MAIN
Home
BACKGROUND
Teachings
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ
FAQ

 

FAQ
FAQ
MAIS RECURSOS
Magazine
 
 

 
 
 Início >> do Mestre>> Novembro 2019

Share International HomeShare International HomeBackground information

mensagem anterior mensagem seguinte

 

Pedido de apoio!

Veio ao nosso conhecimento que mais e mais pessoas estão recebendo nossa informação apenas pelo website, desta maneira, renunciando ao pequeno custo de assinar a revista Share International.

Nem todos podem, ou usam a internet, e é essencial ter uma expressão física externa, que pode apresentar com fotos, os eventos dos quais falamos. Isto significa que é necessário que haja uma revista, que,é lógico, requer uma grande quantidade de trabalho de voluntários, e muito dinheiro para ser produzida. Talvez exista a idéia de que a Hierarquia distribua dinheiro para este trabalho, mas este não é o caso. Assinaturas para a Share International são uma parte essencial para manter o nosso trabalho e alcançarmos o público. O custo da assinatura é mantido o mais baixo possível, a revista não é patrocinada por propagandas e custo postais e de impressão estão aumentando a todo o momento.

Certamente nós todos concordamos que todos aqueles que seriamente acreditam neste trabalham gostariam de ajudar a revista, sejam eles leitores ou não das informações pela internet.

Obrigado pelo seu apoio.


 

A nova simplicidade

pelo Mestre--, através de Benjamin Creme

Chegará um tempo, em um futuro não tão distante, quando os homens saberão certamente que eles são Deuses. Esta divindade alcançada se demonstrará como Fraternidade, e através da criação de uma civilização na qual a humanidade demonstrará suas faculdades e poderes divinos.

Sobre o estímulo do Cristo e dos Mestres, os homens se encontrarão como os recebedores de conhecimentos e revelações que abrirão diante de seus olhos visões de uma nova forma de ser e um novo sentido. Inevitavelmente, como resultado, fluirá a criação de novas formas, novas técnicas para se viver e trabalhar, novos métodos de produção e novos objetivos e metas pelos quais se poderão medir as conquistas do homem. Uma abordagem inteiramente nova para com a vida se expressará através de novas relações e rituais.

Inicialmente, as mudanças serão lentas, mas gradualmente, mudanças em grande escala transformação o mundo. Cada nação contribuirá com suas dádivas especiais para a nova harmonia do mundo. Acima de tudo, um novo espírito de boa vontade motivará as ações dos homens e levará à criação de uma paz verdadeiramente duradoura. Assim será. Assim o “Desejo de Todas as Nações” será estabelecido em nosso meio. Assim os filhos dos homens se conhecerão como os Filhos de Deus.

Muitos hoje aguardam a manifestação de um grande Instrutor, um Avatar, um Guia, alguém que os guiará de forma segura pelo labirinto das presentes dificuldades e perigos e os levará para a “Terra Prometida”, uma terra na qual “flui leite e mel”, uma terra de plenitude, de abundância. Esta visão do Instrutor não é inteiramente falsa, mas reflete uma visão de um profundo materialismo.

Abundância certamente existirá, trazendo nova vida aos homens em todos os planos. Esta “nova vida” é o presente espiritual do Cosmos focado através do Cristo e apresentado à todos os homens. Mas uma terra de plenitude poderia ser de todos os homens hoje. Não há nenhuma necessidade de se esperar pelo Avatar para consertar os erros atuais. Não há nenhuma necessidade por um Salvador quando o homem pode se salvar. “Tome as necessidades do seu irmão como a medida para a sua ação, e resolva os problemas do mundo”. Assim falou o Cristo, delineando os simples passos para a justiça e plenitude para todos.

Muitos aguardam o Avatar para curar suas doenças pessoais, esquecendo que eles mesmos têm a cura dentro de suas mãos. “Nenhum homem é uma ilha”, nem deveria ser, e quando as necessidades de todos foram satisfeitas, o indivíduo florescerá.

Prosperidade é um estado no qual “a nenhum homem falta algo”, aonde não existem nem os muito ricos e nem os muito pobres. Longe deste estado abençoado estão os homens hoje, aonde a luxúria e a fome andam de mãos dadas.

Uma nova simplicidade apresentará o Cristo aos homens, permitindo à eles partilharem como irmãos. Cooperação será a nota chave desta vida simples, a partilha dos recursos, a ordem do dia. Assim a divindade do homem se expressará, e assim o Plano se manifestará através dos homens.

Começa agora uma grande aventura para os homens, que os levará às maiores alturas. Em simplicidade, a nova vida será conhecida e vivida, rica e cheia de significado e propósito. Das “Águas da Vida” de Aquário, fluirá esta abundância espiritual a qual todos os homens, em seus corações, almejam.

Desta forma, uma nova abordagem será feita para os problemas do dinheiro e poder, privilégio e prestígio. O desejo de servir substituirá o desejo em ganhar, e o desejo por justiça superará a ganância que divide. Cada um tem uma parte a exercer na criação desta nova liberdade. Esta à cargo de todos os que sentem os acontecimentos do tempo exercerem os seus papéis.


 

Perguntas e Respostas- uma seleção

P. Os Mestres ajudam pessoas durante acidentes? Eu estou pensando em um recente (2005) acidente de trem no Japão.

R. No caso do acidente de trem em Abril de 2005, Maitreya alertou pelo menos uma pessoa que sabemos a não entrar no trem. Durante a colisão, uma luz de sinal de perigo misteriosamente se acendeu; isto alertou outro trem que estava se aproximando e o motorista foi capaz de evitar uma colisão nos trens que já tinham colidido. A luz de aviso foi acesa pelo Mestre em Tóquio, que está no mundo desde 1975.

Maitreya, o Mestre Jesus (Que está em Roma) e o Mestre em Tóquio, formaram um triângulo de forças e dirigiram esta força ao acidente. Sempre quando há um acidente, uma força como esta é enviada para a cena e tudo o que pode ser feito para ajudar as pessoas no acidente, é feito.

P. A maioria das pessoas têm vidas emocionais que estão em linha com a era presente e eu acho que será difícil muda-las. Eu gostaria de poder começar minha vida toda de novo! O que eu posso fazer? Por favor, comente.*

R. É verdade que algumas pessoas acharão bem difícil abraçar o futuro baseado em uma atitude completamente diferente para com a vida. Depende até uma certa extensão em quão velho você é. As pessoas mais velhas provavelmente acharão mais difícil do que as mais jovens. O mundo está realmente dividido em dois grupos de pessoas; aquelas que do ponto de vista emocional e mental da vida, estão presas ao passado. Elas amam o passado, se deram bem no passado e têm medo de vê-lo desaparecer—as velhas estruturas política, econômicas, religiosas e sociais estão todas desaparecendo, e isto faz com que todas elas tenham bastante medo. Elas são pessoas Piscianas: as ideias, as realidades e estruturas da era de Peixes são o que elas conhecem e conheceram, e é assim que deve ser, elas acham. Elas não querem mudar; mudança é dolorosa. A atitude deles é que, mesmo que a presente existência seja dolorosa ao extremo, quem pode dizer que a mudança não será para pior? Este é o cobertor emocional com o qual estas pessoas se cobriram.

Então existem outras pessoas, principalmente pessoas jovens, que abraçam o novo como uma aventura. Elas estão cansadas do passado, e estão cansadas até mesmo do presente; elas querem mudança. Há também uma questão aqui sobre as pessoas jovens que não fazem nada—elas não vão à escola ou trabalham, não fazem nada, mas elas são provavelmente felizes. Os velhos estão infelizes, totalmente estressados, enquanto que os jovens estão felizes fazendo nada! Um problema é a forma japonesa de educação, a de nunca relaxar, e continuar assim por anos e anos, por 28 horas por dia! É por isso que os jovens deixam empregos e a educação, porque eles foram levados ao extremo. Você espera que os jovens trabalhem longas horas, então eles não trabalham. Você espera que eles compareçam à escola por 20 horas por dia, e então eles não querem mais isso, nem por uma hora. É sempre extremo. Tudo é empurrado para os extremos; se é bom, você empurra até o extremo até que não seja mais bom. O Japão precisa aprender a relaxar! Tirem o dia de folga. Desliguem todos os computadores e aparelhos. Vão ao parque e olhem para as árvores. Então vocês se sentirão tão jovens quanto parecem! Os Japoneses sempre parecem anos mais jovens do que são, mas eles se sentem duas vezes mais velhos do que são!

*Nota do Tradutor: Esta última pergunta e resposta foi realizada em uma palestra no Japão.


 

Cartas ao Editor

Próximo

Caro Editor,
Em 30 de Dezembro de 2003, eu estava dirigindo com o meu filho e a sua namorada para a estação de trem Melun. No meio da Thiers Avenue, nós vimos um homem na calçada, vestido como um monge com uma roupa branca. Ele usava óculos. Ele não tinha uma pasta, mas estava carregando um cartaz que tinha “direções Etampes” escrito nele. Eu fiz um sinal para ele! Quando eu estava dirigindo, eu vi, pela janela traseira, que ele estava olhando para mim. O seu olhar parecia tão próximo, como se ele estivesse bem atrás de mim no carro. A namorada do meu filho me perguntou: “Quem é ele?” “Talvez seja Maitreya, o Instrutor do Mundo”. “Então ele é como Jesus, ele pode tomar qualquer forma humana?” “Sim”. “Então é algo bem positivo?” “Sim”, eu respondi. “É um sinal de que nós teremos um bom feriado”.

Ela ficou feliz em ver a sua família, mas também estava preocupada com ela. Eu achei que ela precisava de uma reafirmação. Eu gostaria de saber se esta pessoa era realmente Maitreya ou apenas uma ilusão?
P., Melun, França.

(O Mestre de Benjamin Creme confirmou que o “Monge” era Maitreya).

 

Desafiando o clima

Caro Editor,
Em acho que foi em 1998, no meio do inverno, quando nós estávamos fazendo uma sessão de Meditação de Transmissão no Nelson Volunteer Center e um padre Católico e seu jovem amigo se juntaram a nós. O jovem estava vestido de forma exagerada com uma camiseta de manga curta. Nós perguntamos se ele estava quente o suficiente. Ele disse que estava. Naquele dia, eu e o resto do grupo estávamos vestidos como Esquimós. Eu perguntei ao senhor para onde eles estavam indo, e ele disse Austrália. Eles foram embora depois de uma hora de transmissão. Não havia nada de incomum neles, embora eu achei um pouco estranho que eles estivessem vestidos como se fosse verão. Quem eram eles?
B.H., Nelson. Nova Zelândia.

(O Mestre de Benjamin Creme confirmou que eles era Maitreya e o Mestre Jesus.)


mensagem anterior mensagem seguinte


HomeCopa

  | INÍCIO |