um sentimento de Unicidade e maior compreensão de nossa interdependência. Esta percepção levará à uma mudança mundial em nossa psicologia. As pessoas ao redor do mundo sentirão solidariedade e se erguerão juntas, sabendo que todos são necessários.

Respeito mútuo e compreensão são a única forma de levar à mudança global. Nós precisamos gastar tempo para pensarmos na importância do respeito amoroso um pelos outros, em nossa unicidade e no divino que as pessoas veneram sobre diferentes nomes. Mas, disse Maria, Deus é o "inominável", e quando nós percebermos isto, então não ocorrerão mais conflitos-- apenas veneração pelo mistério que permanece um mistério. (Fonte: robbertvandenbroeke.nl)

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que, tanto a visão como a mensagem são genuínas e foram manifestadas pelo Mestre Que foi Maria.)


 

Dos nossos correspondentes

Isso muda tudo: Capitalismo vs O Clima, por Naomi Klein
Revisão de livro por Marc Gregory

Naomi Klein

Naomi Klein

Naomi Klein dificilmente precisa de introdução. Aqueles que leram Sem Logo, sua análise crítica da globalização, e A Doutrina de Choque, sua incisiva exposição do desastre do capitalismo e do tumulto que ele trouxe ao redor do mundo por décadas, saberão que ela é uma jornalista investigativa de primeira classe. Em seu novo livro, Isso Muda Tudo: Capitalismo vs O Clima, ela delineia as razões pelas quais os modos nos quais nós vivemos presentemente são totalmente incompatíveis com se assegurar um planeta habitável para as gerações futuras.

A declaração mais importante que o seu livro faz é esta: a evidência científica é conclusiva de que o que é chamado de "Década Zero", está aqui. Significa que nós temos 10 anos para reverter, ou estabilizar aos níveis mais seguros ainda possíveis, a tendência de aquecimento global. Qualquer reivindicação do contrário é completamente falsa, e nós continuamos como se não houvesse perigo.

(Para um revisão completa do livro, leia a revista Share International, Jan/Fev 2015)

 

Economia de Austeridade e pseudo-teoria
por Patricia Pitchon

Economia de Austeridade e pseudo-teoria

Patricia Pitchon escreve:"Nós podemos ficar espantados com conceitos econômicos que não se sustentam, por teorias econômicas que falham em um teste essencial de qualquer teoria bem fundamentada adorada pelos filósofos da ciência, o de que ela deve ter tanto um poder de explicação como de previsão. E nós também podemos estar suportando políticas prescritas que se seguem delas, que estão causando um enorme sofrimento..."

Em sua afiada revisão de The Economics Of The 1% por John F. Weeks, Pitchon busca buracos na atual teoria e prática econômica: "...está se tornando cada vez mais claro que há uma séria discrepância entre a teoria econômica neo-clássica e a realidade econômica. Esta discrepância é evidente em análises específicas na The Economics Of The 1% de John F.Weeks, um irreverente e mordaz livro que desmascara as pretensões da posição econômica neoliberal..."

Pitchon também leva o leitor através de uma alternativa à economia da austeridade como proposta por Weeks.

(Para a revisão completa do livro, leia a revista Share International, Jan/Fev 2015)

mensagem anterior mensagem seguinte


HomeCopa

  | INÍCIO |