MAIN
Home
BACKGROUND
Teachings
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ

 

FAQ
FAQ
MAIS RECURSOS
Magazine
 
 

 
 
 Início >> do Mestre>> Julho-Agosto 2016

Share International HomeShare International HomeBackground information

mensagem anterior mensagem seguinte

 

Pedido de apoio!

Veio ao nosso conhecimento que mais e mais pessoas estão recebendo nossa informação apenas pelo website, desta maneira, renunciando ao pequeno custo de assinar a revista Share International.

Nem todos podem, ou usam a internet, e é essencial ter uma expressão física externa, que pode apresentar com fotos, os eventos dos quais falamos. Isto significa que é necessário que haja uma revista, que,é lógico, requer uma grande quantidade de trabalho de voluntários, e muito dinheiro para ser produzida. Talvez exista a idéia de que a Hierarquia distribua dinheiro para este trabalho, mas este não é o caso. Assinaturas para a Share International são uma parte essencial para manter o nosso trabalho e alcançarmos o público. O custo da assinatura é mantido o mais baixo possível, a revista não é patrocinada por propagandas e custo postais e de impressão estão aumentando a todo o momento.

Certamente nós todos concordamos que todos aqueles que seriamente acreditam neste trabalham gostariam de ajudar a revista, sejam eles leitores ou não das informações pela internet.

Obrigado pelo seu apoio.


 

Aquele que bate

pelo Mestre—através de Benjamin Creme, Janeiro 1993

Chega um momento na vida de cada nação quando um período de busca profunda deve ocorrer; quando os ideais conservados em sua constituição, escrita ou não, devem ser vistos mais uma vez na luz daquilo que foi alcançado, e uma reavaliação daquilo mesmo que foi conseguido. Quando isso for feito com honestidade e sinceridade, um novo e sóbrio realismo irá substituir a presente auto complacência na qual os líderes de muitas nações se encontram, esperando, portanto, manterem o seu vacilante controle sobre a vida de seus povos. O tempo deles está acabado.

Eventos que ocorrerão em pouco tempo irão redistribuir o poder dos governos e emancipar as pessoas. A enganação da democracia de hoje dará caminho a verdadeira participação, e abrirá um novo capítulo na longa procura do homem por justiça e liberdade.

No momento no qual essas palavras estão sendo escritas, um plano está sendo colocado em movimento, que irá acelerar a velocidade deste processo, e trará alegria para os corações cheios de dor de milhões. Pacientemente eles aguardam, os pobres sem esperança: juntos como gado nos secos e impiedosos desertos; desabrigados e desempregados nas orgulhosas cidades do mundo; cultivando a rocha estéril nos altos planaltos. Eles aguardam a libertação que agora bate na porta. Logo eles verão o seu libertador; muitos já o viram e vivem apenas para verem O seu rosto novamente. Nos campos de batalha que enchem de desgraça este tempo, Ele aparece com igual Graça a todos. Logo, os vários milagres que Ele forjou mostrarão Ele aos corações dos homens e mulheres em todos os lugares. As águas curativas serão descobertas, uma por uma, e uma grande limpeza dos templos do homem começará.

A história ensina que nada ocorre duas vezes, exatamente da mesma forma. Tempo e evolução garantem a renovação dos eventos. Aqueles que aguardam por um salvador na forma do passado, esperarão em vão. Novos tempos exigem novos métodos e novos problemas, novas soluções.

Assim Maitreya falará, Ele Mesmo, sobre a presente situação, sobre os problemas que acometem todos os homens: fome e conflito; equilíbrio planetário; partilha e justiça; os caminhos da paz e da guerra. Que Ele vem para a ajudar os homens não há dúvida, mas Ele vem, inicialmente, para ensinar. Preste atenção, então, em Seus ensinamentos, pois eles contêm a essência da vida, e através de sua orientação e inspiração, vocês conseguirão atingir as estrelas.

Quando lhes for perguntado, “Como será o futuro?”, digam a eles: uma brilhante estrela abandonou o seu lugar de direito no firmamento e escolheu caminhar entre os homens mais uma vez, trazendo dádivas ainda não vistas na Terra. Chamado Maitreya, este Abençoado ensinará os homens os caminhos daquilo que eles poderão se tornar. Ele mostrará a eles o segredo da entrada no coração de Deus e os levará a ele. Ele caminhará entre os homens e os anjos, e se relacionará com ambos. Por exemplo e ensinamento, Ele mostrará o caminho para a salvação própria. Ele regenerará e rejuvenescerá o mundo. Ouçam a Sua batida.


 

Perguntas e Respostas
- uma seleção da revista deste mês

P. Manifestações e “poder popular” são importantes?

R. Elas não são apenas importantes, elas são vitais. É hora da humanidade despertar e assumir a responsabilidade em determinar o seu próprio desenvolvimento e o seu futuro. A humanidade está despertando. Assim que a humanidade perceber a sua Unicidade, e isto está cada vez mais ocorrendo ao redor do mundo, ela dará um grande passo à frente em consciência. É uma questão de consciência. Nós somos deuses em potencial, mas não sabemos. Não há nada mais além de divindade. Mas esta divindade precisa de estruturas que estejam em linha com o plano divino; as estruturas econômicas, políticas, sociais e educacionais dentro das quais nós vivemos no tempo presente são hostis a nossa divindade inata e progresso. Com a presença de Maitreya e dos Mestres no mundo, nós daremos gigantescos passos à frente no desenvolvimento de nossa consciência.

P. Na Lista de Iniciados, há um dado que diz respeito ao desenvolvimento espiritual de cada pessoa na lista naquele período de sua vida, e é um número maior do que 0. Meu entendimento é que um número entre 0 e 1 é um nível “Probatório”, alcançado antes da Primeira Iniciação. De acordo com o Mestre Djwhal Khul, existem vários níveis de desenvolvimento antes da Primeira Iniciação, que inclui o Caminho Probatório, propriamente falando, e o Discipulado. Que números correspondem a esses níveis de desenvolvimento? Por exemplo, 0.6 significa que um indivíduo está no Caminho Probatório ou no Caminho do Discipulado? Você poderia dizer o que os vários números entre 0 e 1 significam em termos de desenvolvimento espiritual? R. É impossível dizer—é uma questão individual e depende de vários fatores.

P. Em 26 de Abril de 2016, eu experienciei fortes sensações em minhas pernas durante uma sessão de Meditação de Transmissão. Você sabe o que esta sensação foi?

R. Foi um efeito das energias.

P. Já faz um tempo desde que seu Mestre nos deu um artigo novo. Há uma razão para isso, principalmente quando nós mais precisamos? Obrigado por todo o seu trabalho.

R. Nós somos muito sortudos por termos tido muitos anos de artigos do meu Mestre. Como explicado na revista Share International, estas mensagens são dadas para todo o momento, não apenas para um momento no tempo. Não é necessário, portanto, continuar com novas todo mês. Perceba que o Próprio Maitreya recentemente deu uma importante mensagem para a revista (SI Maio 2016).

P. Todos os ÓVNIs são altamente evoluídos- quero dizer, o seu pessoal?

R. Neste tempo presente, todos os ÓVNIs e as pessoas neles que tem permissão de participarem na missão espiritual ao nosso planeta, são pessoas altamente evoluídas. Se elas são Venusianas, elas são como Deuses; se elas são de Marte, algumas são como Deuses e outras são seres humanos muito avançados. Em qualquer caso, todas elas estão cheias de um grande amor e aspiração em servirem a este planeta e ao sistema solar como um todo. Elas são nossos irmãos e irmãs de nossos planetas irmãos.

P. Como nós partilhamos?

R. Existem muitas formas. Existem 14 Mestres vivendo no mundo. Eles estiveram nele por muitos anos agora, e Eles têm discípulos- homens e mulheres no mundo, através dos quais Eles criaram vários planos inter-relacionados relacionados com a partilha dos recursos do mundo, o que, na verdade, tem relação com encontrar as formas corretas de se planejar isso. A partilha em si não é, na verdade, muito difícil, mas é uma questão de distribuição e redistribuição.

A primeira ação política tomada por Maitreya depois de Sua emergência em 1977, foi a de abordar o então Chanceler da Alemanha- Willy Brandt- e pedir a ele para formar uma comissão. Ela se tornou conhecida como a Comissão Brandt. Willy Brandt era um iniciado de terceiro grau, e ele reuniu 40 homens e mulheres de muitos países diferentes no mundo, representando toda gama de opiniões políticas relacionadas com a economia mundial. Eles eram de todas as visões políticas, da extrema esquerda a extrema direita. Eles trabalharam juntos—todas essas diferentes opiniões e abordagens, e eventualmente chegaram a uma conclusão. Ela foi anunciada na Conferência de Cancun no México. Todos concordaram, eles chegaram a uma única conclusão sólida: havia apenas uma única forma de se lidar com a distribuição de recursos no mundo, e esta era partilhar. Foi a primeira vez que a partilha foi vista como uma forma de distribuição da comida e recursos. Isto nunca tinha ocorrido a ninguém antes. Mas eles chegaram a esta conclusão—uma decisão maioritária como a única forma de se salvar o planeta. Eles publicaram seus achados como North-South: A Programme for Survival. Todos os governos se encontram em Cancun e falaram sobre isso, e todos os países em desenvolvimento foram a favor de se aceitar essas ideias. Dois países foram contra- os EUA e o Reino Unido. E com dois tão poderosos países contra, nada pôde salvar a Conferência de Cancun, e todo o assunto acabou morrendo de uma morte natural.

A forma vista como a melhor pelos Mestres é simples, mas maravilhosamente eficiente—um reservatório do excesso de recursos de cada país, contribuindo a um conjunto comum do qual cada país pode retirar, de acordo com suas necessidades. Esta é a forma sugerida pelos Mestres- a melhor forma possível. É lógico, este é o ideal, mas podem ocorrer várias variações e gradações deste sistema, indo em direção ao ideal.

P. A maioria das pessoas sentirão suas próprias almas no Dia da Declaração, enquanto Maitreya estiver falando?

R. A maioria das pessoas sentirão suas próprias almas—mesmo que seja pela primeira vez em suas vidas. Será uma experiência extraordinária para a humanidade. Elas se sentirão como crianças, puras, ouvindo, a partir do coração, a essas maravilhosas palavras e experienciarão a qualidade da vida que elas esqueceram, que volta a simples infância, quando elas eram confiantes e cheias de amor e felicidade.

P. O que nós podemos fazer para acelerar a emergência de Maitreya?

R. Falar sobre isso. Contar as pessoas. Esta é a informação mais importante, a coisa mais importante que você pode fazer—contar aos outros o que você sabe, em qualquer nível de convicção que você tenha. Se você acredita nisso, você fará tudo o que for possível para servir a Maitreya.

O seu coração ditará o quanto você fará e o quanto você desejará falar. Se você tem 100 por cento de convicção e se o seu coração estiver cheio de desejo de servir e fazer algo importante para o mundo, então você trabalhará dia e noite e se dedicará ao máximo para fazer este trabalho antes que Maitreya apareça. Ou se você acredita nisso, mas é lento ou não quer que riam de você, ou não quer que as pessoas pensem que você é um pouco maluco, então, é lógico, você estará mais cauteloso e não falará nada. Você perderá a oportunidade de estar a serviço de Maitreya; você perderá a oportunidade de falar ao mundo o que está acontecendo.

Eu conheço pessoas nos grupos ao redor do mundo que sentem ou acham que elas estão envolvidas e trabalhando, mas elas não estão. A verdade é que elas estão interessadas, mas estar interessado e estar envolvido são duas coisas diferentes. Elas estão se enganando-pensando que estão envolvidas. Eles ouviam que eu estava para ir ao país delas e elas repentinamente ficavam animadas e ocupadas por alguns dias. Então eu ia para casa e, depois de um tempo, tudo isso as deixava, até a próxima vez na qual eu ia. E então ocorria tudo de novo, elas se envolviam e ficavam animadas. Mas na verdade, elas não estão envolvidas. Elas vão ver outro guru, instrutores, este Swami ou aquele homem santo. É tudo uma encenação. Elas não estão fazendo nada de importante. Elas não estão fazendo nada de ruim; mas não estão fazendo nada relacionado a Maitreya. Elas têm um tempo bem, mas bem curto para prepararem o caminho para Maitreya. Depende das pessoas aproveitarem ou perderem a oportunidade de todas as suas vidas anteriores de fazerem algo de valor.

P. Quando o Messias vier, isto quer dizer que o fim do mundo estará próximo?

R. O Instrutor do Mundo já está aqui e, pelo contrário, este é o começo de um novo tempo para a humanidade—mas, uma humanidade purificada, aliviada de seus glamoures, sua estupidez e destrutividade. É a destrutividade, a ganância e egoísmo da humanidade que nos levou a esta posição—de irmos em direção ao desastre. É por causa disso que Maitreya, o Instrutor do Mundo, está aqui. A humanidade está pronta para mudança. Nós podemos não nos sentirmos prontos, mas Maitreya sabe que nós estamos prontos. Ele vê os corações de todas as pessoas no mundo, e ele vê que nós estamos prontos para mudança. Nós precisamos estar prontos para fazermos a escolha correta. Ele nos apresentará com esta escolha. O que nós chamamos de humanidade é uma unidade, um ser, irmãos e irmãs de um único mundo. Então nós devemos fazer o que toda a família faz—partilhar os recursos com toda a família. A humanidade deve se ver nestes termos e aceitar o princípio da partilha. Maitreya diz que quando nós o fizermos, nós daremos o primeiro passo em direção a nossa divindade. A não ser que façamos isso, nós não poderemos mais dar nenhum passo futuro.

P. Na lista de iniciados, a duração da vida de Apolônio de Tiana está listada como cerca de 16-97 D.C. Na página 195(versão em inglês) do seu livro, The Great Approach, esta pergunta é feita: “Você, por favor, poderia comentar sobre a vida de Apolônio de Tiana: ele morreu naturalmente ou ele se desfez de seu corpo em que idade? (Outubro 1998)”. Você respondeu: “Ele descartou Seu corpo com a idade de 400 anos.” Você poderia explicar a aparente diferença entre estas duas respostas? R. Foi me provavelmente feita esta pergunta duas vezes, e portanto, perguntada ao Mestre duas vezes, o que não é permitido. A primeira data dada [Maitreya’s Mission, Vol Three; ver a lista de iniciados] está correta.

P. Se a evolução humana é diferente da evolução animal, e da evolução dos Devas- anjos, qual é a sua posição em relação ao criacionismo ou a teoria da evolução de Darwin? Nós todos fomos feitos por Deus, e somos separados das outras espécies, ou nós evoluímos? As evoluções são separadas, ou elas se encontram em algum ponto?

R. Elas são separadas, mas ligadas a evolução de todas as espécies.

P. Em seu livro, Transmissão- Uma Meditação para a Nova Era, você escreveu que a Meditação de Transmissão pode ser feita diariamente, como uma meditação pessoal. Se alguém pretende fazer isso, qual é a quantidade máxima de tempo que você pode fazê-la diariamente?

R. Varia muito entre as pessoas para ser capaz de dar um tempo definitivo.

P. Como alguém pode experienciar a sua própria divindade?

R. Todos são um Deus, que tem o potencial de criar todas as coisas.

Quando você ver Maitreya, você O achará extraordinário e muito simples, mais simples do que você conseguirá imaginar. Você verá que Ele é tão humilde, tão que você não conseguirá imaginar a humildades deste homem. Ele não quer seguidores. Ele é um instrutor. Ele quer ensinar e nós, se quisermos, poderemos aprender. Maitreya nunca infringe o livre-arbítrio. Mas Ele ensina com graça, com entendimento, de forma simples, de forma que possamos entender questões muito complicadas, como o sentido e propósito da vida.

Nós conhecemos o sentido e propósito da vida? Nós sabemos por que estamos aqui? Qual é o propósito de estarmos na terra? Nós achamos que podemos fazer qualquer coisa, mas não conhecemos nada. Nós teremos que nos tornar como crianças novamente, e trabalharmos com os Mestres, e aonde nós tivermos que ser ensinados, Eles nos darão o seu conselho.

Maitreya não quer que você O venere como um Deus. As pessoas veneram a sua ideia de Cristo, sua ideia de Buda, sua ideia de seja lá quem elas sigam, Krishna ou outro. Ele quer que você seja você. Ser quem você é. Não outra pessoa. Não imitar alguém. Mas ser você mesmo. O ser humano e espiritual que você é. E quando você é o Ser espiritual que você é, a alma, você não precisa venerar nada ou ninguém. Nem mesmo Deus. Você é Deus. Você se torna consciente de sua divindade. E a expressa. Não é uma questão de veneração, é uma questão de afinidade e expressão.

Deus é uma experiência a ser expressada. Você expande a sua consciência e se torna consciente. Está tudo relacionado com consciência. Nós fazemos coisas estúpidas porque nós não estamos conscientes. Nós esquecemos. Nós não entendemos as Leis governando nossas vidas; nós simplesmente a tratamos como não existentes, mas existem Leis.

A vida é uma arte. Ela precisa ser aprendida e as Leis governando ela precisam ser aprendidas e respeitadas.

A arte de viver irá se desenvolver de forma inacreditável nesta nova era- em cada aspecto de nossas vidas. Valerá a pena estar vivo neste tempo.


 

Cartas ao editor

Experiência grupal

Caro Editor,
Na primavera de 2016, eu participei, como palestrante, de uma conferência sobre meditação e atenção na Alemanha. Meu tópico foi a pesquisa sobre meditação e a implementação da meditação no jardim da infância, escolas e universidades. Mais de 300 pessoas, a maioria delas trabalhando no campo da educação, foram a palestra. No meio da minha palestra, eu fiz um exercício sobre meditação relacionada a compaixão. Todas as pessoas fecharam seus olhos. Conforme eu guiava elas pela meditação, eu percebi uma forte energia no salão. Depois da meditação, as pessoas disseram que acharam ela muito eficiente. Uma senhora me disse que, no dia posterior, ela espontaneamente começou a chorar durante a meditação. Eu agora me pergunto: mesmo que eu não estivesse falando diretamente sobre o Reaparecimento, talvez a energia de Maitreya, ou dos Mestres, tenha sido envolvida durante esta meditação sobre compaixão?
Nome e endereço omitidos.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a energia foi enviada pelo Mestre Jesus.)

 

Vendo a luz

Caro Editor,
Em um dia totalmente nublado, 28 de Maio de 2016, eu estava meditando quando, repentinamente, me deu a impressão como se o teto tivesse se aberto sobre mim, e uma forte luz solar estivesse descendo. Eu conseguia vê-la, embora meus olhos estivessem fechados. Era uma luz tão brilhante que eu abri os meus olhos para ver se o sol tinha conseguido aparecer entre as nuvens; ele não tinha. Eu fechei meus olhos e a mesma coisa aconteceu novamente, e continuou por um certo tempo. Era a luz da alma? Foi a minha imaginação.
Nome e endereço omitidos.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que não foi imaginação, mas uma experiência deliberada dada por um dos Mestres.)

 

Progressista

Caro Editor,
Poucos dias antes da palestra da Sra.Ishikawa em Sendai, uma mulher nos telefonou, tendo encontrado o nosso panfleto na sua caixa de correio. Seu nome também era Michiko: Michi (a primeira parte do nome) significa “estrada”. Ela era bem animada, poderosa e falava alto em um pesado dialeto Tohoku.

Ela me perguntou que tipo de palestra seria. Eu tentei explicar a ela sobre a presente difícil situação social e a vinda de grandes instrutores que irão nos guiar. Ela me ouviu por um tempo, e então rapidamente mudou de assunto e começou a falar sobre ela. Ela me disse que nós, nossos corpos, são onde Deus reside, e que então todos nós devemos viver com amor e gratidão.

Então ela me perguntou qual era a idade da Sra. Ishikawa; quando eu lhe disse, ela ficou surpresa e disse, “Eu achava que ela era uma jovem falando sobre um tema complexo e difícil. Ela ainda parece jovem e bonita, e é uma senhora progressista. Eu tenho 70 anos, mas ainda estou na primavera da minha vida.” Ela me pediu para dizer a Sra. Ishikawa que ela ainda está também na primavera de sua vida, e para ela, por favor, viver bastante.

Ela me perguntou meu nome e idade, e disse que o seu marido havia morrido quando ela tinha 55 anos, e que, desde então, ela tinha vivido sua vida como ela verdadeiramente é. Ela disse, “Mariko (meu nome), é um amável nome e você também é uma pessoa maravilhosa”, e me encorajou a continuar com este maravilhoso trabalho voluntário. Ao fim, ela disse, como se fosse uma profecia: “Será um dia maravilhoso (se referindo ao dia da palestra).”

Nós falamos por 20 minutos; durante a conversa, eu senti algo brotando em meu coração. Uma idosa aparentemente comum na área rural de Tohoku, falando sobre ela mesma, me deu a sensação de que ela conhecia tanto a mim como Michiko Ishikawa muito bem, e me passou a coragem e benção para o dia do evento. A sua voz ainda está em meu ouvido, e meu coração fica cheio quando eu me lembro dela. O dia do evento foi maravilhoso! Esta mulher era alguém especial? Obrigado.
M.M.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a mulher era uma porta-voz do Mestre Jesus.)

 

Palavras chaves

Caro Editor,
Eu estava viajando para o Festival Mind, Body and Spiriti em Kensington Olympia para ajudar no estande da Share International em Abril de 2016. Eu sai do trem e fui para a plataforma lotada, e vi uma cena de passageiros enfurecidos, já que estavam esperando o trem por muito tempo. Então um anuncio foi feito de que um trem estava se aproximando e o membro do pessoal da estação pediu desculpas aos passageiros pelo sistema de autofalantes e desejou as pessoas um bom dia, acrescentado a frase “paz e amor para todos”.

Um homem de pé na plataforma chamou a minha atenção. Ele estava sorrindo e comentando sobre o quão educado o membro da estação havia sido entre a multidão tão irritada de passageiros. Ele parecia emanar um sentimento de calma e felicidade, e eu sorri de volta para ele, pensando em quão compreensivo ele parecia, e desejando que todas as pessoas pudessem ser assim. Ele entrou no mesmo vagão que eu, e eu comentei sobre sua atitude com o membro da estação. Eu percebi o seu rosto sereno e belos olhos azuis, o tipo de rosto que alguém sentiria prazer apenas ao estudar; tal era a paz e alegria que ele emanava. Ele sentou do lado oposto a mim, falando consigo mesmo, mas então, ele pronunciou a palavra “complacência” em voz mais alta, e então, depois de um tempo, “comercialização”, novamente em um tom forte. Ele então falou bem calmamente consigo mesmo, mas repentinamente disse “exteriorização” em um tom bem mais audível. Isto chamou a minha atenção, e eu achei que era muito estranho de se ouvir estas palavras em uma conversa do dia a dia, principalmente já que estes eram assuntos que meu colaborador e eu iríamos falar na feira. O trem chegou em Shepherds Bush e ele foi em direção a porta para sair do trem. Nós trocamos sorrisos e ele disse algo parecido com o quão agradável era ver os raios de sol. Eu concordei. Cheguei em Olympia e pensei sobre o homem durante o dia, principalmente em seu agradável rosto. Seja lá quem ele fosse, ele deixou uma forte impressão em mim. Isto me levou a pensar se ele era um homem comum.
F.D., Londres, Reino Unido.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o homem era um porta-voz do Mestre Jesus.)

 

Instruções Divinas

Caro Editor,
Em 17 de Fevereiro de 2016, eu sofri de uma terrível enxaqueca. Eu fiquei preocupada quanto a compra de uma geladeira usada que estava utilizando muita energia, ao invés de ser ambientalmente amigável. A preocupação piorou a dor em minha cabeça, e me forçou a ir para cama. Eu não queria tomar nenhum analgésico. Eu apenas tomei um tablete de Água de Tlacote, e segurei um pequeno cartão da “mão” de Maitreya. Eu pensei que estivesse ocorrendo um curto circuito dentro da minha cabeça. Eu comecei a gritar de pânico e dor. Eu estava doente e gritei por ajuda, porque achei que estivesse tendo um infarto ou que eu perderia a consciência. Eu estava sozinha em casa, sem ninguém para me ajudar.

Repentinamente, ouvi uma voz que me disse, de uma forma bem firme, para me deitar. Eu fiz o que me pediram, e fui para minha cama. Ao mesmo tempo, percebi claramente uma energia em meu quarto—havia “alguém” de pé próximo da minha cama, falando comigo.

Quando estava na cama, foi me dito, de forma bem distinta, que eu deveria me livrar de qualquer preocupação e tentar relaxar, que isto era a coisa mais importante e que havia ajuda—alguém que estava cuidando de mim. Eu perguntei quem era, mas foi me dito apenas para fechar os meus olhos e deixar tudo de lado, e que não havia necessidade de se sentir medo. A voz falou que eu seria colocada em um tipo de “sono narcótico”, e que eu acordaria novamente. Quando eu fechei os meus olhos e tentei deixar tudo de lado, a última coisa que vi foi uma luz dourada atrás dos meus olhos. Isto foi tudo que consegui me lembrar.

Cerca das 11:30 da noite, eu acordei com uma voz falando “garota” ou algo assim. Eu claramente ouvi a porta da frente fechando e pensei que meu amigo estava em casa. Então eu percebi que a dor tinha sido substituída por um sensação anestesiada em minha cabeça, e eu estava sozinha em casa. Eu levantei, me senti muito melhor e descansada, e comi e bebi. O “sono” tinha durado quatro horas, e parecia como se eu tivesse saído de uma anestesia. Desde este momento, eu não tive mais nenhuma enxaqueca e eu estou imensamente agradecida.

Eu posso, por favor, perguntar: (1) Quem foi que me ajudou? (2) A voz que eu ouvi foi real ou eu a imaginei? (3) O que aconteceu durante o tempo no qual estava “dormindo”?
C.d.H, Amsterdã, Holanda.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma (1) O Mestre Jesus, ou melhor, um “porta-voz” do Mestre Jesus a ajudou. (2) A voz foi “real”. (3) Você foi curada.)

 

Visita de Pentecostes

Caro Editor,
A segunda-feira depois do Pentecostes é um feriado público na Holanda. Em 16 de Maio de 2016—a Segunda de Pentecostes—o Centro estava oficialmente fechado, mas algumas poucas pessoas estavam lá para trabalhar, então nós colocamos a placa de “Aberto” na porta (no dia anterior, alguns de nós estávamos brincando, fingindo que esperávamos receber Maitreya no Dia da Declaração no Pentecostes, já que o Pentecostes é um símbolo para o ofuscamento dos discípulos).

Quando nós estávamos prestes a fechar, um homem familiar de descendência Suriname entrou, e disse que queria dar uma olhada no livro The Art of Living. Com alguns poucos comentários, ele provou que sabia muito sobre nós, e então, comprovou rapidamente que ele não era um visitante comum.

Aqui estão algumas das coisas que ele disse: “Nós somos todos Um—tudo está interligado.”

“Vocês meditam aqui, não? Quantas pessoas normalmente vem?” Nós dissemos a ele que normalmente varia entre duas até 12, aproximadamente. “As pessoas ainda acham a meditação algo assustador. Elas gostam de estarem ocupadas e ativas, mas não gostam de ficarem quietas e meditarem. Elas não gostam de refletir. Mas as pessoas precisam se conectar com suas almas, elas precisam meditar, pois de outra forma, suas baterias acabam completamente.” Ele mencionou a criatividade em relação com o contato com a alma: “Nós somos criativos se estivermos em contato com a alma”.

“Como alguém pode evitar ser mecânico? ”. Nós achamos que ele se referiu a sermos inovadores e espontâneos ao darmos palestras sobre a emergência. Nós dissemos que era importante falar a partir do coração, observar no que a audiência está interessada e tornar isso relevante a elas.

Ele também nos perguntou sobre o que nós achávamos do estado do planeta. Quando respondemos que nosso planeta está em um estado apavorante, ele reagiu dizendo: “Nós não falamos isso”. Quando nós continuamos falando que era um fato, mas que nós podíamos ser absolutamente honestos sobre isso com ele—em nossa conversa bem íntima—ele disse: “Sim, de fato, nós precisamos ser realistas.”

Então ele perguntou de forma bem direta se nós já havíamos visto Maitreya. Na TV, você quis dizer? Não. Ele Mesmo. Não, mas nós O vimos em vários disfarces. Vocês realmente O viram? Sim, em disfarces. Qual a idade Dele? Ele está em Seu apogeu. O quão velho é isso? Ele está em Seu apogeu, como você. Bem, qual é a idade disso? Você deve saber, você diz que já O viu, e você está me vendo. Cerca de 50 anos. Ah! Eu tenho 49, ele disse.

Durante a conversa, ele estava no comando—sereno, humorístico e autoritário. Quando foi embora, ele nos deu um beijo no ar. Poderia ter sido ele Maitreya em um disfarce de um sereno e amigável visitante?
Membros do Grupo de Informações da Share Holanda, Amsterdã, Holanda.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o simples, mas autoritário visitante era Maitreya naquele disfarce.)


 

Sinais dos Tempos

Milagres inundarão o mundo

Ato Duplo

Caro Editor,

Ato DuploEm Londres, em 18 de Março de 2016, aproximadamente as 21:30, depois de um workshop com um grande amigo, nós decidimos ir beber no Soho para celebrar aquele ótimo dia. Então nós saímos do bar para nos unirmos a outro amigo, e em nosso caminho ao restaurante, na Rua Old Compton, eu percebi um homem tocando um violão na calçada. Ele estava tocando uma linda música cigana e tinha um jeito Espanhol/Cigano, apesar de parecer Indiano. A música chamou a minha atenção e próximo a ele estava sentado um impressionante homem Indiano usando uma grande e colorida vestimenta e um turbante. Ele estava com um pedaço de caixa de papelão ao redor de sua barriga com coloridas letras escritas “ABRAÇOS GRATUITOS”. Apesar da linda música, de sua impressionante vestimenta e do pedaço de caixa de papelão, ninguém parecia nota-los, mesmo com esta rua na noite de Sexta-Feira sendo lotada e muito animada, cheia de bares e de pessoas bêbadas. Quando eu o vi, eu literalmente parei e fiquei chocado, porque eu o reconheci o homem da foto que foi enviada à Share International, edição de Janeiro/Fevereiro de 2016, e ele foi confirmado sendo Maitreya. Eu fui em sua direção e disse “Oi”, e perguntei se eu podia receber um abraço. Ele olhou para mim e disse: “Você está sorrindo, você tem um grande sorriso. Isto é bom, realmente bom. Você é lindo.” Então ele levantou e me abraçou dizendo “um abraço pelo Amor incondicional”, e então começou a falar de forma muito sábia, com um grande sorriso e rindo bastante. Eu estava ouvindo com muita atenção, mas estranhamente, eu não consigo me lembrar de tudo o que ele disse. Mas de forma geral, ele disse: “Nós somos todos UM, nós estamos todos conectados uns com os outros, e ao mesmo tempo, nós somos indivíduos únicos. Tudo no Universo está conectado. Nós somos UM.” Então eu perguntei se eu podia tirar uma foto dele.

Meus amigos estavam esperando por mim por perto, então eu pedi a eles para se juntarem a nós e ouvirmos a este homem. Ele disse novamente: “Nós somos todos UM, conectados. Com o chão, o céu, o ar, as pessoas aqui nesta rua, todos os elementos, nós somos todos UM. Você é lindo, por dentro e por fora. Eu não preciso de álcool ou de drogas para ser feliz. Com amor incondicional, é mais do que isso (ele riu e mexeu a sua mão, falando uau!), não há felicidade, não há tristeza. É além disso. Nós estamos aqui por um pequeno período de tempo; nós precisamos estar presentes nesta vida”. Ele continuava repetindo, “Você é lindo.” Enquanto ele estava falando, o homem com o violão continuou tocando uma linda e alegre melodia.

Ele abraçou meus amigos e me abraçou novamente. E então, naquele momento, muitas pessoas foram em sua direção e pediram por abraços. Eu acho que ele disse novamente, com uma voz encantadora: “Eu posso sentir as vibrações do amor na rua Old Compton.”

E então nós fomos embora. Novamente, foi uma noite extraordinariamente alegre naquela área e com ele, e eu acho que meus músculos zigomáticos (da bochecha) nunca trabalharam tanto, e sentimos uma incrível energia de alegria.

Mais tarde, dando uma olhada nas fotos que eu tirei, eu percebi que o número 13 estava em seu pedaço de caixa de papelão—e eu me lembro que ele estava falando sobre isto na edição de Janeiro/Fevereiro da Share International.

Você, por favor, poderia ser gentil e nos dizer quem eram estes dois homens?
C.R.D., Paris, França.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que ambos os homens eram Maitreya em diferentes disfarces.)

Ato Duplo

Maitreya no disfarce de um tocador de violão toca “uma linda, e alegre melodia.”

 

Ato Duplo

Maitreya em um colorido disfarce, oferecendo “abraços gratuitos”.

 

 

O Mestre de Benjamin Creme confirma que a figura no fogo é da Mãe Maria. O milagre foi manifestado pelo Mestre Que Foi a Mãe Maria.

No fim da segunda semana de Junho de 2016, um grupo de crianças estavam rezando ao redor de uma fogueira em Ocaña, Colômbia. Durante suas orações, uma imagem da Mãe Maria apareceu no fogo. (Fonte: Juan Carlos Granero)

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que a figura no fogo é da Mãe Maria. O milagre foi manifestado pelo Mestre Que Foi a Mãe Maria.)

 

 

O Mestre de Benjamin Creme confirma que as mudanças na haste e na cor foram manifestadas pelo Mestre Jesus.

Caro Editor,
Neste ano, eu tive uma surpresa com o florescimento de tulipas amarelas, a partir das flores que eu planto todo ano. Houve uma mudança na cor, já que uma tonalidade rosa apareceu em algumas flores. Quando as pétalas começaram a abrir, o rosa cobriu a parte exterior delas, deixando o luminoso amarelo na parte de dentro, em uma harmoniosa combinação de cores.

Além do mais, três flores se formaram a partir de uma única haste, que é algo bem incomum para tulipas. Eu sou muito sensível em relação a flores. Poderia este ser um sinal?
M.O., Lyon, França.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que as mudanças na haste e na cor foram manifestadas pelo Mestre Jesus.)

 

 

O Mestre de Benjamin Creme confirma que o ÓVNI era uma espaçonave de Marte.

ÓVNI fotografado por K.N., 22 de Março de 2016, a partir de sua casa em Taito Ward, Tóquio, Japão.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o ÓVNI era uma espaçonave de Marte.)

 

 

O Mestre de Benjamin Creme confirma que o objeto é um gigantesco Deva.

Em 9 de Junho de 2016, um gigantesco objeto alado foi filmado próximo ao sol pelo Observatório Solar Heliosférico da NASA (SOHO).

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o objeto é um gigantesco Deva.)

 

 

O Mestre de Benjamin Creme confirma que os objetos são espaçonaves de Marte.

Caro Editor,
No começo de Março de 2014, eu parei o meu carro para fotografar algumas estranhas formações de nuvens no céu. Quando impressa, a foto também mostrou três heptágonos bem regulares perfeitamente alinhados. Há algo de especial nisso? J.T., Barsac, França.

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que os objetos são espaçonaves de Marte.)

 

 

Gigante espaçonave deixando Saturno

Gigante espaçonave deixando Saturno

 

Gigante espaçonave deixando Saturno

Recentemente, a NASA postou fotos em seu site tiradas pela Cassini na órbita de Satuno, mostrando um objeto passando através de um dos anéis de Saturno, com a legenda: “Uma brilhante perturbação no estreito anel F de Saturno sugere que ele pode ter sido levemente alterado recentemente.”

David Serada, que postou a foto sem data em sua página do Facebook escreveu: “Aumentada no Photoshop, nós podemos ver o rasgo... É impossível um objeto natural fazer isso! Porque nada consegue escapar da gravidade, a não ser que tenha propulsão e energia.” (Fonte: Facebook: David Serada; nasa.gov)

(O Mestre de Benjamin Creme confirma que o objeto é uma enorme espaçonave de Saturno deixando o seu planeta natal.)

[Veja aqui as fotos originais postadas pela NASA:
www.nasa.gov/mission_pages/cassini/images/index.html?id=385917
http://www.nasa.gov/mission_pages/cassini/images/index.html]

 

 

Padrões de luz vistos em Madison, Wiscosin, EUA, na véspera do Ano Novo de 2015, fotografados por E.T. Este fenômeno, visto por todo o mundo, é manifestado pelos Irmãos Espaciais em colaboração com Maitreya.

Padrões de luz vistos em Madison, Wiscosin, EUA, na véspera do Ano Novo de 2015, fotografados por E.T. Este fenômeno, visto por todo o mundo, é manifestado pelos Irmãos Espaciais em colaboração com Maitreya.


 

S.O.P- Salve o Nosso Planeta

China: “modelo de civilização ecológica”

A China está levando o aquecimento global a sério. Ela se comprometeu com novos planos arrojados para reduzir sua pegada de carbono, desenvolvendo um plano de cinco anos para renovar o meio ambiente em um nível substancial. Um exemplo do plano do Ministério Chinês de Proteção Ambiental é o de que, até 2020, uma estimativa de 23 por cento da massa de terra total da China estará coberta por florestas.

A China acabou de publicar um ambicioso “modelo de civilização ambiental”, diz um relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). Com o título de Green is gold: The strategy and actions of China ecological civilization, o relatório foi lançado nos bastidores da segunda edição da Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEA 2) em Nairobi. O relatório da PNUMA analisou a dimensão ambiental do 13º plano de cinco anos da China e concluiu que Beijing estava em curso em atingir a renovação ambiental.

O ministro Chinês da Proteção do Meio Ambiente, Chen Jining, e o diretor executivo da PNUMA, Achim Steiner, participaram do lançamento do relatório. Ele indicou que, além de expandir a cobertura de florestas, a China está comprometida em reduzir as pegadas de água e de carbono, graças a adoção de tecnologias mais limpas em vários setores da economia. De acordo com o relatório, a China se comprometeu em reduzir o consumo de água e de energia em 23 e 15 por cento, respectivamente, com o intuito de cortar as emissões de carbono.

“Se a China conseguir implementar as propostas citadas em seu modelo de civilização ambiental, então ela terá dado um grande passo em direção a uma economia mais verde”, declarou Steiner.

A China, em seu arrojado passo em se construir uma civilização ecológica, almeja limitar o consumo de combustíveis fósseis em setores chaves, como transportes e manufatura. O relatório da PNUMA notou que, até 2014, a China tinha construído 10.5 bilhões de metros quadrados de construções que economizam energia em áreas urbanas. É analisado que a produção de veículos energeticamente eficientes na China aumentou 45 vezes de 2011 até 2015.

De acordo com o relatório da PNUMA, a China também construiu a maior rede de monitoramento de qualidade do ar no mundo em desenvolvimento.

Steiner disse que a China estabeleceu ambiciosas metas verdes que devem ser copiadas em outras partes do mundo. “Houve um progresso sem precedentes em reformas políticas que aceleraram a transformação verde na China,” disse o chefe da PNUMA. (Fonte: PNUMA)


mensagem anterior mensagem seguinte


HomeCopa

  | INÍCIO |